segunda-feira, setembro 28, 2020

Z I C O

KLEBER
LEITE
: Nesta quinta-feira, três de março, aniversário do gênio Zico, ídolo
maior do clube mais querido do Brasil, vivêssemos nós num pais mais justo e
sensível, seria feriado nacional…
No dia
15 de novembro, deixei no ar a seguinte questão: o que é mais importante, a
proclamação da república ou o dia do nascimento da maior paixão popular do
país? O aniversário da proclamação da república ou o aniversário do Flamengo?
Claro
que o aniversário do Flamengo. Até porque, seria totalmente possível se viver
qual não seja em uma república. E viver sem o Flamengo? Impossível…
Dito
isto, começa aqui a campanha para que no próximo dia 15 de novembro, que cai
numa terça-feira, entendamos o feriado nacional como data comemorativa pelo
surgimento da maior paixão popular deste país. Breve vamos voltar a este
assunto, pois acho que até hoje não se deu a importância devida a data tão
importante. Breve, muito breve, voltamos ao tema.
Repararam
como Flamengo e Zico, Zico e Flamengo, se fundem, se confundem…  Na realidade, são uma coisa só. Tive o
privilégio de acompanhar toda a carreira deste gênio da bola. Tive a honra de
conviver com a família Antunes, em que Zezé, irmã de Zico, foi minha professora
no Colégio João Alfredo. Família adorável, simples, querida, amada…
Desde
o primeiro dia, levado ao Flamengo pelo querido companheiro de rádio, Celso
Garcia, acompanhei toda a trajetória de Zico. Tenho mesmo como troféu bater no
peito e dizer, com absoluta convicção, que duvido que alguém tenha visto Zico
jogar mais do eu, e a explicação é simples. Eu e Zico somos contemporâneos. Ele
com a bola, eu com a “latinha”. Durante toda sua vida rubro-negra, eu era o
repórter do dia a dia do Flamengo. Nos jogos, em qualquer parte do Brasil e do
mundo, podia haver o revezamento entre locutores e comentaristas. Jamais na
reportagem. Como eu era, tanto na Globo, como na Tupi, o repórter do Flamengo,
lá ia eu, sempre, onde quer que fosse o jogo.
Confesso
que nesta vida nunca torci tanto por alguém. Na Copa de 74, na Alemanha, meus
companheiros da Rádio e TV Tupi, são testemunhas de que já ali, bradava eu que
Zico era um menino genial e que seria em breve inigualável. Os paulistas não
gostavam muito, mas acabaram se curvando após um jogaço, Flamengo 4 x 3 São
Paulo (vídeo abaixo), em pleno Morumbi, quando concluíram que o Flamengo era o
melhor time do Brasil, e Zico, o rei da bola.


Não
tenho nenhum tipo de pudor em afirmar que, em determinado momento da vida, não
sabia se torcia mais pelo Flamengo ou por Zico. Se o Flamengo vencesse por 4 a
0, e Zico não fizesse gol, a alegria não era plena.
Com o
Galo, vibrei muito, mas também sofri. Na Seleção, sofri três vezes, nas copas
de 78, 82 e 86. Sofrimentos distintos, é verdade. Na de 78, pelo estiramento
que o tirou do momento mais importante. Na de 82, pela injustiça daquela
Seleção não ter sido campeã e, em 86, pelo lance do pênalti contra a França.
No
Flamengo, o único momento de tristeza, dentro do campo, foi naquele fatídico
jogo contra o Bangu, quando um boçal o alijou do futebol. Fora do campo, no dia
em que foi anunciada a transferência para a Udinese. Ali, quem é Flamengo
perdeu o rumo, perdeu a referência, perdeu a esperança, perdeu o ídolo e,
porque não dizer, perdeu muito da alegria de viver.
Em
duas linhas falei das tristezas. Levaria um ano para falar das alegrias e das
conquistas, o que faz com que a conclusão seja a de que Zico foi um oásis na
vida de todo rubro-negro. Ainda vou voltar ao tema, pois tenho muito a contar
sobre estes momentos felizes que marcaram as nossas vidas.
Acabei
“viajando” através destes momentos tão especiais, e fugi do principal, que é
dizer por todos os rubro-negros que, para nós, hoje é feriado nacional, sim!!!
Três de março é o dia do nosso REI!!! Vida longa, saúde, felicidade e
prosperidade, para quem proporcionou a alegria, e é exemplo de dignidade, para
uma nação de 40 milhões de brasileiros.
VIVA
ZICO!!!
Em
tempo: Hoje, também aniversaria o companheiro deste blog, André Tavares, a quem
abraçamos e parabenizamos. Adoraria ler um coração rubro-negro dizer o que é
comemorar o seu aniversário no mesmo dia do aniversário do nosso Rei. Diga aí,
André… Diga aí, quem mais aniversarie nesta data mágica…
VIVA
ZICO!!!

MAIS LIDOS

Denilson critica Palmeiras x Flamengo: ”Vergonhoso”

Na tarde deste domingo, o Flamengo enfrentou o Palmeiras, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. O confronto só foi confirmado 10 minutos antes da...

Neto detona o Flamengo após tentativa de adiar a partida contra o Palmeiras

Conhecido por suas furtes e polêmicas declarações, Neto, apresentador do 'Os Donos da Bola", da TV Bandeirantes, fez duras críticas a conduta do Flamengo...

Mauro critica Felipe Melo no empate com o Fla

Na tarde deste domingo, o Flamengo mediu forças diante do Palmeiras, empatando o jogo em 1 a 1, em um jogo onde os torcedores...

Presidente do Atlético-MG afirma que vai pedir a exclusão do Fla do Brasileirão

Após muita polêmica, a partida entre Palmeiras e Flamengo foi realizada. O ocorrido gerou muitas reclamações de outros clubes pelo fato de o time...