Tag: Diego Ribas

Diego revela “pegadinha” em treino que complicou a vida de Fernandinho

Um dos jogadores mais experientes do elenco do Flamengo, o meia Diego está de volta ao Ninho do Urubu, depois de 40 dias, para dar prosseguimento ao processo de recuperação, após lesão no tornozelo esquerdo que precisou de cirurgia. Capitão da equipe e referência no plantel, o atleta revelou, em entrevista ao canal “Pilhado”, no YouTube, bastidores de momentos de descontração com antigos companheiros do Mais Querido:

– Uma vez, no Flamengo, o Fernandinho e o Alan Patrick esconderam alguma coisa minha e não devolveram. Não sei se foi meu chinelo ou meu tênis. Provocaram e eu falei: “Para de graça!” E eles rindo… Deixei passar uma semana, cheguei no Deni, massagista símbolo do clube e disse: “Quero aquela pomada que (quando) passa, pega fogo na pele do cara, me dá o tubo!” Os caras saíram para o treino, eu catei a cueca deles e lambuzei pomada nas duas – narrou, às gargalhadas, antes de proseguir:

– Acabou o treino, o Alan Patrick sentiu o cheiro, porque essa pomada os jogadores já conhecem. Ele pegou a cueca e jogou fora. O Fernandinho ia buscar a mulher, botou a cueca e saiu fora! Deu dez minutos ele me liga: “Ô cabeção, tá queimando tudo! Foi você, né? Não estou aguentando, vou ter que parar em um posto.” Aí eu falei: o objetivo era esse mesmo!

Diego foi a segunda contratação de impacto do clube, ocorrida no segundo semestre de 2016, em meio a recuperação financeira e administrativa promovida durante a gestão de Eduardo Bandeira de Melo. O camisa 10 tem 153 partidas disputadas pelo Flamengo e marcou 38 gols.

ASSISTA NA ÍNTEGRA:

Por: Coluna do Fla

Diego diz que seguiu o coração ao recusar o Orlando: “Não consigo me imaginar fora do Flamengo”

Diego passou por altos e baixos com a camisa do Flamengo desde a sua chegada, na segunda metade de 2016. A falta de títulos importantes com o clube impulsionou as cobranças, mas o meia não pensou em uma mudança de equipe. Em entrevista concedida ao canal “Pilhado“, no Youtube, o camisa 10 contou sobre esse assunto e até mesmo uma recusa pelo Orlando City, dos Estados Unidos, antes do início da temporada.

– São as atitudes que falam. Aquela situação do (Orlando) City existiu, mas realmente veio confirmar o que eu sentia no meu coração. Isso é o que me move, me dá alegria. Eu quero mais, é isso que me faz treinar e melhorar cada vez mais meu auto controle emocional. Aqui no Flamengo eu encontrei tudo isso. Aquela situação me fez refletir muito, passou um filme de tudo o que eu vivi e tudo que eu poderia viver, decidi que não consigo me imaginar fora do Flamengo -, revelou.

Diego Ribas já contabiliza mais de 150 jogos com a camisa do Flamengo e tem 18 gols marcados. Nesta temporada, acumulou 32 aparições antes de sofrer grave lesão no tornozelo esquerdo, no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, contra o Emelec, disputado no dia 24 de julho. Diante da gravidade e complexa recuperação, o atleta somente deverá retornar aos gramados em 2020.

Por: Coluna do Fla

Após 40 dias longe do Flamengo, Diego Ribas comemora retorno aos trabalhos no CT

Foram 40 dias, desde 24 de julho, quando sofreu a pior lesão da carreira, longe do Flamengo. Mas nesta terça-feira (03), o meia Diego retornou ao ambiente de trabalho, reencontrou os companheiros de elenco no Ninho de Urubu e iniciou mais uma etapa para se recuperar da fratura, seguida de cirurgia, no tornozelo esquerdo, sofrida diante do Emelec, pela Libertadores das América. O camisa 10 fez questão de registrar o momento.

Em seu Facebook, o capitão do time e um dos líderes do plantel, escreveu: “Hoje eu retorno às atividades no clube! Confesso que senti um frio na barriga, como um recomeço deve ser, 40 dias depois da lesão mais grave da minha carreira! Mas, acima de tudo, uma grande alegria por estar novamente no convívio dos meus companheiros e por, também, vencer mais uma etapa neste processo!”  No vídeo, é possível ver que Diego ainda usa uma proteção no tornozelo esquerdo. Bem-humorado, o jogador afirma: “Estamos mais do que de volta!” Confira:

VÍDEO: REPRODUÇÃO

O prazo de recuperação estimado pelo doutor Márcio Tannure, chefe do departamento médico do Flamengo, é de quatro meses, o que dá a Diego esperanças de retornar aos gramados ainda em 2019. No entanto, dada a complexidade da fratura e todo processo de readaptação – fisioterapia, recondicionamento físico, transição para o campo, treinamento com bola e ritmo de jogo – a volta em 2020 também não está descartada.

Por: Coluna do Fla

Diego Ribas retorna aos treinos no Ninho do Urubu após fratura no tornozelo

O meia Diego Ribas está fora de combate desde o dia 24 de julho, quando o Flamengo encarou o Emelec no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, e o camisa 10 sofreu grave lesão no tornozelo esquerdo. Após cirurgia, o atleta realizou tratamento em casa por cerca de um mês e meio, o jogador retornou ao Ninho do Urubu nesta terça-feira (03) para seguir com o tratamento.

Apesar do retorno ao CT e ao ambiente com os companheiros de equipe, Diego terá que manter o foco no trabalho e a motivação para voltar a campo. Isso porque, o processo de recuperação do jogador ainda está em seu período inicial. A expectativa é que o meia retorne apenas no fim da temporada, com a possibilidade, até mesmo, de que a volta aos gramados fique para 2020.

— Foi uma cirurgia complexa, considerava grave, onde ele teve uma fratura de tornozelo. Foi realizada a sutura do ligamento e fixação da fíbula. A previsão da alta é amanhã no fim do dia ou no sábado pela manhã. Esperamos que amanhã a noite ele possa dormir em casa. Nos primeiros 15 dias, vai ficar em casa, não pode pisar ainda. A partir disso, inicia a fisioterapia na casa dele. Como é uma lesão grave e complexa, o prazo de retorno é de, no mínimo, de quatro a cinco meses. Vamos tentar fazer de tudo para acelerar o prazo —, foi o que disse Marcio Tannure, chefe do Departamento Médico do Flamengo, após a cirurgia do atleta.

Por: Coluna do Fla

Diego publica foto com bigode, e filhos reprovam: “Você está muito feio, pai”, “Parece que está com uma taturana”

Se recuperando de uma grave lesão sofrida no tornozelo esquerdo, Diego Ribas resolveu mudar o seu visual e compartilhou o resultado nas redes sociais nesta segunda-feira (02). Antes com a tradicional barba, o meia deixou somente o bigode, mas acabou contando com a reprovação de seus filhos, que não gostaram da ideia.

Em vídeo publicado pelo jogador nas redes sociais, um dos filhos se queixa: “Você está muito feio, pai. Está péssimo“. O outro filho do camisa 10, também presente na resenha, brinca com o estilo do bigode: “Parece que está com uma taturana“.

Confira abaixo o vídeo publicado pelo meia do Flamengo:

Dentro das quatro linhas, o Flamengo somente deverá contar com o retorno de Diego a partir 2020. O jogador já deu início à recuperação para estar o quanto antes à disposição do técnico Jorge Jesus, que, antes da grave lesão, tinha o camisa 10 como titular absoluto no meio de campo. Nesta temporada, o atleta acumulou 32 aparições e balançou as redes em quatro oportunidades.

Por: Coluna do Fla

Diego Ribas revela recusa pelo Orlando City e se afirma: “Não consigo me imaginar fora do Flamengo”

Diego passou por altos e baixos com a camisa do Flamengo desde a sua chegada, na segunda metade de 2016. A falta de títulos importantes com o clube impulsionaram as cobranças, mas o meia não pensou em uma mudança de equipe. Em entrevista concedida ao canal “Pilhado“, no Youtube, o camisa 10 contou sobre esse assunto e até mesmo uma recusa pelo Orlando City, dos Estados Unidos, antes do início da temporada.

– São as atitudes que falam. Aquela situação do (Orlando) City existiu, mas realmente veio confirmar o que eu sentia no meu coração. Isso é o que me move, me dá alegria. Eu quero mais, é isso que me faz treinar e melhorar cada vez mais meu auto controle emocional. Aqui no Flamengo eu encontrei tudo isso. Aquela situação me fez refletir muito, passou um filme de tudo o que eu vivi e tudo que eu poderia viver, decidi que não consigo me imaginar fora do Flamengo -, revelou.

Diego Ribas já contabiliza mais de 150 jogos com a camisa do Flamengo e tem 18 gols marcados. Nesta temporada, acumulou 32 aparições antes de sofrer grave lesão no tornozelo esquerdo, no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, contra o Emelec, disputado no dia 24 de julho. Diante da gravidade e complexa recuperação, o atleta somente deverá retornar aos gramados em 2020.

ASSISTA À ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

Por: Coluna do Fla

Diego Ribas enaltece Maracanã e torcida do Flamengo: “Essa camisa tem vida e é um privilégio”

O Flamengo de Jorge Jesus vence e convence em campo, mesmo sem poder contar com seu capitão e um dos principais jogadores do elenco. Diego Ribas, em recuperação após fratura e cirurgia no tornozelo, tem prazo de recuperação estimado para quatro meses, o que coloca em dúvida sua presença nos gramados ainda em 2019. Fora da rotina diária da vida de jogador de futebol ,o camisa 10 da Gávea analisou a pressão do que é representar o Rubro-Negro e os dois lados dessa moeda:

– O que você vive no Flamengo é em uma proporção muito maior do que em outros clubes, especialmente agora. Mas é para o bom e para o ruim. Como você disse, para o bom também. É um privilégio entrar naquele estádio, ver os torcedores, essa camisa tem vida e é um privilégio. Por outro lado, você vai ser muito cobrado. O Flamengo é cobrado também de uma forma diferente dos outros. Faz parte de todo esse desafio. Nós queremos vencer, queremos que o clube cresça cada vez mais e vamos por esse caminho. Muitas coisas boas estão acontecendo e tem unido time e torcida, olha que média impressionante de torcedores -, descreveu em entrevista ao canal “Pilhado”, no YouTube.

– Toda essa cobrança por esse título, essa obsessão para conquistar, faz com que aconteça situações que não são naturais. Por isso que eu falo que hoje somos privilegiados, por poder vestir essa camisa e jogar em um clube com essa infraestrutura. Por outro lado, temos que estar preparados psicologicamente para enfrentar toda essa situação. Aqueles que resistiram e estão aqui, devem ser valorizados e respeitados demais. Temos alguns jogadores lá com três, quatro anos de casa, já foram aplaudidos, vaiados e estão lá vestindo a camisa. Óbvio sem tirar o valor dos que estão chegando, pois cada um tem o seu momento. Esse elenco merece respeito por isso -, definiu.

ASSISTA AO VÍDEO NA ÍNTEGRA:

Por: Coluna do Fla

Diego Ribas descreve torcida do Flamengo como “desafiadora”, mas descarta desânimo ou temor pelo Rubro-negro

A Nação prova até para os mais descreditados que a Maior Torcida do Mundo Faz A Diferença. Os cinco maiores públicos do Campeonato Brasileiro pertencem a torcida do Flamengo, seja em Brasília ou no Rio de Janeiro – o recorde é no clássico dos milhões, no Mané Garrincha. O reconhecimento vem das arquibancadas, da mídia, do campo e do departamento médico. Lesionado, o craque Diego Ribas descreveu essa paixão flamenguista.

– Ela (a torcida do Flamengo) é pura emoção e única. Única. A palavra emoção representa bem. O Flamengo é amor, é emoção e é viver aquilo intensamente -, disse ele em entrevista ao canal Pilhado, do jornalista Thiago Asmar. O meia aproveitou ainda o papo descontraído para falar sobre sobre sua rápida identificação com o clube.

– Foi crescendo. Já existia uma identificação espontânea, isso é fato. O que me atraiu no Flamengo, sempre deixei claro, né? Foi a grandeza, a torcida, o ambiente e o desafio. Quando cheguei aqui, vi que era tudo ainda melhor do que eu esperava. Mas é extremamente desafiador e é o que mantém motivado. Não vou dizer que é fácil, é algo que você não tem controle, é extremamente exigente. Eu gosto disso. Em alguns momentos é bem puxado, mas vale a pena. Eu sinto isso constantemente e vem o reconhecimento, tudo isso faz com que eu me sinta completo. Nenhum clube neste momento pode me proporcionar o que o Flamengo proporciona -, afirmou.

E, de fato, a torcida do Mais Querido tem mostrado que é a maior e melhor do Brasil na atual temporada. A média de púbico do Flamengo impressiona: 49.008 pagantes por jogo. O Corinthians, segundo colocado no ranking, tem a média de apenas 34.237 – diferença de 14.771 torcedores.


Confira o G4 do ranking de equipes da série A

1º – Flamengo: 49.008 pagantes 2º – Corinthians: 34.237 pagantes 3º – Palmeiras: 30.718 pagantes 4º – São Paulo: 28.953 pagantes


Na Copa Libertadores, o número impressiona ainda mais: são 60.514 média de pagantes por jogo. Os cinco maiores públicos da competição pertencem ao Mais Querido – o recorde é contra o Peñarol, no Maracanã, com 61.576 presentes no estádio.

Foi justamente na Copa Libertadores que o camisa 10 da Gávea sofreu a lesão que o afastou dos gramados desde julho. O meia fraturou o tornozelo esquerdo, diante do Emelec. O prazo de retorno é de aproximadamente quatro meses.

Assista ao vídeo na íntegra

Por: Coluna do Fla

Conheça o sósia do Diego Ribas

O Flamengo é dono da maior torcida do Brasil, e também da mais irreverente. Ao longo dos anos, diversas “figurinhas carimbadas” se tornaram frequentes no Maracanã. Em 2019, outros personagens surgiram nas arquibancadas, como o sósia do meia Diego Ribas. Acompanhando o Fla no estádio de forma assídua desde o retorno após a Copa América, Felipe Pisom garante ter o camisa 10 rubro-negro como um grande ídolo, e isso o motiva para a brincadeira. Inclusive, em vídeo posta do Instagram, o jogador já mostrou que está de olho no sósia.

CONFIRA O VÍDEO:

 
Ver essa foto no Instagram
 

NAÇÃORUBRO NEGRA Agradeço ao nosso maestro MINHA PAIXÃO É FUTEBOL DESCANSA MAESTRO @diegoribas10 .. QUE PAPAI DO CÉU TE RECUPERE . . . ⚽️⚽️ @gabigoldatorcida . @prilaga #crflamengo #eusouflamengo #flamengoatémorrer #flamengoeusou #sempreflamengo #euteamoflamengo #praiadoflamengo #flamengomeuamor #flamengo #flamengooficial #prilaga #vaiflamengo #umavezflamengo #forçaflamengo #flamengoéflamengo #vamosflamengovamossercampeão #flamengoo #boloflamengo #umavezflamengosempreflamengo #flamengo1895 #issoaquiéflamengo #flamengoatemorrer #clubederegatasdoflamengo #vamosflamengo #flamengosempre #aterrodoflamengo @flamengo100juizo @flamengo @2n_flamenguiista @flaofficial_m @flamengo_jogos @mengao_news @mengo_mil_gr4u @mengollove @fla.mengaoo @flameuviver @nacaoflaa @mengao.melhor @fla.torcida @_flamenguistadoente @fla_mengo81 @mengo_mil_grauzao @diegoribas_fc_ @diego_ribas_fa_clube @diego_ribaas_10 @_diegoribasfan @mengobrasilia @urubu_play @urubu.mengo @_urubuzueiro @urubunacaorn @urubuinterativo @urubu_da_massa @urubudanacao @flanaticos_f.c @urubuneto @nacaourubu81 @urubumidiaj

Uma publicação compartilhada por Diego Ribas Sósia (@diegososia) em

APOIO AO ÍDOLO E CARINHO DA TORCIDA

– Tudo que faço é em homenagem ao meu ídolo. Essa representação representa como está o Diego hoje. Mesmo que não esteja machucado, estou mancando e debilitado como ele está. Um amigo me emprestou tudo e apoiou minha iniciativa –, contou ele, em entrevista à Rádio Tupi.

Antes disso, ele disse também que a ideia de imitar o Diego Ribas tem caído nas graças da galera, até mesmo fora do Maracanã: “Quando peguei o metrô estava com a camisa do Flamengo e as pessoas vieram pra cima de mim querendo foto. Todo mundo passa e acha que sou idêntico ao Diego”.

Em meio a todas as manifestações de carinho e apoio à ideia, Felipe espera poder interagir ainda mais com os rubro-negros. Sua próxima meta, além de seguir frequentando a todas as partidas do Flamengo no Rio de Janeiro, é participar de jogos beneficentes, acreditando que possa contribuir com os eventos e usar seu hobbie para ajudar outras pessoas.

Nesta quarta-feira (28), Felipe não estará no Beira-Rio para o jogo entre Flamengo e Internacional, que define um semifinalista da Libertadores. No entanto, é certo que, assim como milhares de rubro-negros, o sósia estará vidrado na partida e torcendo para a classificação do Mais Querido. No primeiro jogo, Felipe foi “pé quente”, e o Mengão venceu por 2 a 0, tendo agora a vantagem confortável para decidir fora de casa.

Por: Coluna do Fla

Diego Ribas revela visita ao Ninho antes de jogo contra o Emelec: “Precisava abraçar meus companheiros”

O Flamengo entra em campo nesta quarta-feira (21), diante do Internacional, em partida válida pelo primeiro jogo das quartas de final da Copa Conmebol Libertadores. Na fase anterior, nas oitavas, o Rubro-Negro saiu derrotado no primeiro jogo, no Equador, por 2 a 0, contra o Emelec. Camisa 10 do time, Diego Ribas saiu lesionado e deve retornar aos gramados apenas em 2020. Porém, no segundo e decisivo confronto diante dos equatorianos, ele se fez presente.

Diego Ribas fraturou o tornozelo esquerdo e passou por cirurgia. Uma das regras que os médicos do Flamengo passaram ao meia, é que ficasse em repouso completo na sua residência, não podendo sair da mesma. O camisa 10, no entanto, não se conteve. Ele revelou, em entrevista à FlaTV, canal oficial do clube no Youtube, que pediu ao Dr. Márcio Tannure, chefe do departamento médico do Rubro-Negro, que fosse dar apoio aos companheiros de equipe antes do duelo diante do Emelec. Tannure montou uma logística e levou o atleta ao Centro de Treinamento do Ninho do Urubu.

FOTO: DIVULGAÇÃO

— Foi a única forma que encontrei de estar junto com a equipe. Eu conversei com o doutor Tannure e disse para conseguirmos dar um jeito, pois eu precisava dar um abraço nos meus companheiros. A partir desse momento, eles montaram toda uma logística para dar tudo certo e não atrapalhar. Isso foi importante para mim. Eu acredito que para eles também tenha sido -, contou o meia.

A partida contra o Emelec, no Maracanã lotado, foi bastante emocionante. O Flamengo devolveu os 2 a 0 e levou a disputa para os pênaltis. Diego Alves brilhou, e o Rubro-Negro se classificou às quartas de final. O adversário agora é o Internacional. O primeiro duelo acontece nesta quarta-feira (21), no estádio Jornalista Mário Filho, às 21h30 (horário de Brasília), e o segundo no dia 28 (quarta que vem), no Beira Rio, em Porto Alegre.

Por: Coluna do Fla

Diego Ribas exalta torcida do Flamengo: “Nunca fui abandonado”

Diego ainda não pode andar normalmente e mantém uma rotina de repouso, cheia de cuidados após a grave lesão sofrida contra o Emelec, pelas oitavas de final da Libertadores, em 24 de julho. A presença de profissionais do departamento médico do Flamengo em sua casa, para acompanhar a evolução da cirurgia do tornozelo esquerdo quebrado, faz parte do dia a dia da recuperação. Em entrevista à FLA TV, o meia revelou o sofrimento à frente da televisão ao acompanhar os jogos:

– Ficar fora não é fácil. A gente passa a entender mais o que o torcedor vive. É um nervosismo lascado (risos). Não consigo (reclamar dos jogadores), porque sei que ali dentro não é fácil. Mas agora entendo melhor o nervosismo e a decepção quando as coisas não acontecem. Assistindo aos jogos, dá vontade de sair correndo (risos). Mas é um período novo para mim, é a lesão mais grave da minha carreira, nunca fiquei parado por tanto tempo, com repouso total, e eu sou muito ativo. Mas, felizmente, tem dado tudo certo. Tenho aproveitado para ler bastante, refletir, fazer cursos online… Tem sido positivo.

Apesar de paciente, o camisa 10 demonstra a ansiedade natural de quem nunca ficou tanto tempo parado por contusão. Acompanhado da mulher e dos filhos, durante a entrevista, Diego elencou as motivações para voltar a jogar, talvez ainda em 2019:

– Tenho recebido ex-companheiros, como Juan e Júlio César, e os do atual elenco. Ontem (semana passada) mesmo eu fui a um almoço do grupo. Isso está sendo muito importante na minha recuperação. Os jogadores têm sido muito parceiros e estão me ajudando. Me emocionei com aquela homenagem após a classificação contra o Emelec. Estou com muita saudade, sou feliz com meus familiares aqui (em casa), mas sou ainda mais podendo ir ao CT, treinar e jogar. É uma motivação… Em breve estarei lá.

Com prazo inicial mínimo para retornar aos gramados de quatro meses, de acordo com avaliação inicial do doutor Márcio Tannure, chefe do departamento médico do Flamengo, Diego não deixou de enaltecer a torcida rubro-negra e agradecer ao apoio da Nação:

– Aproveito para, mais uma vez, agradecer. Já fui muito elogiado, criticado, mas nunca abandonado pela torcida. É uma realidade, é algo que eu sinto e agradeço do fundo do meu coração. Nós, profissionais, trabalhamos duro para atender às expectativas, mesmo que às vezes não seja possível. A torcida tem dado um show com esse apoio.

CONFIRA NA ÍNTEGRA: 

Por: Coluna do Fla

Flamengo tem pedido negado pela Conmebol para suspensão do equatoriano que lesionou Diego Ribas

A Conmebol negou nesta quarta-feira (31) o pedido do Flamengo para a suspensão de Dixon Arroyo, do Emelec (EQU), após o jogador ter provocado a lesão de Diego Ribas, na partida disputada pelas duas equipes em Guayaquil, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores da América.

No lance, o atleta equatoriano chegou por trás e fez falta dura, resultando na fratura do tornozelo esquerdo de Diego, e sequer recebeu punição com cartão amarelo pelo árbitro argentino Fernando Rapallini. Ao GloboEsporte.com, Arroyo revelou que o camisa 10 rubro-negro aceitou o pedido de desculpas.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

– Sobre a mensagem, falei particularmente com o Diego, é um jogador muito maduro, com muita experiência. Ele soube aceitar as minhas desculpas. Nós conversamos, e isso me deu mais tranquilidade –, disse Dixon Arroyo.

Por: Coluna do Fla

Jogadores do Flamengo homenageiam Diego após classificação

O Flamengo venceu o Emelec por 4 a 2 nas penalidades máximas e garantiu a classificação para a próxima fase da Copa Libertadores, nessa quarta-feira (31), no Maracanã. Apesar dos desfalques na equipe, o time Rubro-Negro impôs um ritmo de jogo ofensivo e conseguiu balançar as redes adversárias duas vezes com Gabigol ainda no primeiro tempo. Com um grande desempenho apresentado nas cobranças de pênaltis, o Mais Querido venceu o Emelec. Entre muitas comemorações, os jogadores também homenagearam o camisa 10 do Flamengo.

Após a comemoração com a torcida, os atletas do Flamengo se reuniram no centro do campo, e Everton Ribeiro estendeu uma camisa com o nome e número que Diego Ribas utiliza. O meia do time Rubro-Negro sofreu uma fratura no tornozelo esquerdo em uma entrada de Arroyo, da equipe equatoriana, na primeira partida das oitavas de final, no Equador. O jogador precisou operar e deverá ficar entre quatro e cinco meses longe dos gramados.

Após a vitória e classificação para as quartas de final da Copa Libertadores, o Flamengo volta aos treinamentos nesta sexta-feira (02), em preparação para a partida contra o Bahia, que acontecerá neste domingo (04), às 16h, horário de Brasília. O time Rubro-Negro ocupa a terceira posição na tabela com 24 pontos, e está atrás do segundo colocado Palmeiras, que acumula 27 pontos, e do líder Santos, que possui 29 ao total. O próximo adversário do Mais Querido na Copa Libertadores será o Internacional.

Internautas lançam campanha “#ForçaDiego” em redes sociais após cirurgia do meia

O Flamengo encarou o Emelec na última quarta-feira (24) e, não bastasse a derrota por 2 a 0, o Rubro-Negro ainda teve que retornar ao Brasil com baixa do meia Diego Ribas na bagagem. Com fratura e lesão ligamentar no tornozelo direito, o camisa 10 foi operado na última quinta (25) e recebeu mensagens de apoio de torcedores do Fla.

Com tempo estimado de quatro meses longe dos gramados, Diego dificilmente voltará a entrar em campo com a camisa do Flamengo no ano de 2019. Sabendo disso, rubro-negros se uniram na “#ForçaDiego”. A expressão chegou a aparecer entre os assuntos mais comentados do Twitter.

CONFIRA PUBLICAÇÕES: Por: Coluna do Fla

Diego Ribas recebe alta e inicia recuperação da lesão em casa

O meia Diego, operado na última quinta-feira (25), em decorrência de fratura no tornozelo, ocorrida na partida de quarta-feira (24), contra o Emelec, no Equador, pela Libertadores, recebeu alta nesta sexta-feira (26) e já está em casa, onde iniciará sua recuperação, prevista para pelo menos quatro meses. Em boletim médico, o chefe do departamento médico do clube, Doutor Márcio Tannure, afirmou:

– O atleta Diego teve alta hoje do Hospital Samaritano, na Barra, e ele encontra-se bem,está indo para sua casa. Pelo menos nos próximos 20 dias ele vai permanecer em sua residência, porque não pode colocar carga, ou seja, não pode colocar o pé no chão e nós, médicos do clube, estaremos sempre avaliando e informando semanalmente. Mas ele está bem, a cirurgia correu bem, ele está sem dor e sem queixas no momento.

Diego sofreu entrada dura de Arroyo, meio campo do Emelec, no segundo tempo da partida, quando o Flamengo tinha superioridade numérica em campo, com 11 jogadores contra 10. O jogador saiu de maca e foi levado direto para o hospital, onde recebeu os primeiros atendimentos, antes de retornar ao Brasil para realizar a cirurgia.

Por: Coluna do Fla

Flamengo encaminha à CONMEBOL pedido de suspensão de equatoriano que lesionou Diego Ribas

O Flamengo formalizou, junto a Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL), pedido de suspensão do jogador Arroyo, meio campo do Emelec, do Equador, autor da falta que originou a grave lesão ao camisa 10 Diego. A informação foi divulgada pela coluna do Ancelmo Gois, de ‘O Globo’. A diretoria do clube montou um ‘dossiê’ com imagens do lance, a fim de comprovar a imprudência e atitude temerária do adversário.

Na jogada, ocorrida no segundo tempo da partida, o árbitro apontou falta mas não deu sequer cartão amarelo ao equatoriano. Além de perder a superioridade numérica em campo de 11 homens contra 10, pois o Emelec teve um jogador expulso, o Flamengo perderá Diego por pelo menos quatro meses, de acordo com o corpo médico do clube, após cirurgia no tornozelo do jogador.

Flamengo e Emelec voltam a medir forças na próxima quarta-feira (31), no Maracanã, para decidir quem passa às quartas de final da competição continental. Para seguir na Libertadores, o Rubro-Negro precisa vencer pela diferença de 3 a 0, ou por três gols de diferença se tiver a defesa vazada durante a partida.

Por: Coluna do Fla

Após operação, Diego Ribas vai às redes sociais para agradecer apoio da torcida do Flamengo

Na última quarta-feira (24) o Flamengo perdeu para o Emelec no jogo de ida das oitavas da Libertadores – e a derrota não foi só no placar. O Mais Querido perdeu um jogador importante para os próximos meses: Diego Ribas sofreu entrada dura, fraturou o tornozelo e sua recuperação tomará, no mínimo, os próximos três meses.

O camisa dez da Gávea passou por operação nesta quinta-feira (25) e deu o primeiro passo no processo de recuperação. Apesar da idade avançada – 34 anos -, Diego não se abateu. Mostrando a força mental que lhe é características, o meia usou suas redes sociais nesta sexta-feira (26) para agradecer pelas mensagens de apoio que recebeu nos últimos dias.

No texto, Diego fala em propósito, diz estar certo do caminho que está tomando e mostra estar encarando a recuperação com força em busca de um recomeço.

Confira o post na íntegra:

 
Ver essa foto no Instagram
 

Muito obrigado por todas as mensagens de ânimo e carinho que tenho recebido, não pela quantidade, pois são milhares, mas pela sinceridade e conteúdo que cada uma delas contém, que bem isso me faz e que certeza me traz de estar cumprindo meu propósito! Confesso que o golpe foi muito forte, por esse momento eu realmente não esperava, mas quem sou eu para querer controlar os obstáculos que surgirão pelo meu caminho, uma coisa, sim, tenho total controle: a maneira como vou encará-lo. Aí sim quem decide sou eu, e nesse ponto, meu amigo, eu estou decidido. Meu lugar é lá dentro, no meio da batalha, dando a vida pelo meus companheiros e por esse clube que eu escolhi amar e respeitar e é lá que eu estarei em breve, podem ter certeza disso! Nada nem ninguém vai me parar, levantarei quantas vezes for necessário nessa vida e nesse momento é assim que estou de pé, com uma mistura de sentimentos que me farão refletir e me tornar ainda mais forte. Uma coisa é certa, o melhor está por vir e minha dedicação, empenho e entusiamo em busca disso são inegociáveis. Obrigado meu Deus por mais esse aprendizado, que seja para honra e Gloria do seu nome! . #Deusébomotempotodo

Uma publicação compartilhada por Diego Ribas da Cunha (@diegoribas10) em

Por: Coluna do Fla

Diego Ribas passará por cirurgia e não joga mais pelo Flamengo em 2019

Além da derrota por 2 a 0 contra o Emelec, o Flamengo perderá Diego por um bom tempo. O camisa 10 deixou o campo sentindo muitas dores e está confirmada a fratura óssea no tornozelo esquerdo.

Em boletim divulgado pelo médico Márcio Tannure, o meia vai passar por uma cirurgia ainda sem data confirmada. Diego fará outros exames assim que a delegação rubro-negra desembarcar no Rio de Janeiro.

“O atleta Diego sofreu uma fratura luxação do tornozelo esquerdo. Com uma fratura óssea e lesão ligamentar, onde o tratamento é cirúrgico dessa fratura, considerada uma fratura complexa. Amanhã, quando chegar de viagem ele vai ser reavaliado no hospital e vai ser realizado outros exames complementares para avaliar a real extensão da lesão. E, aí a gente vai agendar a cirurgia dele o mais breve possível”

Com o resultado, o time carioca agora vai precisar reverter uma vantagem de dois gols. O 2 a 0 leva a disputa para os pênaltis, enquanto o Rubro-Negro só avança com um triunfo por três gols de diferença. O duelo acontece na próxima quarta-feira, com transmissão do FOX Sports, a partir das 21h15.

No domingo, o Flamengo joga pelo Brasileirão, diante do Botafogo, pela 12ª rodada. O duelo vai acontecer no Maracanã.

Por: FOX SPORTS

Diego Ribas passará por cirurgia na tarde desta quinta-feira

O Flamengo perdeu para o Emelec por 2 a 0 nessa quarta-feira (24), no Estádio George Capwell, no Equador.

Além do resultado negativo para o time Rubro-Negro na primeira partida das oitavas de final da Copa Libertadores, o elenco sofreu com a saída de Diego, que sofreu uma fratura no tornozelo.

O clube carioca informou que o camisa 10 do Mais Querido passará por uma cirurgia nesta quinta-feira (25), às 15h, horário de Brasília, no Hospital Samaritano, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

Por: Coluna do Fla

Diego Ribas sofre fratura no tornozelo e está fora por três meses

Em comunicado divulgado pelo clube, o chefe do departamento médico rubro-negro, Marcio Tannure, explicou a situação.

– Diego sofreu uma fratura-luxação no tornozelo esquerdo, com fratura óssea, lesão ligamentar. O tratamento é cirúrgico. A fratura é considerada complexa. Quando ele chegar de viagem, será reavaliado por mim no hospital, com outros exames complementares para avaliarmos a real extensão dessa lesão. Vamos agendar a cirurgia o mais breve o possível -, disse.

Diego passará por operação e a expectativa é de entre 60 e 90 dias para o retorno aos treinamentos – sem levar em conta o recondicionamento físico. Assim, ficará de fora da maior parte da temporada 2019.

Por: Coluna do Fla

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod