Tag: Alex Muralha

Coritiba anuncia renovação de Alex Muralha

Na noite desta quarta-feira, o Coritiba anunciou a renovação do contrato de Alex Muralha. O ex-goleiro do Flamengo está emprestado ao Alviverde desde o início de 2019 e estendeu o vínculo até o final deste ano, quando também se encerra o contrato com o Mais Querido. Sem espaço no Rubro-Negro, Muralha foi essencial para a campanha que levou o Coritiba de volta à elite do Campeonato Brasileiro. O site oficial do Alviverde publicou o recado do goleiro, que afirmou estar feliz com a renovação.

– Eu estou muito feliz de ter renovado mais um ano de empréstimo aqui no Coritiba. A gente teve uma boa temporada ano passado e a gente espera que esse ano seja muito melhor do que no ano passado, fazendo excelentes campeonatos. Vamos trabalhar por que estamos no início do ano e temos grandes expectativas para ele -, garantiu.

FOTO: DIVULGAÇÃO / CORITIBA

Em 2016, o Flamengo desembolsou cerca de R$4 milhões na contratação de Alex Muralha, que assinou vínculo de quatro anos. O goleiro era reserva de Paulo Victor, mas em meados do ano, assumiu a titularidade e teve boas atuações. No entanto, na temporada seguinte, Muralha não conseguiu manter o rendimento e falhou em diversas partidas importantes. A queda de aproveitamento foi muito criticada pela torcida e pela mídia e Alex perdeu espaço o Mais Querido. Em 2018, foi emprestado ao Albirex Niigata, do Japão. No ano passado, voltou ao Brasil e foi fundamental para a campanha do Coritiba, que voltou a série A do Brasileirão.

O vínculo entre Alex Muralha e Flamengo se encerra ao final deste ano e o Rubro-Negro negociou, com o Coritiba, a renovação do empréstimo do goleiro, que vai defender o Alviverde em mais uma temporada. Ambos os contratos de Muralha vão se encerrar em dezembro de 2020.

Por: Coluna do Fla

Coritiba garante permanência de Muralha; contrato com o Flamengo encerra nesta temporada

Visando fortificar o elenco para próxima temporada, Flamengo encaminha alguns empréstimos de jogadores que não serão utilizados em 2020. Alex Muralha, por exemplo, será emprestado ao Coritiba novamente neste ano. A informação foi divulgada pelo jornalista Venê Casagrande, do portal O Dia.

FOTO: GABRIEL MACHADO / AGIF

O time paranaense pagará o salário integral do goleiro – arcando com os custos. Na última temporada, Alex Muralha realizou boas atuações no Coritiba, sendo assim, transformando-se em um dos atletas com maior envolvência no acesso do clube à elite do Brasileirão.

Flamengo contratou Muralha no fim de 2015, fechando a negociação com quatro anos de contrato. Muito questionado no elenco, o jogador foi emprestado em duas oportunidades: Albirex Niigata e Coritiba. O contrato do atleta com o Mais Querido termina no final desta temporada.

Por: Coluna do Fla

Muralha fecha com o Coritiba por empréstimo

Martelo batido! Depois de passarem a manhã deste sábado acertando os últimos detalhes para o empréstimo de Muralha, Coritiba e Flamengo enfim chegaram a um acordo pela transferência do goleiro. Os clubes trocaram todos os documentos solicitados pelo departamento jurídico, e o jogador deve chegar a Curitiba na segunda-feira. Como antecipado pelo Globoesporte.com, as partes já tinham um acerto verbal.

Muralha chega para o Coritiba por empréstimo até o final do ano, mas com uma cláusula no contrato que o libera na metade da temporada em caso de proposta. O Flamengo vai arcar com mais da metade do salário do jogador.

Foto: André Durão

O goleiro foi uma indicação do diretor de futebol Rodrigo Pastana, que já havia sondado o time carioca em dezembro – quando Wilson negociava com a Chapecoense.

Com a lesão de Wilson, que deve desfalcar a equipe por pelo menos dois meses, a diretoria alviverde optou em ir atrás de um goleiro experiente. Muralha não teria espaço no Flamengo e chega ao Coritiba para ser titular já que vinha treinando normalmente.

Procurador, o diretor de futebol Rodrigo Pastana confirmou a negociação.

– Estamos acertando – afirmou apenas.

Muralha tem contrato com o Flamengo até 2020.

Por: Globo Esporte

Flamengo não relaciona Muralha para Flórida Cup

Os trabalhos no Ninho do Urubu voltaram a todo vapor na última quinta-feira (03). Os atletas do Flamengo se reapresentaram para início da pré-temporada. Dentre eles, esteve o goleiro Alex Muralha, que ainda tem seu futuro indefinido. Apesar de treinar junto à equipe, o defensor não seguirá no Rubro-Negro e sequer irá à Florida Cup, torneio amistoso que o Fla disputará nas próximas semanas.

Com relação desgastada no Flamengo, uma vez que já não conta com confiança da torcida, Muralha passou a última temporada no Albirex Niigata, do Japão, mas o clube não demonstrou interesse em contratá-lo de forma definitiva. De volta ao Brasil, ele foi procurado pelo Coritiba. No entanto, a proposta da equipe paranaense – que era de assumir 30% dos salários do defensor – não agradou o Flamengo. Sem novo clube até então, o goleiro treina no Rubro-Negro, enquanto Alexandre Akio, seu empresário, tenta resolver o futuro do atleta. Alex Muralha foi contratado pelo Flamengo em 2016 e, após um início promissor, chegou a ser convocado pela seleção brasileira do técnico Tite. Entretanto, o arqueiro oscilou bastante em 2017, o que gerou críticas demasiadas dos torcedores e também da imprensa. O contrato de Alex Muralha, de 29 anos, termina em dezembro de 2020. Ao todo, o goleiro tem 75 partidas realizadas com a camisa do Flamengo. Fonte: Coluna do Flamengo

Coritiba pretendia pagar 30% de salário do goleiro

O elenco do Flamengo vai se reapresentar nesta quinta-feira (03) para iniciar os trabalhos de pré-temporada. Dentre os atletas que irão ao Ninho do Urubu, está o goleiro Alex Muralha. Ele dificilmente seguirá no clube, mas seu destino ainda não está definido. O Coritiba foi uma das equipes que demonstrou interesse no atleta. Porém, não chegou a acordo com o Fla. Isso porque, em sua proposta, o clube paranaense pretendia pagar apenas 30% dos vencimentos do atleta.

Como teria que arcar com 70% dos pagamentos mensais ao jogador, o Flamengo sequer discutiu a possibilidade e recusou a proposta de antemão. Desta forma, a diretoria Rubro-Negra segue buscando soluções para o goleiro, uma vez que ele não deve ter espaço no elenco.

  Com contrato vigente até o fim de 2020, Alex Muralha tem relação desgastada com a torcida rubro-negra, por conta do baixo rendimento em 2017. No último ano, o goleiro defendeu o Albirex Niigata, clube modesto da segunda divisão japonesa, que decidiu não tentar sua compra ao fim do empréstimo. Enquanto isso, o Flamengo conta com Diego Alves, César, Gabriel Batista, Hugo Souza e Thiago como opções para a posição. No caso do último, aliás, há negociação em andamento para que ele defenda o Atlético-GO na próxima temporada, com os salários sendo divididos em 50% para cada uma das equipes. Fonte: Coluna do Flamengo

A jornada de Alex Muralha no Flamengo chegou ao fim

Alex Muralha está de volta ao Flamengo. Pelo menos contratualmente. Após cair em desgraça com a torcida rubro-negra em 2017, o goleiro foi emprestado por uma temporada ao Albirex Niigata, por onde atuou em 22 jogos da segunda divisão do Japão.

“Tenho condições profissionais e qualidade para voltar”, disse o atleta em entrevista ao ‘Esporte Espetacular’, da TV Globo. Mas neste hiato forçado, a situação continua bastante adversa para o goleiro. Com a chegada de Abel Braga, ainda não se sabe se Diego Alves será reintegrado ao elenco após não aceitar perder a condição de titular para César, que assumiu a posição com Dorival Jr. Para o setor, o Flamengo ainda conta com os jovens Thiago e Gabriel Batista. Ou seja, para ganhar uma chance de redenção, Muralha teria que torcer por uma série de acontecimentos improváveis e, ainda assim, não receberia qualquer apoio da torcida, sedenta por títulos expressivos. Com contrato até 2020 com o Flamengo, a melhor saída para o momento é cavar espaço em um time de menor expressão. Caminho trilhado por Sidão, agora no Goiás, que deixou o São Paulo como reserva imediato de Jean, mas provavelmente viraria a terceira opção com a chegada de Tiago Volpi. É impossível prever se Muralha conseguirá recuperar a boa fase que viveu no Figueirense, mas sua jornada no Flamengo chegou ao fim, mesmo que tenha que esperar mais dois anos para se despedir de vez. Fonte: LANCE!

Muralha manifesta desejo de voltar a jogar pelo Flamengo: “Sonho que quero realizar novamente”

Após passar a temporada emprestado ao Albirex Niigata, do Japão, Alex Muralha está de volta ao Brasil. O goleiro ainda não tem o futuro definido, já que possui contrato com o Flamengo até 2020, mas não deve ser aproveitado. No entanto, o jogador tem esperanças de uma volta por cima com a camisa rubro-negra. Perguntado sobre onde irá jogar no ano que vem, o atleta não titubeou.

— Tive a oportunidade ir para o Flamengo, vivi um sonho, e quero realizar novamente. Sei que as condições estão adversas, mas vou trabalhar para voltar. Estou com saudade do Maracanã cheio, com aquela torcida gritando -, disse em entrevista ao programa Esporte Espetacular, da TV Globo, em reportagem exibida neste domingo (23).

Muralha ainda é muito lembrado pela sequência de falhas quando defendia o Fla, em 2017. O episódio mais marcante aconteceu na final da Copa do Brasil, diante do Cruzeiro. A taça foi definida nas cobranças de pênalti, e o goleiro optou por pulas todas as vezes para o canto direito. O jogador disse que foi um acordo com o prepardor de goleiros Victor Hugo.

— Falei para o Victor: ‘vamos fazer uma situação diferente, assumo a responsabilidade, vou escolher um canto e pular todas para aquele lado’. Durante a semana a gente estudou os batedores do Cruzeiro e maioria batia lá. Infelizmente não deu certo-, justificou.

Aos 29 anos, o goleiro pode voltar a jogar no Brasil, mas dificilmente será pelo Flamengo. O clube conta com Diego Alves, que ainda tem situação indefinida, e César, atualmente titular da posição. Além disso, não descarta uma ida ao mercado em busca de peça de reposição caso Alves saia.

Fonte: Coluna do Flamengo

Flamengo dá aval, e empresários buscam novo empréstimo para Alex Muralha

Por: Igor Dorilêo e Venê Casagrande

Alex Muralha está de volta ao Brasil. Após período de empréstimo ao Albirex Niigata, do Japão, o jogador passa férias na terra natal. Porém, o futuro do goleiro pode ser novamente no exterior, mais precisamente no futebol mexicano. Dono dos direitos de federativos do atleta, o Flamengo já deu o aval para que os empresários que cuidam da carreira do jogador busquem outro clube. O grupo tem parceiros no país da América Central, o que pode facilitar o trâmite.

Outras opções surgem no futebol brasileiro, mas dificuldades são encontradas. Alguns times da Série B já realizaram sondagens por Muralha, mas o alto salário é um impeditivo. Além disso, dificilmente uma equipe da segunda divisão nacional teria força para exercer a opção de compra, algo que não é bom para o Fla, com quem tem contrato até 2020. Na elite, a Chapecoense surgiu como opção. O atleta foi oferecido, mas os dirigentes catarinenses não demonstraram interesse.

Nesta janela, a expectativa é de que o goleiro feche um acordo semelhante ao que foi com a equipe japonesa. Um empréstimo sem custos, mas com o Flamengo não tendo que ajudar com o salário. Muralha, inclusive, quase chegou a acertar com o futebol mexicano antes de ir para o Albirex, clube pelo qual disputou a segunda divisão do Japão.

A facilidade de negócio com o México se apoia em outros nomes que fizeram o mesmo caminho há pouco tempo, com o negócio sendo intermediado por esse grupo de representantes. Douglas Tanque, atacante ex-Corinthians e Ponte Preta, e Matheuzinho, meia-atacante ex-Corinthians e Osasco Audax, são exemplos.

Mesmo que o Flamengo tivesse interesse em contar com Alex Muralha no elenco para a próxima temporada, seria difícil encontrar espaço para o goleiro de 29 anos. O clube conta com César, atualmente titular da posição, e Diego Alves, experiente goleiro e um dos líderes do elenco.

Ex-preparador de goleiros do Fla abre o jogo sobre Muralha: “Injustiça”

Recém-chegado do Figueirense, Alex Muralha tomou conta da meta rubro-negra e foi convocado para a seleção brasileira em 2016. Porém, após uma queda vertiginosa, passou a receber duras críticas por parte da torcida, até ser negociado por empréstimo. Quem esteve ao lado do goleiro durante todo esse período foi Victor Hugo, preparador de goleiros à época. Em entrevista ao site Esporte 24 Horas, o profissional falou bastante sobre a vida do goleiro no Fla.

— Quando o Alex foi convocado, lhe falamos sobre como é difícil chegar ao topo e seria ainda mais se manter nele. Treinamos muito para chegar a essa situação. Mas vários aspectos o prejudicaram. Iniciou-se uma campanha muito radical contra o atleta. Na minha opinião, injusta. E, por mais que nos esforçamos em ajudá-lo, ele não conseguia se reerguer. Portanto, decidimos o tirar da equipe para tentar recuperá-lo, porém, nada adiantou -, resumiu.

Um jogo ficou marcado para os críticos de Muralha. A final da Copa do Brasil de 2017, diante do Cruzeiro, que acabou indo para os pênaltis. Nas penalidades máximas, o goleiro pulou todas às vezes para seu lado direito. Em entrevista após a perda do título, o jogador revelou que havia seguido uma orientação de seu preparador para tomar tal atitude. Victor Hugo nega.

— Não confirmo (a orientação). Ele tomou essa atitude por conta própria. Eu lhe disse que seria melhor uma outra situação. Mas analisando os vídeos, estatisticamente os jogadores do Cruzeiro, batiam mais para o lado direito, e ele definiu essa situação -, explicou o preparador, que assim como Muralha, se sente injustiçado.

— Eu me sinto muito injustiçado. Porque no ano anterior, conseguimos levar o atleta a nível de ser convocado para a seleção brasileiro. Aliás, situação que não acontecia, fazia muito tempo. Mas isso foi totalmente esquecido posteriormente -, concluiu.

Victor deixou o Flamengo em janeiro deste ano. Para substituí-lo, chegou Rodrigo Maia, que estava na Chapecoense. De lá para cá, a posição de goleiro do clube passou por algumas polêmicas. A maior delas envolvendo Diego Alves, que se recusou a ficar no banco para César, e pode até deixar o Rubro-Negro nesta janela de transferências.

Fonte: Coluna do Flamengo

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod