Tag: Chapecoense

Flamengo confronto

Saiba tudo sobre o jogo de hoje (11), de Flamengo x Chapecoense

Ainda sem Renato Gaúcho, o Flamengo enfrenta a Chapecó, no Maracanã, às 6h15 deste domingo (11). Após duas derrotas no Brasileirão, o Rubro Negro espera vencer para sair da má fase e se aproximar das grandes forças que cercam o G-4.

Além disso, espero que o moral da equipe esteja alto na eliminação da Libertadores. Para este confronto, Mauricio Sosa não vai permitir que Bruno Enrique, Diego e César se lesionem e João Gomez está suspenso. Rodrigo Caio é uma parte importante da equipe e deve sobreviver ao conflito da Libertadores.

Flamengo
Foto: Flamengo

Por isso, Leo Pereira e Bruno Viana têm uma disputa entre os titulares. Ao mesmo tempo, Gabigol e Everton Ribeiro na seleção brasileira que participa da Copa América podem estar relacionados. Nesse caso, ambas as partes terão a oportunidade de participar da competição, que será avaliada pela comissão técnica.

FLAMENGO x CHAPECOENSE

Local: Maracanã;
Data: 11 de julho de 2021;
Horário: 18h15;
Árbitro: Paulo César Zanovelli, de MG;
Assistentes: Guilherme Dias Camilo, de MG-Fifa e Ricardo Junio de Souza, de MG;
VAR: Emerson de Almeida Ferreira, de MG.

Flamengo: Diego Alves, Isla, Léo Pereira ou Bruno Viana; Gustavo Henrique e Filipe Luís; Willian Arão, Thiago Maia e Arrascaeta; Everton Ribeiro ou Vitinho; Gabigol ou Pedro e Michael.

Chapecoense: João Paulo; Matheus Ribeiro; Felipe Santana; Derlan e Busanello; Anderson Leite; Lima; Felipe Baxola; Fabinho e Fernandinho; Perotti.

Flamengo

Saiu! O Flamengo está escalado para jogo do Brasileirão

Saiu a escalação do Flamengo para partida diante da Chapecoense pelo Brasileirão. Apesar da expectativa pelo retorno de Gabigol, o clube informou na lista de relacionados que o atacante foi punido com um jogo de suspensão pelo departamento de futebol. A atitude tem relação ao fato do atacante não ter se reapresentado ao clube antes de ir para a seleção na Copa América. A decisão não foi muito aprovada pela torcida, que acredita que o clube foi punido duas vezes, enquanto o centroavante ganhou “folga”.

Mas polêmicas à parte, a equipe hoje comandada por Maurício Souza está escalada.

Na defesa, Diego Alves e Filipe Luís serão as peças mais experientes. Gustavo Henrique e Léo Pereira formam a dupla de zagueiros, Isla completa a linha defensiva do lado direito. Rodrigo Caio será poupado para a Libertadores.

Thiago Maia ganha mais espaço para rodagem no elenco, o jogador vem atuando pouco após voltar de lesão no joelho. Dessa forma começa hoje titular, ao lado de Willian Arão. Na criação o Flamengo volta a ter sua dupla de sucesso, Arrascaeta e Everton Ribeiro. E para finalizar, no ataque, Muniz e Pedro formam a dupla de atacantes.

Veja a escalação:

A partida será vista de perto por Renato Gaúcho, que assinou na tarde de ontem contrato com o rubro negro. O novo treinador, inclusive, já viaja para a Argentina junto do elenco para disputa da Libertadores, em seu primeiro confronto pelas oitavas de final, diante do Defensa y Justicia.

O Flamengo está à procura de voltar a vencer na competição, já que os últimos resultados não são dos melhores. Enquanto tropeça, clubes como Bragantino e Palmeiras abrem espaço, em pontos, e mesmo com alguns jogos a menos, o rubro negro precisa começar a pontuar, se quiser figurar entre os líderes.

Acompanhe o pré-jogo:

Flamengo e Chapecoense

Flamengo e Chapecoense: Onde assistir, escalações e arbitragem

Flamengo e Chapecoense entram em campo hoje em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Ambas equipes buscam vida melhor na competição, já que a Chapecoense se encontra na zona de rebaixamento, com apenas quatro pontos e nenhuma vitória. O Flamengo, viveu dias turbulentos no Ninho do Urubu. De um dia para outro, Rogério Ceni deixou de ser o comandante, para Renato Gaúcho, assumir.

Porém, neste domingo, quem estará à beira do gramado será Maurício Souza. O treinador interino precisará contornar vários desfalques. Além de precisar poupar alguns jogadores para o confronto da Libertadores, no meio de semana. O adversário é o Defensa y Justicia, e Renato Gaúcho já estará com o time no gramado.

A boa notícia para o confronto com a Chapecoense, se dá pelo retorno de Everton Ribeiro e Gabigol, que ao lado de Arrascaeta e Pedro, formam novamente um quarteto de peso na frente. Já na defesa, Gustavo Henrique e Léo Pereira deverão ser os titulares.

Flamengo e Chapecoense: Prováveis escalações

Entre retornos e desfalques, o Flamengo deverá entrar em campo com a seguinte escalação:

Diego Alves; Isla, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís; Hugo Moura, Willian Arão, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Gabigol e Pedro.

Já a Chapecoense vem com escalação de três zagueiros, bem ao estilo defensivo de Jair Ventura. A provável escalação tem:

João Paulo; Matheus Ribeiro, Ignácio, Felipe Santana, Derlan e Busanello; Anderson Leite, Lima, Fernandinho e Fabinho; Anselmo Ramon.

Flamengo e Chapecoense: Onde assistir

A partida começa às 20:15h (horário de Brasília) e terá transmissão exclusiva do Premiere para todo o Brasil.

Arbitragem

  • Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli (MG)
  • Assistente 1: Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG)
  • Assistente 2: Ricardo Junio de Souza (MG)
  • VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)/

Veja também: Renato Gaúcho é o novo técnico do Flamengo

Domenec

Ceni deixa o Flamengo com aproveitamento inferior ao de Domenec

Rogério Ceni caiu do Flamengo na madrugada de sexta para sábado. O comandante ainda tinha apoio de parte dos torcedores e pessoas da mídia, porém seus números no clube justificam o apoio? Pois bem, levando em consideração a quase unanimidade na demissão de Domenec em 2020, não.

Isso porque os números de Ceni no clube são consideravelmente inferiores ao de Dome. Apenas como comparativo, o espanhol enquanto esteve no Flamengo teve 64,1% de aproveitamento, enquanto Rogério saiu com 59,3%. Mas esses números ainda não mostram o contexto. E quando analisamos o contexto, o trabalho de Ceni é ainda mais questionado.

Enquanto Domenec comandou o clube apenas em Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil, torneios considerados difíceis, e sem tempo para treinar, Rogério teve estadual pelo caminho e pré-temporada. Mas ainda sim, ficou com quase 5% a menos de aproveitamento. Um dos piores dos comandantes recentes.

Em 45 jogos, Rogério Ceni venceu 23, empatou 11 e perdeu outros 11. Foram 86 gols marcados e 55 gols sofridos. Apesar do alto índice de gols sofridos, algo que pesou para Rogério em relação ao Dome foram as goleadas. O espanhol passou por momentos de derrotas acachapantes, que ajudaram muito em sua queda, além do relacionamento ruim também com alguns jogadores.

O Flamengo tem em Renato Gaúcho um nome ideal para assumir o comando do time hoje, apesar do seu trabalho recente no Grêmio não ser apontado como de boa qualidade. Amanhã já tem confronto diante da Chapecoense, pelo Brasileirão, e Maurício Souza será o comandante.

Veja também: Sob comando de Mauricio Souza, elenco conclui a preparação para a partida contra a Chapecoense

Renato Gaúcho

Para jornalista, a vinda de Renato Gaúcho seria um erro no Flamengo

Mauro César Pereira parece não ser muito adepto da possibilidade de Renato Gaúcho ser o próximo treinador do Flamengo. O comentarista considera o trabalho de Renato péssimo nas duas últimas temporadas com o Grêmio, e que isso, portanto, não justificaria maiores esforços em contratar o treinador.

“Não contrataria Renato após o desempenho bem abaixo do Grêmio nos dois últimos anos e as surras tomadas em 2019 e 2020 na Libertadores. Principalmente a aplicada por Jorge Jesus, que escancarou suas limitações como técnico”

Mesmo não sendo muito fá de Renato, Mauro César entende que ainda sim, pode dar certo no Flamengo, graças ao futebol de baixo nível do Brasil.

“Assim, nesse futebol medíocre que se pratica no país, pode até funcionar. E há outra semelhança: como o Grêmio de Roger, o Flamengo de Rogério Ceni é/era time que controla o jogo pela posse de bola. A ver. Mas antes Renato e Flamengo precisam se acertar”

As negociações entre Flamengo e Renato Gaúcho parecem ter começado mesmo antes do anúncio oficial da saída de Ceni, na madrugada de sexta para sábado. Aparentemente, o que separa Renato do Flamengo hoje é o tempo de contrato, a diretoria queria acordo até o fim deste ano, já Renato gostaria que fosse acertado até o fim de 2022.

Mas, a saída para a diretoria do Flamengo seria de propor salário até o fim deste ano com extensão automática caso Landim vença as eleições, algo muito provável já que Landim lidera todas as estimativas.

Dessa forma, Renato Gaúcho está sim muito próximo de ser anunciado como novo treinador do Flamengo. O comandante deverá começar à beira do gramado logo de cara na Libertadores, no meio da semana.

Veja também: Sob comando de Mauricio Souza, elenco conclui a preparação para a partida contra a Chapecoense

Palmeiras vence a Chapecoense, e resultado mantém vantagem do Flamengo em oito pontos

O Palmeiras, segundo colocado do Campeonato Brasileiro, derrotou a Chapecoense no jogo desta quarta-feira e chegou aos 53 pontos. Por sua vez, o Flamengo, líder da competição, venceu o Fortaleza. Com o resultado, o Rubro-Negro manteve a vantagem de oito pontos para o time paulista.

O Mais Querido conseguiu uma virada no finalzinho do segundo tempo, em um jogo difícil contra o time tricolor. Com gols de Gabigol e Reinier, o Rubro-Negro chegou aos 61 pontos e está isolado no topo da tabela. O Palmeiras, que enfrentou o último colocado do campeonato e terminou a partida com um jogador a mais, fez o gol da vitória no último minuto.

O próximo desafio do Líder do Brasileirão é neste domingo (20), contra o Fluminense. O clássico carioca será às 18h (de Brasília), no Maracanã. O Palmeiras, vice, joga pouco depois, às 19h, contra o Athlético-PR.

Por: Coluna do Fla

Com seis desarmes e quase 90% de acerto nos passes contra a Chape, Arão prova crescimento no Flamengo

O Flamengo venceu a Chapecoense por 1 a 0, neste domingo (06), em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena Condá, em Chapecó. O time Rubro-Negro abriu o placar com o jogador Bruno Henrique aos 35 minutos do primeiro tempo. Apesar de ter criado muitas chances e dominado a partida, o Mais Querido não conseguiu efetivar as oportunidades em gols e saiu com uma vitória minúscula de Chapecó. Um dos destaques deste confronto foi o volante Willian Arão, que ratifica a cada partida sua evolução como atleta desde a chegada de Jorge Jesus.

No jogo contra a Chapecoense, o camisa 5 do Flamengo acumulou 88% de acerto em seus passes. Além disto, Willian Arão também somou seis desarmes na partida, e em 17 duelos que disputou, o atleta se saiu melhor em dez, de acordo com as estatísticas do portal SofaScore Brazil. Constantemente criticado pelos torcedores rubro-negros na era de Abel Braga, o volante do Mais Querido apresentou uma grande evolução desde a chegada do treinador português, Jorge Jesus, ao comando da comissão técnica do plantel carioca.

Com este resultado, o Flamengo segue na liderança do Campeonato Brasileiro com 52 pontos. Após o empate contra o Atlético Mineiro por 1 a 1, o Palmeiras ficou ainda mais distante do Mais Querido: agora a diferença é de cinco pontos, dois a mais do que no início da rodada. Após o confronto contra a Chapecó, o Mais Querido se prepara para enfrentar o Atlético Mineiro, nesta quinta-feira (10), às 20h, horário de Brasília, pela 24ª rodada do torneio de pontos corridos, no Maracanã, Rio de Janeiro.

Por: Coluna do Fla

“Seguimos na liderança”, diz Renê sobre vitória contra a Chapecoense

O Flamengo encarou a Chapecoense neste domingo (06) e venceu por 1 a 0. O Rubro-Negro demonstrou plena superioridade em cima do rival, que ocupa a última posição do Campeonato Brasileiro. Com Filipe Luís se recuperando de uma entorse no joelho, Renê foi titular da equipe comandada por Jorge Jesus.

O lateral-esquerdo concedeu entrevista após o jogo, para as redes sociais do Flamengo. Renê ressaltou a dificuldade que o Rubro-Negro encontrou na Arena Condá, mas exaltou o desempenho do time carioca, além de celebrar a permanência na liderança do Brasileirão.

FOTO: DIVULGAÇÃO / FLAMENGO

– Sabíamos que seria um jogo difícil. Independentemente da situação que a Chapecoense vem vivendo, a gente tinha que fazer um grande jogo. Graças a Deus, conseguimos impor um grande ritmo, fizemos um gol no primeiro tempo e no segundo tempo foi mais equilibrado. Mas conseguimos essa vitória e seguimos na liderança -, disse o lateral-esquerdo.

A vitória sobre a Chapecoense fez com que o Flamengo aumentasse a diferença de pontos para o Palmeiras na tabela. Agora, cinco pontos separam as equipes. O Rubro-negro está com 52, enquanto o Alviverde tem 47. O próximo confronto do Fla é diante do Atlético-MG, na quinta-feira (10), às 20h (horário de Brasília). O duelo é válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro e vai ser disputado no Maracanã.

Por: Coluna do Fla

“A soberba precede o fracasso”, diz técnico da Chapecoense sobre o Flamengo

Vivendo grande fase na temporada e vindo de uma boa sequência no Campeonato Brasileiro, o Flamengo visita a Chapecoense na manhã deste domingo (06), na Arena Condá. Na liderança da competição, a equipe de Jorge Jesus vai buscar manter o nível de atuação das últimas partidas para conquistar mais três pontos na Série A.

Em uma situação completamente diferente da que vive o Flamengo, a Chapecoense não vence a sete jogos e está na última posição. O técnico Marquinhos Santos falou sobre o confronto e pediu atenção extrema no duelo válido pela 23ª rodada.

– O momento do Flamengo é excelente. Joga com intensidade de nível europeu, mas tem brecha que podemos explorar. Nível de concentração ao extremo e erro zero para vencermos –, disse. O treinador ainda completou projetando a primeira vitória sob o comando da equipe.

Foto: Divulgação

– Estou ansioso para alcançar minha primeira pela Chapecoense. O clube já vem de sete jogos sem vencer e temos que acabar com isso. Nesses jogos, como o de domingo diante do Flamengo, a surpresa aparece. A soberba precede o fracasso.

O comandante pregou respeito ao Flamengo por diversos fatores, mas ressaltou a necessidade de vencer em casa para seguir brigando contra o rebaixamento.

– (A vitória) É o que buscamos, principalmente em casa. O futebol é bom por isso. Talvez no basquete ou no vôlei o maior time ou o de melhor rendimento estaria na frente, mas no futebol não é assim. Vamos usar todas nossas armas, respeitando o Flamengo pelo peso de camisa, qualidade de time e os números, como melhor ataque do Brasil, mas temos que nos entregar e buscar resultados.

Por: Coluna do Fla

Renê tem atuação contra a Chapecoense bem avaliada em portal de estatísticas

O Flamengo derrotou a Chapecoense por 1 a 0, neste domingo (06), em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena Condá, em Chapecó. O time Rubro-Negro abriu o placar com o jogador Bruno Henrique aos 35 minutos do primeiro tempo. Apesar de ter criado muitas chances e dominado a partida, o Mais Querido não conseguiu efetivar as oportunidades em gols e saiu com uma vitória minúscula de Chapecó. Com a lesão do lateral-esquerdo Filipe Luís, o jogador Renê foi integrado ao time titular e apresentou bons resultados contra a equipe catarinense.

Durante o confronto contra a Chapecoense, o lateral-esquerdo Renê acumulou quatro desarmes em jogadas do adversário. Além disto, o jogador venceu sete de 11 duelos pelo chão, e também se saiu melhor em uma vez de três jogadas aéreas, de acordo as estatísticas do SofaScore Brazil. Por conta de sua atuação na partida contra a equipe catarinense, Renê conquistou a nota de 7,3. O técnico Jorge Jesus precisou acionar Renê para a posição de lateral-esquerdo após Filipe Luís ter lesionado o ligamento colateral lateral do joelho esquerdo na partida contra o Grêmio no dia 02 de outubro.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O Flamengo segue na liderança do Campeonato Brasileiro com 52 pontos. Após o empate do Palmeiras com o Atlético Mineiro, por 1 a 1, a equipe alviverde ficou ainda mais distante do Fla: agora a diferença é de cinco pontos, dois a mais do que no início da rodada. Após o confronto contra a Chapecó, o Mais Querido se prepara para enfrentar o Atlético Mineiro, nesta quinta-feira (10), às 20h, horário de Brasília, pela 24ª rodada do torneio de pontos corridos, no Maracanã, Rio de Janeiro.

Por: Coluna do Fla

Técnico da Chapecoense critica uso do VAR em gol do Flamengo

Flamengo e Chapecoense viveram um duelo de extremos nesta 23ª rodada. De um lado, o líder isolado do Campeonato Brasileiro. Do outro, o lanterna com 15 pontos. O único gol da partida saiu da cabeça de Bruno Henrique e gerou polêmica – o VAR, porém, não localizou impedimento no lance. A decisão do arbitro de vídeo incomodou Marquinhos Santos, técnico da equipe catarinense.

– O VAR ainda é complicado. Quem controla hoje não é mais o árbitro de campo. Não temos a conversação da salinha. Pela foto que vi me pareceu impedido. O VAR veio para agregar, mas tem que ser revisto. A aplicação está errada. Na Inglaterra foram dois anos até implantar. Aqui (no Brasil) ainda etá aberto a interpretações. Serve para uns, mas não serve para outros. Tinha que ser como no vôlei ou tênis, que o treinador ou capitão possa pedir a revisão. Desafio mesmo -, apontou.

O lance do gol foi analisado pelo árbitro de vídeo, porém sem a checagem do juiz de campo. De acordo com a decisão, o zagueiro Douglas, da Chapecoense, deu condições para Bruno Henrique concluir o cruzamento de Vitinho. Apesar do placar mínimo, o Flamengo foi intenso e dominador, principalmente durante os 45 minutos iniciais.

FOTO: MÁRCIO CUNHA/CHAPECOENSE

Marquinhos Santos segue em busca de sua primeira vitória no comando da Chape. O treinador mostrou irritação com a postura do time ao ignorar seus comandos.

– Não executamos o que treinamos. Colocamos o Kayzer e o Régis para a linha defensiva do Flamengo correr para trás. E não fizemos isso. Foi apenas uma vez no primeiro tempo. Essa era minha estratégia. Fiquei irritado, pois não foi colocado em prática isso. No intervalo eu fiz a troca, e o time voltou a crescer, ter volume de jogo. Tivemos muitas dificuldades na saída de bola -, analisou.

A vitória sobre o lanterna deu ao Flamengo um recorde histórico: são 52 pontos em 23 rodadas, o maior número da era dos pontos corridos (desde 2003). O ataque com mais de 100 gols na temporada, retorna aos gramados para receber o Atlético-MG no Maracanã, Rio de Janeiro.

Por: Coluna do Fla

Mister responde técnico da Chapecoense e nega soberba do Flamengo: “Isso não existe aqui”

Apesar das baixas e da queda de rendimento no segundo tempo, o Flamengo provou seu favoritismo e venceu a Chapecoense, lanterna do Campeonato Brasileiro. A vitória pelo placar mínimo garantiu a permanência, com vantagem, do clube carioca na liderança. Vista como a ‘zebra’ no duelo entre os extremos da tabela, a situação foi apontada como ‘soberba’ do adversário pelo técnico Marquinhos Santos. Após o jogo, Jorge Jesus negou menosprezo e mostrou respeito a história da equipe catarinense.

– O técnico deles falou em soberba do Flamengo. Isso não existe aqui. Nenhum jogador, e nem o treinador, falou que venceria a Chapecoense. Temos respeito por todos os adversários. Principalmente com a Chapecoense, que tem uma história que todos conhecem -, disse o técnico.

Vitinho, Reinier e Renê foram os escolhidos por Jorge Jesus para iniciar a partida entre os titulares. Logo de cara, a opção mostrou resultado e a assistência para o gol de Bruno Henrique foi do camisa 11.

Líder isolado, o Flamengo retorna ao Rio de Janeiro nesta tarde (06), com um saldo positivo em jogos no Sul – um empate e uma vitória. O próximo desafio no Brasileirão será contra o Atlético-MG, na próxima quinta-feira, no Maracanã.

Por: Coluna do Fla

Rodrigo Caio revela motivo de ‘bronca’ de Jesus após vitória sobre a Chapecoense

O Flamengo encarou a Chapecoense na manhã deste domingo (06) e, mesmo repleto de desfalques, conseguiu vencer na Arena Condá, pelo placar de 1 a 0. Com o triunfo, o Rubro-Negro chegou a 52 pontos e garantiu a liderança isolada por ao menos mais uma rodada. Apesar do triunfo, o técnico Jorge Jesus se dirigiu a alguns jogares em tom de cobrança, ainda no gramado. O zagueiro Rodrigo Caio, que foi um dos que recebeu ‘puxão de orelha’, revelou o motivo.

– Foi um lance que ele me falou para jogar no Bruno, e eu acabei recuando para o Diego (Alves). Ele falou que é um risco recuar pro goleiro quando estamos muito perto da linha. Nós tivemos um pouco de dificuldade, mas é normal. O time da Chapecoense veio pra cima. Tivemos as melhores oportunidades para matar o jogo, faltou um pouco de capricho. Mas fizemos uma excelente partida, conseguimos impor o nosso ritmo. Mérito total da equipe -, explicou o defensor.

Com a vitória sobre a Chapecoense, o Flamengo abriu seis pontos de folga na ponta do Brasileirão. No entanto, a vantagem pode diminuir antes do fim da rodada, uma vez que o Palmeiras – segundo colocado – ainda entra em campo. A equipe alviverde recebe o Atlético-MG no Allianz Parque, às 16h. Porém, mesmo que vença, seguirá longe do Fla na tabela.

Por: Coluna do Fla

Jesus destaca predominância sobre a Chapecoense: “Ofensivamente não criou muita possibilidade de gol”

O domingo (6) começou cedo para a Nação. Jogando às 11h, o Flamengo venceu a Chapecoense e garantiu a liderança do Brasileirão por mais duas rodadas. O Mais Querido teve amplo domínio, mas viu a intensidade diminuir no segundo tempo.

O treinador do Flamengo, Jorge Jesus, analisou o cenário. Na entrevista coletiva após o apito final, o Mister elogiou a vitória e julgou a queda de rendimento como “normal”.

FOTO: JOÃO PEDRO GRANETTE/COLUNA DO FLA

– Chapecoense ofensivamente não criou muita possibilidade de gol e seguiu sendo controlada. Podíamos ter partido para a segunda parte com uma vantagem maior, pela nossa primeira parte. Mas a equipe mostrou cansaço no segundo tempo, o que é normal. O jogo contra o Grêmio foi desgastante emocionalmente também. O resultado podia ser maior, mas também mostra que conseguimos. Parabéns aos jogadores do Flamengo e a equipe da Chapecoense -, afirmou.

O Flamengo chegou aos 52 pontos e segue na liderança do Brasileirão. O Mais Querido pode abrir seis pontos de vantagem caso o Atlético Mineiro vença o Palmeiras no complemento da 23ª rodada, às 16h deste domingo (6).

Por: Coluna do Fla

Flamengo vence a Chapecoense e segue soberano na liderança do Brasileirão

O Flamengo foi a campo na manhã deste domingo (06) e venceu mais uma no Campeonato Brasileiro. A vítima da vez foi a Chapecoense, lanterna da competição. Com muita intensidade no começo, o Rubro-Negro saiu com a vitória por apenas 1 a 0, mesmo tendo mais chances para ampliar o placar.

Com o resultado, o clube da Gávea permanece soberano na liderança do Brasileirão, chegando agora aos 52 pontos, com 46 pontos do vice-líder Palmeiras, que ainda joga na rodada. Os comandados de Jorge Jesus encaram o Atlético-MG na próxima quinta-feira (10), sem contar com Rodrigo Caio e Gabigol, que estarão com a seleção brasileira.

O JOGO

O Flamengo iniciou a partida como já se esperava: apertava a saída de bola da Chapecoense para chegar rapidamente ao gol e controlava totalmente o jogo. Prova disso é que até os 20 minutos o Rubro-Negro já contava com mais de 70% de posse de bola.

A primeira grande chace do Fla surgiu aos 18 minutos, com Bruno Henrique. Em bela troca de passes no meio de campo, o camisa 27 recebeu próximo da entrada da área e arriscou de longe, mas a bola bateu na trave direita.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

O atacante rubro-negro, que hoje atuava na vaga de Gabigol, suspenso, teve a sua segunda grande chance aos 34 e não desperdiçou. Vitinho levantou para a área, e Bruno Henrique apareceu livre para desviar de cabeça e matar qualquer possibilidade de defesa do goleiro Tiepo.

O Flamengo diminuiu mais a intensidade na etapa complementar, e o jogo acabou ficando mais aberto. Dessa forma, a Chapecoense tentava aproveitar para igualar o placar. Logo aos oito minutos, Régis avançou pelo lado direito, invadiu a área e bateu forte de esquerda, mas a bola saiu por cima da meta defendida por Diego Alves.

Pressionando menos e tentando controlar mais a partida, o clube da Gávea teve mais uma boa chance para ampliar a vantagem. Aos 33, Rafinha fez o cruzamento na direita, e Pablo Marí subiu pelo alto e cabeceou na trave do goleiro Tiepo. A partida manteve-se com um placar magro, e o Fla saiu com mais uma vitória no Brasileirão.

Por: Coluna do Fla

Treinador da Chapecoense pede ‘concentração ao extremo’ contra o Flamengo

Vivendo grande fase na temporada e vindo de uma boa sequência no Campeonato Brasileiro, o Flamengo visita a Chapecoense na manhã deste domingo (06), na Arena Condá. Na liderança da competição, a equipe de Jorge Jesus vai buscar manter o nível de atuação das últimas partidas para conquistar mais três pontos na Série A.

Em uma situação completamente diferente da que vive o Flamengo, a Chapecoense não vence a sete jogos e está na última posição. O técnico Marquinhos Santos falou sobre o confronto e pediu atenção extrema no duelo válido pela 23ª rodada.

– O momento do Flamengo é excelente. Joga com intensidade de nível europeu, mas tem brecha que podemos explorar. Nível de concentração ao extremo e erro zero para vencermos –, disse. O treinador ainda completou projetando a primeira vitória sob o comando da equipe.

FOTO: MÁRCIO CUNHA/CHAPECOENSE

– Estou ansioso para alcançar minha primeira pela Chapecoense. O clube já vem de sete jogos sem vencer e temos que acabar com isso. Nesses jogos, como o de domingo diante do Flamengo, a surpresa aparece. A soberba precede o fracasso.

O comandante pregou respeito ao Flamengo por diversos fatores, mas ressaltou a necessidade de vencer em casa para seguir brigando contra o rebaixamento.

– (A vitória) É o que buscamos, principalmente em casa. O futebol é bom por isso. Talvez no basquete ou no vôlei o maior time ou o de melhor rendimento estaria na frente, mas no futebol não é assim. Vamos usar todas nossas armas, respeitando o Flamengo pelo peso de camisa, qualidade de time e os números, como melhor ataque do Brasil, mas temos que nos entregar e buscar resultados.

Por: Coluna do Fla

Torcida do Flamengo esgota ingressos para jogo contra Chapecoense, na Arena Condá

Não há mais ingressos para a torcida do Flamengo na partida contra a Chapecoense, domingo (06), às 11h (horário de Brasília), pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena Condá. De acordo com o clube alviverde, todas as entradas colocadas à venda encontram-se esgotadas, pela segunda vez em dois dias.

Isso porque, na última quinta-feira (03), os torcedores do Flamengo já haviam esgotado todos os ingressos disponibilizados para eles. Foram, até aquele dia, cerca de 3.400 bilhetes vendidos. Com isso, a Chape divulgou, nesta sexta (04), que mais 1.300 tíquetes foram colocados à venda. Ao todo, os 4.700 ingressos para a torcida rubro-negra foram comercializados.

FOTO: DIVULGAÇÃO

Vale lembrar,  que em agosto, a Chapecoense avaliou a venda do mando de campo contra Flamengo. A definição iria acontecer em uma reunião ordinária do Conselho Deliberativo. No entanto, a ideia de levar a partida para outro estado e arrecadar mais dinheiro foi vetada, mesmo com o clube catarinense passando por uma séria dificuldade financeira.

A torcida do Flamengo vai ocupar dois setores da Arena Condá: a Ala Sul e a Ala Leste. O feito alcançado pela torcida rubro-negra é algo inédito na história do estádio da Chapecoense. A equipe catarinense ocupa a última posição na tabela de classificação, com apenas 15 pontos conquistados, enquanto o Fla é o líder do Campeonato Brasileiro, com 49.

Por: Coluna do Fla

Técnico da Chapecoense se impressiona com estilo de jogo apresentado pelo Flamengo

Embalado e sem saber o que é perder no Campeonato Brasileiro há nove jogos, o Flamengo visita a Chapecoense na manhã deste domingo (06) e vai buscar mais três pontos para seguir firme na liderança da competição. Marquinhos Santos, técnico da equipe catarinense, elogiou o estilo de jogo apresentado pelo Rubro-Negro contra o Grêmio.

– Estava pensando em pedir uma liberação para jogar com 20 titulares (risos). A movimentação dos caras é algo impressionante e mostraram isso contra o Grêmio. Impressionou e chamou atenção –, disse o treinador.

FOTO: MÁRCIO CUNHA/CHAPECOENSE

A Chapecoense está na última colocação do Campeonato Brasileiro e sabe da dificuldade que terá enfrentando o Flamengo. Mesmo atuando em casa, Marquinhos Santos afirmou que se conquistar um ponto neste domingo, já será como uma vitória para o clube catarinense.

– Temos que fazer um jogo perto da perfeição para conquistar a vitória. Um ponto contra eles já consideramos como vitória. Três pontos é conquista de campeonato contra o Flamengo. Temos que encarar dessa forma mesmo jogando em casa. Encaramos de uma maneira maior com nível de concentração muito mais alto em relação aos outros jogos.

Por: Coluna do Fla

Flamengo finaliza preparação neste sábado para encarar a Chapecoense

O Flamengo empatou em 1 a 1 com o Grêmio, na última quarta-feira (02), pela ida da semifinal da Copa Conmebol Libertadores. Porém, o Rubro-Negro já deixou para trás o duelo com o Tricolor, pois já está focado no confronto deste domingo (06), contra a Chapecoense.

O treinador Jorge Jesus que comanda a atividade deste sábado (05), e ele não poderá contar com três jogadores: Filipe Luís e Arrascaeta, ambos lesionados, e Gabigol, que, assim como os outros dois, retornou ao Rio de Janeiro. O atacante está suspenso e é desfalque do Fla para o duelo.

Gabriel Barbosa deve se apresentar à seleção brasileira na segunda-feira (07). Rodrigo Caio, que deve ser titular no confronto deste domingo (06), também foi convocado. A dupla desfalca o Rubro-Negro nos duelos contra o Atlético-MG e Athletico-PR, mas também podem ser desfalques contra o Fortaleza, caso não cheguem a tempo.

A partida entre Flamengo e Chapecoense está marcada para ter início às 11h (horário de Brasília), na Arena Condá. O confronto é válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro é o líder da competição, com 49 pontos conquistados, enquanto a Chape está na última posição, com apenas 15.

Por: Coluna do Fla

Jogador reconhece força do Flamengo, mas revela ‘chave’ para superar o Rubro-Negro

O Flamengo encarou o Grêmio na última quarta-feira (02), em partida válida pela ida da semifinal da Libertadores, e empatou por 1 a 1. Agora, o Rubro-Negro vira a chave para encarar a Chapecoense, na 23ª rodada do Brasileirão. O duelo será de extremos opostos, uma vez que o Fla é líder, e a equipe catarinense ocupa a lanterna. Ainda assim, o zagueiro Douglas, do time de Chapecó, acredita que é possível bater o Mais Querido.

– Nossa equipe vai ter que ser cirúrgica. O Flamengo vai dar poucas oportunidades, está com a defesa bem sólida. Não podemos desperdiçar as chances. Defensivamente, não podemos cometer erros. Os erros estão sendo cruciais para nossa equipe. Se diminuir nossos erros e concluir as chances, a possibilidade de vitória é grande.

FOTO: EDUARDO FLORÃO

Apesar de apontar a possibilidade de vitória para a Chapecoense, Douglas demonstrou grande respeito pelo Fla. Inclusive, o atleta minimizou o peso dos desfalques do Rubro-Negro, que não contará com Gabigol, Filipe Luís e De Arrascaeta.

– O Flamengo tem um elenco recheado de ótimos jogadores que poderiam jogar em qualquer clube do Brasil e do mundo. Independente de quem vir, temos que tomar todos os cuidados. A forma de jogo deles não vai mudar. É uma equipe muito ofensiva.

Com 49 pontos, o Flamengo entra na Arena Condá para defender a vantagem de três pontos que tem na liderança do Brasileirão. A Chapecoense, por sua vez, tem apenas 15 pontos. Apesar do amplo favoritismo carioca, o duelo só começa a ser decidido quando a bola rolar, o que acontece a partir das 11h do domingo (06).

Por: Coluna do Fla

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod