Tag: César

Rogério Ceni

Mauro César: “Rogério Ceni na noite de ontem não foi covarde”

Após vitória diante do Bahia pelo campeonato brasileiro. Mauro César Pereira comentou sobre a atuação de Rogério Ceni à beira do gramado. Para o comentarista, Rogério mostrou coragem e vontade de vencer sempre, independente da situação. Assim, o treinador deveria ter ganho alguns “pontos” com o torcedor.

Mauro tece elogios a Rogério Ceni

Enquanto Mauro acha a decisão correta, Juca Kfouri criticou Rogério, dizendo que ele deveria ter colocado o time mais na defesa após o intervalo. Mais uma vez, Mauro defendeu o treinador e o elogiou. “Por que eu acho que ele foi bem? Primeiro, ele tem um time em campo que não permite que ele jogue para empatar, um técnico convencional, depois que fez o 3 a 3, bota mais um zagueiro, recua e segura um ponto pensando no campeonato, ele quis ganhar o jogo, então se eu critico técnicos que só pensam em um pontinho, eu não posso ser contra isso. Os jogadores que ele colocou em campo levaram o time à virada, eu acho que o Pedro entrou na hora certa, se ele bota muito antes, ele iria quebrar uma situação que era mais complicada. Entrou e funcionou o que ele fez“, comentou Mauro, que ainda completou: “O time não rendeu jogando com dez desde os 9 minutos, gente, você quer que o time vá render? Agora, os 9 minutos de 11 contra 11 foram ótimos, fez um gol, o Gabigol chutou uma bola rente à trave, o Bahia estava contra as cordas, o jogo começou e o Flamengo intenso e apertando o Bahia, aí o jogo mudou, aí é um jogo atípico, não dá para discutir um jogo desse dessa maneira, então eu achei que o Rogério foi, na minha opinião, aquilo que o torcedor do Flamengo gosta, um técnico que não foi covarde e quis ganhar o jogo. Retranca, essas coisas, é para outros clubes, não é para o Flamengo, e é para outros técnicos, como o Mano Menezes, acho que não é para o Rogério Ceni”, finalizou Mauro. De fato Rogério não foi covarde. O Flamengo continuou propondo ou ao menos tentando propor o jogo. Porém, o desgaste físico por uma partida inteira com um a menos pesou. Assim, a pressão foi mais do que natural. Mas em suma, o time reagiu, jogou como Flamengo, e buscou o resultado. Leia também: Zinho pede Pedro titular do Flamengo: “A reserva é injusta” Veja também: Sub-20 vence o Corinthians na Gávea e está nas quartas de final do Campeonato Brasileiro
César desfalque

César não viaja para São Paulo e desfalca Flamengo

O Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro suspendeu a partida do Flamengo diante do Palmeiras deste domingo. Por não ser uma decisão definitiva e pelo fato da CBF ainda poder entrar com recurso para reaver a decisão, o Flamengo segue sua programação normal, viajando inclusive para São Paulo. Porém, um atleta importante do elenco não viajou, se trata de César. Por decisão da comissão técnica, César foi poupado e não viajou a São Paulo. Caso tenha jogo, Neneca assume a posição. Não se sabe ainda se César sentiu algum desconforto muscular ou problema físico. Mas para que se tenha sido poupado, esse deve ser o motivo. O Flamengo encara o Independiente Del Valle nesta quarta, pela Libertadores da América. Logo, se César está de fato, sentindo algo, faz mais sentido o poupar agora, para que quarta esteja a disposição. Existe também para quarta a possibilidade Diego Alves voltar. Além dos reforços dentro de campo, tem o “reforço” do campo. Isso porque o gramado do Maracanã foi trocado, e o Flamengo irá “estrear” no novo nesta quarta. O gramado anterior era considerado por jogadores e dirigentes como um pasto, sem condições de jogo. Por isso, a expectativa é de melhores condições a partir de então. O Flamengo trabalha então para preparar César ou Diego Alves neste confronto super importante. Em caso de vitória, o Flamengo fica com classificação bastante encaminhada, apesar de provavelmente ainda não a conseguir garantir matematicamente. Leia também: Palmeiras Ameaça Paralizar O Brasileirão E Torcida Do Fla Não Deixa Barato Veja também: Nota oficial – Reunião da Comissão Nacional de Clubes
Cesar-Flamengo

César defende rotação de jogadores feita por Domènec Torrent

Domènec Torrent tem surpreendido a mídia e a torcida rubro-negra ao entrar em cada partida com uma formação diferente, causando assim, contantes criticas a sua forma de comandar a equipe. Reserva de Diego Alves, César saiu em defesa de Dome e afirmou que o catalão só pensa em tirar o melhor do time.
Torrent-Flamengo
Torrent-Flamengo
“Primeiro, existe um fato: O Dome quer que a gente vença os jogos. Ele quer que o Flamengo consiga alcançar as vitórias. Ele quer, muitas vezes, rodar o time ou fazer de uma maneira um pouco diferente do que muita gente queria. De qualquer forma, ele está sempre querendo tirar o melhor do nosso time”, disse César no “Expediente Futebol”, do Fox Sports. Segundo César, Domènec Torrent conversou com os jogadores sobre ás mudanças que seriam contantes por causa da sequência de jogos. “Nosso pensamento é de ajudar a equipe da melhor maneira possível. Claro que todos querem jogar, só que o treinador precisa tomar decisões. Com a sequência de jogos, ele explicou que seria mais dessa forma, para poupar alguns. Isso é uma decisão dele, a gente respeita e espera cada vez mais melhorar e dar certo para que e gente volte para o topo da tabela”, completou. Agora na nona colocação na tabela de classificação, após vencer o Santos por 1 a 0 e somar os três pontos, o Flamengo se prepara para visitar o Bahia, na próxima quarta-feira (2), ás 20h30 (de Brasília), pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro 2020. O time baiano ocupa a oitava colocação com a mesma pontuação do rubro-negro. LEIA MAIS SOBRE FLAMENGO Volante Do Flamengo É Confirmado Pelo Coritiba Até 2021 Yuri César Recebe Proposta Milionária Para Deixar O Flamengo Sormani Detona VAR E Diz Que Gols Do Santos Não Deveriam Ser Anulados Guga No Fla? Presidente Do Atlético-MG Atualiza Sobre O Caso  

César será julgado pelo STJD por expulsão contra o Goiás

O goleiro César foi denunciado pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) e será julgado pela entidade por conta de sua expulsão contra o Goiás, em duelo disputado na última quinta-feira (31), no estádio Serra Dourada, pela 29ª rodada do Brasileirão. A Procuradoria irá analisar o lance na próxima semana para definir o artigo em que o jogador será enquadrado.

A informação foi divulgada inicialmente pelo jornal “O Dia”. César foi expulso depois de sair mal do gol, aos 42 minutos do segundo tempo, e perder o tempo de bola, fazendo falta fora da área em Yago Felipe, que receberia em boas condições para finalizar. O árbitro principal da partida, Ricardo Marques, aplicou cartão vermelho direto ao arqueiro e explicou na súmula.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

Dar ou tentar dar um pontapé (chute) em um adversário com uso de força excessiva fora da disputa da bola. Aos 42 minutos do segundo tempo, expulsei o atleta César, do Flamengo, por atingir o seu adversário, Yago Felipe, com um pontapé na altura da perna, com uso de força excessiva, fora da disputa de bola”, dizia a súmula.

Sem César e possivelmente também sem contar com Diego Alves, que ainda se recupera de entorse no joelho, o Flamengo tenta voltar a somar três pontos no Brasileirão depois de tropeçar diante do Goiás. A equipe comandada por Jorge Jesus enfrenta o Corinthians neste domingo (03), às 16h (horário de Brasília), no Maracanã.

Por:Coluna do Fla

Jornalista questiona titularidade de Diego Alves no Flamengo e dispara: “O César é melhor”

As vitórias contra Botafogo e Emelec mudaram o clima de pressão na Gávea. A festa, no entanto, teve fim após a péssima atuação diante do Bahia, na Fonte Nova, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Diego Alves, o herói da última quarta-feira (05), se tornou o vilão neste domingo – suas falhas durante a partida alertaram para um debate sobre sua titularidade. Durante o Fox Sports Rádio, o jornalista Fábio Sormani disparou contra o potencial do goleiro.

– O Flamengo estava buscando o empate quando o Diego Alves fez aquilo no segundo gol do Bahia. Falam que ele é um tremendo defensor de pênalti, mas no pênalti o goleiro só escolhe um lado. Pênalti não me interessa, não ganha campeonato. Tem que decidir durante o jogo. O Diego Alves é fraco, gente. Está na hora de tirá-lo. O César é melhor que ele -, opinou.

FOTO: FELIPE OLIVEIRA / BAHIA

Diego Alves tentou sair jogando com os pés, mas errou na saída e entregou para Gilberto ampliar o placar. Apesar da falha, esta foi considerada a pior atuação coletiva do Flamengo sob o comando de Jorge Jesus. Para Osvaldo Pascoal, a derrota ficou barata para a equipe carioca.

– Eu reluto em tirar o Diego Alves do gol, acho que ele ainda merece chance e tem o que provar. Mas ontem ficou barato para o Flamengo, era para ter tomado mais três. Não teve perna e o Mister teve sua participação no resultado -, afirmou.

O próximo desafio do Flamengo é contra o Grêmio, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida está prevista para o próximo sábado (10), às 19h, no Maracanã.

Por: Coluna do Fla

Jornalista pede César como titular e diz que Diego Alves “joga com o nome”

O Flamengo viajou até o Equador e se tornou o único time brasileiro derrotado como visitante pelas oitavas de final da Libertadores. Logo na segunda jogada de ataque do Emelec, aos dez minutos de jogo, Guerrero encontrou Godoy livre de marcação e cruzou para o meia abrir o placar – no lance, o goleiro Diego Alves foi muito criticado. Uma das reprovações sobre a atuação do arqueiro rubro-negro veio do jornalista Fábio Sormani. De acordo com o comentarista, César merece a vaga entre os titulares.

– Diego Alves joga com o nome. O César não joga porque não tem nome. Não consigo entender isso. O Dorival afastou o Diego Alves. Volta o Abel, Diego Alves titular. Com Jesus, Diego Alves titular. Até quando? O gol tem que ser creditado a ele. O grande erro é do goleiro -, declarou ao programa Central Fox, dos canais Fox Sports.

O Flamengo precisa esquecer a péssima atuação como visitante e reverter uma vantagem de dois gols no Maracanã. Para isso, conta com a força de sua torcida – recordista de público na temporada. No entanto, antes do principal desafio de Jorge Jesus, o Rubro-Negro encara o Botafogo, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida está prevista para o próximo domingo (28), às 16h, no Maraca.

Rubro-Negro tem sete representantes na seleção da rodada

A rodada do Brasileirão foi positiva para o Flamengo. Com um triunfo consistente por 2 a 0 sobre o CSA, o Rubro-Negro subiu duas posições na tabela e fechou a fase pré-Copa América como terceiro colocado. Além disso, as atuações individuais também foram bem avaliadas. Prova disso é que, na seleção da rodada, o Mais Querido tem sete representantes.

Começando pela defesa, o Flamengo conta com César, Rodinei, Rodrigo Caio e Renê. A vaga de primeiro volante ficou com Piris da Motta. No meio ofensivo, Everton Ribeiro foi o dono da vaga. Fechando o ataque, Vitinho assumiu uma das pontas. Para fechar a participação dos rubro-negros, o comando ficou com Marcelo Salles.

CONFIRA A SELEÇÃO COMPLETA:

GOL – César (FLA) LAD – Rodinei (FLA) ZAG – Rodrigo Caio (FLA) e Ricardo Graça (VAS) LAE – Renê (FLA) MEI – Piris (FLA), Bruno Henrique (PAL) e Everton Ribeiro (FLA) ATA – Vitinho (FLA), Sasha (SAN) e Rafal Sóbis (INT) TEC – Marcelo Fera (FLA)

Por: Coluna do Fla

Diego Alves não jogará contra Chapecoense, e César ganha espaço como titular

Diego Alves não voltará aos gramados para a partida contra a Chapecoense no domingo (12), pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Segundo reportagem do portal GloboEsporte.com, o goleiro continua tratando de uma lombalgia e não tem previsão para voltar a jogar.

Ele sentiu dores na partida contra a LDU, no dia 24 de abril. César continuará defendendo o gol do Flamengo pelas próximas partidas, até que Diego esteja recuperado. O jogo contra a Chapecoense será o quinto do goleiro como titular.

Apesar da ausência de Diego Alves, a atuação de César nos últimos jogos trouxe segurança para o elenco. O Goleiro tem mostrado maturidade e é um bom concorrente à vaga de titular com Diego Alves. De acordo com informações do GloboEsporte, Diego Alves será reavaliado para a partida contra o Corinthians no dia 15, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Por: Coluna do Fla

César fala sobre oportunidades como titular no Flamengo: “Quero poder jogar sempre”

O goleiro César teve sua primeira oportunidade entre os profissionais do Flamengo no ano de 2013. No entanto, só após rodar sendo emprestado por diversas equipes e ocupar o posto, até mesmo, de quarta opção para a posição, o atleta conseguiu provar seu valor no Rubro-Negro no fim de 2017, quando foi acionado ‘na fogueira’ e correspondeu bem.

No jogo da última quarta-feira (08), que terminou empatado por 0 a 0 o com o Peñarol e garantiu a classificação do Fla para as oitavas de final da Libertadores, o Garoto do Ninho foi titular e fez mais uma atuação segura. Durante o desembarque no Rio de Janeiro, o defensor comemorou a oportunidade e ressaltou que é importante estar sempre preparado.

FOTO: CARLA ARAÚJO/COLUNA DO FLA

“Fico feliz em poder estar preparado para esse momento. A gente não escolhe quando jogar. Lógico, quero sempre poder estar jogando. Ter a oportunidade de ajudar a minha equipe é o principal”, disse ele, que assumiu a vaga de Diego Alves após o camisa 1 ter uma lombalgia constatada.

Sobre a partida contra o Peñarol, César ressaltou a boa atuação da equipe rubro-negra durante a maior parte do tempo. O goleiro reconheceu que, já na reta final, o time uruguaio cresceu no jogo. No entanto, o Flamengo foi capaz de suportar a pressão adversária

– A gente fica muito feliz pela classificação. Era o que a gente almejava agora, muito bom retornar ao Rio de Janeiro classificados. Foi um jogo que a gente entendeu desde o início. Fizemos uma boa partida e tivemos oportunidades de fazer os gols, por isso acabamos sofrendo um pouco no final. Mas até nesse momento a equipe foi forte para aguentar até o final -, disse ele, que ainda completou sobre um possível “drama” em campo após a expulsão de Pará.

– Em primeiro lugar, acho que não passou nenhum filme na cabeça. A gente tinha confiança de fazer o nosso dentro de campo, e foi o que a gente fez desde o início. Lutamos e brigamos até o final com uma equipe qualificada. Ficamos felizes pela boa partida, poderíamos até ter saído com um resultado melhor.

Por: Coluna do Fla

César e Berrío se destacam em empate do Flamengo no Morumbi; veja as notas dos jogadores

O Flamengo entrou em campo na tarde deste domingo (05) para enfrentar o São Paulo, no Morumbi, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o time composto inteiramente por reservas, a equipe rubro-negra ficou no empate em 1 a 1 com o Tricolor, levando o gol nos minutos finais de jogo após praticamente abdicar ao ataque para segurar o resultado.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO
Confira abaixo as notas dos jogadores: César – 7,0 Rodinei – 3,0 Dantas – 6,5 Thuler – 6,0 Trauco – 5,5 Piris da Motta – 7,0 Hugo Moura – 7,0 Ronaldo – 6,0 Diego – 6,5 Berrío – 7,0 Lincoln – 3,5 Lucas Silva – 4,0 Rafael Santos – 5,0 Bruno Henrique – 5,0
E aí, torcedor? Concorda com as avaliações dos jogadores? Deixe o seu comentário!
Por: Coluna do Fla

Goleiro César declara: “Vamos respeitar o Abel, que é um grande profissional”

O Flamengo enfrenta o São Paulo neste domingo (5), às 16h, horário de Brasília, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, no Morumbi. O clube realizou atividades no campo e na academia, em preparação para a partida. O dia do time Rubro-Negro foi marcado por um grande burburinho nas redes sociais, após o clube ter emitido uma nota oficial em relação às críticas e cobranças que o elenco, especialmente o técnico Abel Braga, tem recebido nos últimos dias.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (3), o goleiro César conversou com os jornalistas. O atleta falou sobre os próximos jogos do Flamengo, contra o São Paulo e Peñarol, ambos fora de casa, sobre o treinador Abel Braga, o trabalho que ele tem feito ao longo da temporada e sobre a constante troca de técnicos.

— A gente pensa nos jogos que temos. Temos um comandante experiente com currículo fantástico. Nos ajudou muito a conquistar o carioca. Temos respeito grande pelo Abel. Logico que decisões, se realmente tem pensada ou não, não cabe a nós, mas sim a diretoria. Quanto a nós, vamos respeitar o Abel, que é um grande profissional. E nós faremos em campo nosso trabalho. Infelizmente, isso acontece muito de troca de treinadores. Às vezes precocemente. Não é legal. Como eu falei, esse assunto deixo pra depois. Prefiro focar nos jogos que temos, prefiro pensar nesses jogos. O que acontece depois, fica pra depois. 

O Flamengo possui dois jogos fora de casa. O primeiro contra o São Paulo, no Morumbi, neste domingo (5), pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Se vencer, conquista três pontos e acumula seis no torneio de pontos corridos. A segunda partida, contra o Peñarol, é decisiva para o time Rubro-Negro na Libertadores. O Mais Querido só precisa do empate para avançar para as oitavas de final. O jogo acontecerá na quarta-feira (8), no Uruguai, às 21:30h, horário de Brasília.

Por: Coluna do Fla

César responde sobre nota emitida pelo Flamengo: “Acredito que eles sabem o que estão fazendo”

Em preparação para o jogo de domingo, (5), contra o São Paulo, no Morumbi, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, às 16h, horário de Brasília, o Flamengo treinou nesta sexta-feira, (3), no Centro de Treinamento Ninho do Urubu, em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro, antes de embarcar para São Paulo.

Após as atividades, o goleiro César respondeu algumas perguntas na coletiva de imprensa e comentou sobre a nota oficial que o Flamengo emitiu nesta manhã em seu site, por conta da revolta da torcida com o técnico Abel Braga que vem fomentando as redes sociais.

— Com relação à nota, é uma decisão da diretoria, das pessoas que trabalharam pra emiti-la. Lógico que tem o pensamento sim, mas acredito que todos em prol do Flamengo para que se tenha o melhor ambiente possível. Acredito que eles sabem o que estão fazendo. Muitas vezes, tem um clima exagerado do lado de fora. Mas aqui dentro não tenho visto dessa forma. Todos sabem que precisamos estar concentrados. Mas não vejo uma cobrança exagerada. Temos consciência que temos que nos classificar na libertadores.

Em nota oficial, o Flamengo relembrou as conquistas da Florida Cup e do Campeonato Carioca, no início da temporada. Disse também que certos veículos de comunicação tentam criar crises infundadas e que esses ataques vêm de pessoas que tiveram seus privilégios no clube cessados e vivem do sensacionalismo barato. Ainda afirmou que, unido, o Flamengo vai passar por cima de todos eles.

Por: Coluna do Fla

“Sabemos que no clube a cobrança é grande”, diz César sobre pressão de atuar no Flamengo

Um goleiro que veio da base, venceu as críticas e se firmou mesmo quando uma bomba caiu em seu colo: este é Cesar, o camisa 37 rubro-negro. Acostumado com momentos difíceis e fundamental em situações inesperadas, o arqueiro não é titular no Flamengo, mas conta com a confiança da torcida.

Nesta sexta (3), o goleiro conversou com a imprensa. Na entrevista coletiva, falou sobre a pressão de atuar pelo Flamengo.

– A gente vem de boas vitorias antes. Fomos campões cariocas. Mas sabemos que no clube a cobrança é grande. E nossa cobrança é grande. Viemos de uma derrota pro Inter onde sabemos que poderíamos vencer ou pelo menos empatar. Tomamos dois gols que poderiam ser evitados. Sabemos da nossa responsabilidade e o que podemos render. Quando o resultado não vem, nós, internamente, não ficamos satisfeitos -, disse.

Já de olho no próximo desafio, Cesar comentou o jogo contra o São Paulo. Segundo indícios, o Flamengo deve ir com time misto para o confronto, que acontece neste domingo (5) – o que

– Todo atleta do elenco vê como oportunidade de jogar e defender a escolha do Flamengo. É o nosso clube, queremos alcançar a vitoria. Quem joga busca isso. Assim como em outras oportunidades, vamos buscar essa vitória. Mesmo sendo time B, alternativo -, afirmou.

O Rubro-Negro tem uma sequência decisiva pela frente. Após o confronto contra o São Paulo, o Flamengo viaja a Montevidéu, onde encara o Peñarol. A partida vale vaga nas oitavas da Libertadores. Na visão de Cesar, cada jogo é diferente e é preciso saber separar cada desafio – mas sempre com a mesma vontade de vencer.

– A gente vem trabalhando dia a dia aqui, entendendo que existem sim momentos mais decisivos. Mas pra gente não pode mudar. Todos os jogos são diferentes e importantes. A gente vai pensar na vitória contra o Peñarol, assim como contra o São Paulo. Aqui é o Flamengo, vai ter a pressão, vai ter a cobrança. Isso é bom. Todo jogador quer trabalhar num grande clube. É um privilegio trabalhar aqui e encarar desafios grandes. Precisamos estar tranquilos, seguir trabalhando e encarar os desafios. Vamos focados pra alcançar o resultado no São Paulo e depois também no Peñarol -, finalizou.

Por: Coluna do Fla

César acorda melhor, treina e será o titular do Flamengo contra o Internacional

Alívio para o Flamengo. César acordou melhor, recuperado de uma febre, e viajará para enfrentar o Internacional, quarta-feira, às 16h (de Brasília), em Porto Alegre, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

O goleiro reserva seguirá na vaga de Diego Alves, que ainda sofre com uma lombalgia desde que foi substituído durante o jogo contra a LDU, em Quito, pela Libertadores.

Vitinho, com uma forte, gripe, e Uribe, que se recupera de torção no tornozelo, também estão fora. Rodrigo Caio ficará cinco dias sem risco de choque com outros jogadores e fará trabalhos apenas de academia por conta da concussão sofrida na vitória sobre o Cruzeiro.

Fonte: GloboEsporte

Confira quais são os atletas do Flamengo que viajam para partida pela Libertadores

O Flamengo já virou a chave após a conquista do Campeonato Carioca e agora mira a disputa da Copa Libertadores da América. Nesta segunda-feira (22), a delegação Rubro-Negra se reapresentou no horário do almoço e partiu do hotel direto para o aeroporto, mirando o confronto contra a LDU. Na lista dos que estavam na delegação, 23 jogadores representaram o Flamengo.

Alguns nomes importantes para o elenco permaneceram fora do grupo, como Piris da Motta, Fernando Uribe e Orlando Berrío. Os três apresentaram evolução na recuperação durante a semana, porém, não apresentam as condições ideais para entrarem em campo.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

CONFIRA A LISTA:

Goleiros: Diego Alves, César e Gabriel Batista; Zagueiros: Rodrigo Caio, Léo Duarte, Rhodolfo e Thuler; Laterais: Renê, Pará, Rodinei e Trauco; Volantes: Arão, Hugo Moura, Cuéllar e Ronaldo; Meias: Arrascaeta, Everton Ribeiro e Diego; Atacantes: Vitor Gabriel, Gabigol, Lucas Silva, Vitinho e Bruno Henrique.

Com nove pontos em quatro rodadas, o Flamengo é líder de seu grupo, levando a melhor sobre o Peñarol no saldo de gols. A LDU tem quatro pontos até então. Porém, caso vença o Mais Querido, terá a oportunidade de chegar a dez na última rodada. Sendo assim, para o Fla, é fundamental sair ao menos com um empate para se garantir nas oitavas de final da Libertadores.

Por: Coluna do Fla

Diego Alves admite abatimento com lesão na Sul-Americana de 2017

O Flamengo tem feito investimentos pesados no elenco, em busca de algum título de expressão. Em 2017, o clube chegou próximo de uma conquista internacional, a Sul-Americana. Porém, no primeiro jogo da semifinal da competição, contra o Jr. Barranquilla, Diego Alves sofreu uma lesão na clavícula, que o tirou do restante da temporada. O Fla, por sua vez, perdeu a final do torneio para o Independiente, da Argentina, e ficou com o vice-campeonato.

— Tive duas lesões sérias na minha carreira. Uma de joelho quando faltavam 15 minutos para acabar a temporada e estava convocado para Copa América. Foi um baque forte. Era uma das minhas melhores temporadas na Europa. E essa lesão na clavícula, quando eu vinha muito bem, estava adaptado, em uma semifinal de Sul-Americana e, lógico, fiquei triste. Foi uma fatalidade -, disse o goleiro.

FOTO: DIVULGAÇÃO / FLAMENGO

Porém, a lesão de Diego Alves abriu brecha no time para que César, que havia retornado de empréstimo naquele ano, ganhasse oportunidade. O goleiro, que é oriundo da categoria de base do Fla, pegou um pênalti no segundo jogo da semifinal, contra o Jr. Barranquilla, na Colômbia, e se tornou herói da classificação. O atual camisa 1 da Gávea falou sobre o assunto.

— Mesmo assim, fiquei feliz com o desfecho. No momento em que todos tinham aquela confiança em mim e aconteceu isso, entrou o César e foi bem. Ali, vi que tinha mudado o ambiente, que era favorável. E se pude contribuir para isso fico feliz. Contribuímos para crescer em todos os sentidos e foi uma melhoria que vimos -, finalizou o camisa 1, em entrevista ao site Globoesporte.com.

Diego Alves vai estar em campo no segundo jogo da final do Campeonato Carioca – o primeiro foi 2 a 0 para o Fla -, contra o Vasco da Gama. A partida vai ser disputada no Maracanã e terá início às 16h (horário de Brasília). Se o Flamengo não perder por mais de um gol de diferença, o Rubro-Negro conquistará seu 35° título estadual.

Por: Coluna do Fla

“Ele não quis me cumprimentar, e a gente ganhou”, diz César sobre vácuo de vascaíno

Flamengo e Vasco se enfrentaram no último domingo, na final da Taça Rio. No tempo normal, o duelo terminou empatado em 1 a 1. Porém, nos pênaltis, o Rubro-Negro conseguiu superar o rival da Colina, vencendo a disputa por 3 a 1. Em uma das cobranças cruzmaltinas, chamou atenção o fato de o zagueiro Werley ter se recusado a apertar a mão do goleiro César. Ao fim da partida, o arqueiro explicou o que aconteceu.

Em sua declaração, o camisa 37 do Flamengo garantiu que não houve maldade ou segunda intenção em sua atitude, mas não deixou de dar uma leve ‘zoada’ por conta da atitude do adversário: “Na verdade, eu ia apertar a mão dele. Sempre faço isso, um cumprimento normal. Mas, enfim, ele não quis me cumprimentar, e a gente ganhou”, disse ele.

O pênalti cobrado por Werley se perdeu por cima da meta defendida por César e, àquela altura, garantiu o triunfo rubro-negro. Antes dele, Rossi também já havia batido para fora, e Thiago Reis foi parado pelo goleiro do Fla. Do lado cruzmaltino, apenas Danilo Barcelos marcou. Pelo Flamengo, Vitinho, Arrascaeta e Uribe guardaram, e Rodinei teve sua cobrança defendida por Fernando Miguel.

Por: Coluna do Flamengo

“Competição que a gente mais quer”, diz César sobre Libertadores

Vasco e Flamengo fizeram um clássico com grandes emoções na noite deste domingo (31), pela final da Taça Rio. Com a equipe reserva, o Rubro-Negro empatou a partida no fim com Arrascaeta e conquistou o segundo turno do Carioca nos pênaltis. O goleiro César, que defendeu uma cobrança, comemorou o título conquistado em cima do maior rival.

– É sempre muito bom (ganhar título). Ainda mais da maneira que foi, acreditando até o final. A gente tem que enaltecer o grupo inteiro pela entrega. São jogadores que já tinha um tempo que não jogavam, ou jogam pouco. Encaramos como uma grande decisão e conseguimos alcançar este título -, celebrou o arqueiro, destacando também a efetividade dos cobradores.

FOTO: CARLA ARAÚJO/COLUNA DO FLAMENGO

– O pênalti, lógico, acaba sendo difícil. É um momento importante da partida. Acredito que o que foi mais importante, primeiro, a nossa tranquilidade pra bater, nossos batedores bateram muito bem. A forma como a gente jogou, alcançamos o título -, completou.

César ainda falou sobre o lance com o zagueiro Werley, do Vasco, responsável por bater o pênalti decisivo. Na situação, o jogador rubro-negro se aproximou para cumprimentá-lo. O goleiro do Fla ainda comentou que a equipe já pensa na Libertadores, prioridade na temporada, segundo ele.

– Eu ia apertar a mão dele. Nada de mais, eu sempre faço isso. Ele não quis me cumprimentar, e a gente ganhou. Ficamos feliz pelo título alcançado. A entrega de todos os jogadores… vamos comemorar hoje. É um título. Sem dúvida a gente queria muito. Comemoramos hoje, mas amanhã já pensamos na Libertadores. É a competição que a gente mais quer -, concluiu.

Por: Coluna do Flamengo

César diz que empate se justifica por tempo de preparação

Pela segunda rodada da Taça Guanabara, o Flamengo apenas ficou no empate com o Resende, em 1 a 1, na última quarta-feira (23). Em partida disputada no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, o time rubro-negro chegou a sair atrás, mas empatou ainda no primeiro tempo com um golaço de bicicleta de Henrique Dourado. Após o jogo, César deu explicações sobre o comportamento da equipe e lembrou da diferença no tempo de preparação.

— Sem dúvidas a gente está em crescimento. Precisamos entender nosso jeito de jogar, e a cada jogo crescer. Acredito que a gente vai evoluir muito ainda, mas claro que ainda tem coisas a melhorar. Foi um jogo bom. Sabemos que eles vêm de uma temporada desde outubro ou novembro treinando, isso faz diferença, a gente tem pouco tempo de trabalho ainda -, disse ao Twitter oficial do clube.

Vale lembrar que, por ter disputado a fase seletiva do Estadual, ainda em dezembro, o time do Sul Fluminense já vem realizando o trabalho há mais tempo que o Flamengo, como dito por César. Mesmo as equipes de menor investimento que não jogaram essa primeira fase, habitualmente já iniciam a pré-temporada antes por conta do calendário vazio no fim de ano, podendo tirar vantagem em relação aos considerados grandes nesse fator.

Para reencontrar o caminho das vitórias, o Fla terá que passar pelo primeiro clássico do ano, diante de um time com mais ou menos o mesmo período de pré-temporada. No sábado (26), a equipe comandada por Abel Braga encara o Botafogo, no estádio Nilton Santos. A bola rola às 17h (horário de Brasília), em confronto válido pelo grupo C da competição.

Por: Coluna do Flamengo

César relembra conversa com Diego Alves após polêmica e garante: “Não fiquei ofendido”

Durante a maior parte da temporada de 2018, Diego Alves foi titular absoluto na meta do Flamengo. Porém, já na reta final, o camisa 1 acabou se envolvendo em polêmica, após se negar a ficar no banco de reservas na partida contra o Paraná, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Contudo, o fato não parece ter abalado o goleiro César, que assumiu a vaga entre os 11 iniciais.

Em entrevista concedida ao Lance!, o camisa 37 ressaltou sua boa convivência com o companheiro de equipe. Além disso, o goleiro voltou a falar sobre ter conversado com Diego Alves após o episódio, garantindo que, em momento algum, se sentiu ofendido.

– Foi um papo tranquilo. Ele ficou preocupado de que talvez eu pudesse ter ficado ofendido, mas, de coração, não fiquei. Nos abraçamos e ficou tudo bem, como já estava. Eu admiro o Diego e sempre tivemos uma boa relação. Torço muito por ele sempre –, disse ele.

O futuro de Diego Alves no Rubro-Negro ainda não foi definido. No entanto, por parte de Abel Braga, novo treinador, e Marcos Braz, vice-presidente de futebol, a ideia é de manter o experiente defensor no Flamengo. Diego, por sua vez, definirá junto a seu empresário sobre a sequência de sua carreira.

Fonte: Coluna do Flamengo

  • 1
  • 2

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod