Tag: Flórida Cup

Braz abre o jogo sobre nota relacionada à Flórida Cup: “Só foi pra defender o Abel”

O relacionamento entre Abel Braga e Flamengo chegou ao fim nessa quarta-feira (29), quando o técnico decidiu deixar o comando da comissão técnica do time. O presidente do clube, Rodolfo Landim, alegou que o treinador optou pela saída por questões pessoais, entretanto esta versão foi negada por Abel Braga. O ex-técnico Rubro-Negro afirmou que pediu demissão porque soube que a diretoria estaria entrando em contato com Jorge Jesus, ainda com Abel na liderança do elenco.

Em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira (31), no CT Ninho do Urubu, Zona Oeste do Rio de Janeiro, Marcos Braz, vice de futebol do Flamengo comentou sobre as declarações de Abel Braga, sobre uma suposta traição da diretoria contra ele. O dirigente disse que a cúpula Rubro-Negra sempre apoiou o trabalho do treinador no time.

— Eu entendo o desconforto, entendo a chateação dele, mas não entendo dessa maneira. Acho que ele teve apoio de todos os integrantes da comissão técnica. Do Noval, do Pelaipe, do Gabriel, todos. E quanto a mim, quando ele quis botar A B ou C sempre teve o respaldo, muitas vezes eu não concordando. Respeitando o trabalho e a posição soberana de treinador.

Além de dar total apoio a Abel Braga durante seu trabalho no Flamengo, Marcos Braz revelou que a nota publicada no site oficial do clube, que foi duramente criticada pelos torcedores, foi divulgada com o intuito de defender o ex-treinador.

— Uma nota do Flamengo que muitos questionaram, foi somente para proteger o Abel. A nota em relação a Florida Cup, Estadual só foi pra defender o Abel. Não estou concordando ou discordando. Se a nota foi dada pelo clube, eu estou junto. Assim como estou com o presidente Landim, meu chefe direto.

Por: Coluna do Fla

Jogadores do Flamengo curtem folga em parques de Orlando

Após conquistar a Flórida Cup, com vitória sobre o Eintracht Frankfurt neste sábado, os jogadores do Flamengo aproveitam o domingo de folga em Orlando. Muitos foram aos parques temáticos da região, alguns com familiares e amigos.

Autor do gol do título, Jean Lucas foi um deles. Acostumado com as emoções em campo, o meia registrou a ida a uma montanha russa, ao lado de Klebinho, Lucas Silva e Gabriel Batista. O Flamengo treina segunda e terça na Flórida antes de retornar ao Brasil.

Klebinho, Lucas Silva, Jean Lucas e Gabriel Batista na montanha russa — Foto: Reprodução

Klebinho, Lucas Silva, Jean Lucas e Gabriel Batista na montanha russa — Foto: Reprodução

Entre os mais experientes, Diego e Juan integraram a comitiva. Os dois posaram com a camisa do Flamengo.

Diego posou com a camisa do Flamengo — Foto: Igor Castro/Florida Cup

Diego posou com a camisa do Flamengo — Foto: Igor Castro/Florida Cup

Mesmo sem jogar por conta de lesão, Juan acompanhou a delegação do Flamengo na Flórida — Foto: Igor Castro/Florida Cup

Mesmo sem jogar por conta de lesão, Juan acompanhou a delegação do Flamengo na Flórida — Foto: Igor Castro/Florida Cup

Por: Globo Esporte

Fred, do Desimpedidos, pede desculpas a Cuéllar, do Flamengo

Por Eduardo Suguiyama

Neste sábado (12), o Flamengo conquistou a Florida Cup ao vencer o Eintracht Frankfurt-ALE pelo placar de 1 a 0 e quem foi escolhido o ‘Man of the Match’ e recebeu o troféu das mãos de Fred, do Desimpedidos, que fez ‘campanha’ para Dudu na votação do ‘Craque da Galera’, do Brasileirão 2018. Pelo seu Instagram, o Youtuber aproveitou para registrar o momento e pedir desculpa para o volante do Mengão.

Fred não esconde de ninguém sua paixão pelo Palmeiras e algumas vezes essa torcida pelo Verdão complica a vida do Youtuber, como por exemplo, quando fez um gol em um jogo festivo na Arena Corinthians e foi vaiado pela torcida e como no ano passado, que fez ‘campanha’ para Dudu ser eleito o Craque da Galera.

Cuéllar, do Flamengo, e Fred, do Desimpedidos – Foto: Igor Castro/Rafael Ribeiro

Claro que perante aos Flamenguistas, a campanha caiu ruim, já que o principal concorrente do camisa 7 do Verdão, era Cuéllar, que acabou vencendo a premiação.

Ontem, após entregar o troféu de ‘Man of the Match’, Fred se desculpou com Cuéllar pela polêmica, reconheceu o deslize e desabafou.

Veja na integra texto de Fred, do Desimpedidos:

“Ó como a vida é dahora. Depois da “polêmica” envolvendo o Craque da Galera do Brasileirão 2018, pouquíssimo tempo depois, encontrei o @gustavocuellaroficial pessoalmente e para entregá-lo o prêmio de melhor da partida na final da @florida_cup . Pedi desculpas a ele pessoalmente, que foi muito gente boa, e novamente assumo que mandei muito mal naquela votação. Então tá aí. Não entreguei o prêmio do Brasileirão porque ele não tava na premiação, mas a vida me deu outra oportunidade e esse trofeu fica valendo por dois! Tamo junto”

Por: TORCEDORES

Sempre presente, torcida do Flamengo dá show à parte na Florida Cup

Onde estiver, estarei. Literalmente. A torcida do Flamengo não passou despercebida na Flórida Cup e fez valer um dos hits de maior sucesso nas arquibancadas nos últimos anos. Com saudade do clube do coração, imigrantes invadiram Orlando e subiram o sarrafo para a disputa do Campeonato Carioca.

Torcida do Flamengo – Foto: Alexandre Vidal

Na vitória por 1 a 0 sobre o Eintracht Frankfurt, que valeu o título do torneio de pré-temporada, 14.500 pessoas estiveram no estádio do Orlando City. Apesar da rodada dupla, com Ajax 4 x 2 São Paulo, a imensa maioria era rubro-negra.

Já tinha sido assim na abertura da competição, quando o time de Abel Braga bateu o Ajax nos pênaltis. A organização não divulgou o público exato na ocasião, mas estimou que cerca de 14 mil torcedores estiveram no estádio do ex-time de Kaká.

A média de 14 mil torcedores nos jogos nos Estados Unidos é consideravelmente maior que os 9.439 pagantes nos jogos do clube no Carioca de 2018, por exemplo. Por outro lado, dá continuidade a uma rotina de apoio do último Brasileirão.

Com média de 47.139 pagantes, o Flamengo liderou o ranking de torcidas com o melhor número desde 1983. A participação efetiva em Orlando muito tem a ver com o trabalho de embaixadas.

Ao todo, o clube tem seis bases catalogadas nos Estados Unidos. A de Orlando é só uma delas, e foi a anfitriã para brasileiros que moram em New England, Filadélfia, New Jersey, entre outras.

Os rubro-negros de organizadas esgotaram o setor Norte, chamado de The Wall, com 4 mil lugares sem cadeiras. O local chegou a receber um bandeirão da Fla-USA New England.

Daqui a uma semana, no próximo domingo, tem estreia no Carioca. O rival será o Bangu, às 17h (de Brasília), no Maracanã. A torcida dos Estados Unidos deixou a deixa: será que os Cariocas chegam aos 14 mil?

Por: Globo Esporte

Diego vibra com título do Flamengo: “Dá mais confiança”

O Flamengo venceu o Eintracht Frankfurt por 1 a 0, neste sábado, nos Estados Unidos, e conquistou o título da Flórida Cup. Responsável por levantar a taça, o capitão Diego foi muito festejado pelos torcedores, que gritaram “Fica, Diego”. Com contrato até o meio do ano, ele negocia sua renovação, mas ainda tem o futuro indefinido.

Flamengo campeão da Flórida Cup — Foto: Cahê Mota

Umas das possibilidades é aceitar a proposta feita pelo Orlando City, mas ele garante que ainda não há nada definido.

– Não temos ainda. Estamos em um período de negociação, mas o trabalho segue, e também a vontade de conquistar, de vencer sempre. Vestir essa camisa já é motivo de orgulho, e a faixa de capitão é mais uma responsabilidade grande. Me sinto feliz com o reconhecimento – disse o meia.

Sobre iniciar o ano com uma conquista, mesmo que seja de um torneio amistoso, Diego acredita que o mais importante é dar confiança para o time iniciar a disputa dos campeonatos oficiais.

– É muito bom. Sempre que entramos em campo estamos sendo avaliados. O resultado negativo traz insegurança, e o positivo, nada mais justo que nos traga reconhecimento. Claro que é só o começo, mas começar o pé direito nos dá mais confiança.

O elenco do Flamengo tem folga neste domingo e retoma os treinos na segunda-feira, em tempo integral. Na terça o time tem mais uma atividade programada antes de pegar o voo rumo ao Rio de Janeiro. O trabalho no Ninho do Urubu será retomado na quinta-feira.

Por: Globo Esporte

Cuéllar celebra título, mas lembra: “Temos outros mais importantes”

Após a vitória sobre o Eintracht e a conquista da Florida Cup, o volante Cuéllar falou sobre o início da temporada do Flamengo. Eleito o melhor em campo na partida ante os alemães, o colombiano disse que a conquista não deve ser desprezada, mas garantiu que a caminhada do Fla ainda é longa.

“Estamos começando a caminhada, temos títulos mais importantes pela frente e vamos brigar por isso”, disse ele ao “SporTV”.

Flamengo campeão da Florida Cup – Foto: Alexandre Vidal

A análise do time, já que o trabalho ainda está muito no início:

“Está muito cedo para uma avaliação, mas estamos num caminho certo. Começamos bem”.

O time só volta a entrar em campo no próximo dia 20, quando encara o Bangu em jogo válido pela primeira rodada do Campeonato Carioca. A partida deve ser confirmada para o Maracanã.

Por: UOL

Lance! elege os melhores de Flamengo x Eintracht Frankfurt

Com mais reservas no primeiro tempo, o Flamengo aproveitou a expulsão no time rival e os espaços que surgiram para fazer o gol do jogo. A dupla de zaga, que jogou a partida inteira, e Jean Lucas, autor do gol, foram os destaques. No segundo tempo, Vitinho foi o melhor, mas a equipe não ampliou o placar, mesmo com um jogador a mais.

Jogadores da Base do Flamengo campeões da Florida Cup – Foto: Alexandre Vidal

César – 6,0 – Praticamente não foi exigido. Deu um susto no segundo tempo, quando tinha a bola dominada.

Rodinei – 6,5 – Apesar de ter sido alvo do ataque alemão, o lateral-direito iniciou a jogada que terminou no gol de Jean Lucas.

Rhodolfo – 7,0 – Firme no combate aos atacantes, tanto que eles buscavam fugir da área em busca de melhor sorte.

Rodrigo Caio – 7,0 – Também teve atuação segura. É cedo, mas vai mostrando o porquê de ter sido buscado no São Paulo.

Trauco – 6,5 – Apoiou menos do que Rodinei, mas também sofreu pouco com as investidas do rival.

Piris da Motta – 6,5 – Esteve sólido na proteção à zaga, embora às vezes desentrosado, naturalmente, com os demais jogadores.

Ronaldo – 6,0 – O jovem marcou de forma competente, mas não contribuiu tanto na saída de bola.

Jean Lucas – 7,0 – Fazia partida discreta e o chute do gol saiu mascado, mas o mérito é inevitável.

Thiago Santos – 5,0 – Muito discreto no período em que esteve em campo. Precisaria mostrar mais.

Vitor Gabriel – 5,5 – Numa partida de raras chances, desperdiçou bom cruzamento feito por Trauco.

Henrique Dourado – 5,0 – Totalmente sacrificado pelo posicionamento na ponta direita. Pouco fez.

Pará – 6,0 – Sem a mesma eficiência ofensiva de Rodinei, mas também não teve trabalho defensivo.

Renê – 6,5 – Uma boa ação ofensiva no tranquilo segundo tempo do Flamengo.

Cuéllar – 6,0 – Praticamente sem trabalho, teve atuação segura na proteção à zaga.

Willian Arão – 6,0 – Em que pese o jogador a menos do rival, mostrou a boa chegada no ataque que lhe é característica.

Diego – 6,0 – Mostrou bastante movimentação e achou companheiros com bons lançamentos.

Vitinho – 6,5 – Foi o melhor dentre os que jogaram o segundo tempo. Criou muito, mas faltou o gol.

Uribe – 5,5 – Apesar das muitas chances no segundo tempo, quase nenhuma foi do centroavante.

Éverton Ribeiro – 6,0 – Alguns bons passes e boa movimentação.

Por: Lance!

Cuéllar é eleito melhor jogador da final da Florida Cup

Cuéllar foi eleito o melhor em campo no jogo que deu o título do Torneio da Flórida ao Flamengo – vitória por 1 a 0 sobre o Eintracht Frankfurt, da Alemanha (veja os melhores momentos no vídeo acima). O volante colombiano valorizou a conquista do time em seu primeiro desafio de 2019, e almeja coisas maiores para a temporada.

– É um título que nos valoriza. Viemos para isso. Estamos começando a temporada e temos títulos mais importantes para brigar. O Abel nos passou muita confiança, falou da nossa qualidade. Estamos no caminho certo.

Cuéllar foi eleito o melhor jogador da partida – Foto: Divulgação

O Flamengo teve ainda o melhor jogador da competição nos Estados Unidos. Uribe, autor dos dois gols do empate com o Ajax, foi o artilheiro e recebeu prêmio das mãos de Marta. A taça do Torneio da Flórida foi entregue por Zico ao capitão Diego.

Por: Globo Esporte

Flamengo é campeão da Florida Cup 2019

Após vencer o Ajax nos pênaltis, o Flamengo chegou à rodada final da Florida Cup precisando de uma vitória para levar o título do torneio amistoso. Pela frente, o Rubro-Negro teve o alemão Eintracht Frankfurt, que precisava apenas de um empate para ficar com o troféu. Sabendo d;a necessidade de triunfar, o Fla não se intimidou o venceu a partida por 1 a 0.

O JOGO

O Flamengo iniciou a partida com equipe 100% alternativa. Ainda assim, o Rubro-Negro foi quem se mostrou mais interessado em tomar a iniciativa. Não a toa, o primeiro lance mais agudo foi protagonizado pelo Fla, aos quatro minutos. Após Henrique Dourado escorar de cabeça, Jean Lucas foi lançado em profundidade e saiu na cara do gol. Entretanto, o zagueiro Abraham apareceu na hora H e travou a finalização.

Apesar do bom início do Fla, o Eintracht não demorou para equilibrar o duelo e assustar no ataque. Aos 13 minutos, Rebic avançou em velocidade e não se intimidou com a marcação dupla de Rodinei e Rhodolfo. O atacante conseguiu se livrar de ambos e bateu forte, com a perna esquerda. César estava no lance, mas a bola passou rente ao travessão.

A partida seguia disputada, com chances de gol para os dois lados. Em uma delas, criada pelo próprio Eintracht, um jogador da equipe alemã foi expulso. Em escanteio aos 25 minutos, Abraham e Piris se estranharam. O zagueiro adversário deferiu golpe contra o rosto do paraguaio, e a arbitragem não perdoou.

Pouco depois, o Rubro-Negro teve grande chance de gol. O jovem Vitor Gabriel, titular na partida, recebeu cruzamento de Trauco na grande área. Na finalização, porém, o atacante não foi bem e mandou para fora.

O Flamengo cresceu e, dois minutos após a chance de Vitor Gabriel, foi a vez de Henrique Dourado sair cara a cara com o goleiro. Entretanto, o camisa 19 demonstrou dificuldade para conduzir a bola e deu brecha para que o desarme fosse realizado pelo adversário.

Com a vantagem numérica, o Flamengo passou a ter maior domínio da partida, e isso se transformou em gol ainda na primeira etapa. Aos 40 minutos, Rodinei recebeu om liberdade pelo lado direito. O lateral cortou na diagonal e armou o chute de canhota. Porém, ao invés de finalizar, o camisa 2 acertou belo passe para Jean Lucas. De primeira, o jovem bateu colocado e abriu o placar.

Dentre os destaques do primeiro tempo, também estiveram o zagueiro Rhodolfo, que teve atuação consistente na defesa; Ronaldo, volante fundamental para organização da partida; e Thiago Santos, que não se intimidou com a marcação – e nem com as pancadas – e conseguiu bons lances individuais.

Para a entapa complementar, o Flamengo realizou oito mudanças. Da equipe que iniciou a partida, apenas Rhodolfo, Rodrigo Caio e César foram mantidos. Sendo assim, o Fla passou a ter Renê, Pará, Cuéllar, Arão, Diego, Everton Ribeiro, Vitinho e Fernando Uribe em campo.

O Flamengo seguiu dominando a partida. Aos 7 minutos, Diego teve boa chance para ampliar, mas acabou finalizando mal. A jogada foi criada por Rodrigo Caio, que avançou até a entrada da área e passou para Vitinho. Aberto na ponta, o camisa 11 cruzou para o meia, que desperdiçou a chance. Na sequência do lance, Pará ainda teve chance de finalizar na intermediária, mas mandou longe da meta.

Aos 19 minutos, foi a vez de Willian Arão desperdiçar boa chance. Jogando mais avançado que o habitual, o camisa 5 recebeu ótimo passe de Vitinho. Livre de marcação, o atleta errou o domínio e, na finalização, não conseguiu definir bem, chutando fraco, sem causar grandes problemas ao goleiro.

Quando o relógio marcava 34 minutos, Willian Arão teve a chance de se redimir da chance perdida anteriormente. Entretanto, o fim foi semelhante ao do primeiro tento. O volante foi acionado em belo passe enfiado feito por Diego. Na entrada da pequena área, o camisa 5 encheu a perna esquerda, mas mandou por cima da meta.

As chances não paravam de ser criadas. Aos 40 minutos, novamente pela ponta esquerda, Vitinho encarou a marcação, pedalou pra cima do zagueiro e passou para Renê. O lateral finalizou de primeira, com a perna direita, mas o goleiro fez ótima defesa.

Antes de uma volta completa do relógio, o Rubro-Negro chegou novamente na cara do gol. Em contra-ataque, Vitinho foi acionado por Diego e passou bem para Everton Ribeiro. O meia cortou para a canhota e ficou com a frente livre para matar o jogo. Na finalização, porém, ele bateu fraco e facilitou o trabalho do goleiro.

Aos 44, Diego Ribas tentou marcar um golaço e assustou o time adversário. O camisa 10 lançou Vitinho, o ponta fez a jogada na diagonal e voltou a acionar o meia. Na intermediária, Diego tentou o chute colocado, e a bola passou tirando tinta da trave.

Apesar do domínio, o Rubro-Negro não conseguiu ampliar o marcador. Com o triunfo, o Flamengo foi a cinco pontos e se sagrou campeão da Florida Cup. O Ajax, com 4, encerrou no segundo lugar. O Eintracht ficou em terceiro, enquanto o São Paulo, outro brasileiro envolvido na disputa, perdeu as duas partidas e voltou ao Brasil sem pontuar

Por: Coluna do Flamengo

Flamengo enfrenta o Ajax no primeiro ensaio no ano

O Flamengo estreia na temporada 2019 nesta quinta-feira, às 22h (de Brasília), contra o Ajax, da Holanda, na primeira rodada da Florida Cup. A partida será disputada no estádio do Orlando City. Os torcedores rubro-negros ainda não poderão ver Gabigol e Arrascaeta em ação, mas terão a chance de ver Rodrigo Caio pela primeira vez em campo. Outra novidade é a presença de Abel Braga no comando do time.

A partida terá transmissão ao vivo pelo SporTV, e o GloboEsporte.com acompanha em tempo real. Em caso de empate, os times farão uma disputa de pênaltis e quem vencer leva um ponto de bonificação.

O elenco do Fla está nos Estados Unidos desde o último domingo para a realização da pré-temporada. Além do Ajax, o Rubro-Negro enfrenta o Eintracht Frankfurt, da Alemanha, no sábado, às 19h (de Brasília), também no estádio do Orlando City. Todos os times que disputam a Flórida Cup entram em campo duas vezes, e quem somar mais pontos será o campeão. O São Paulo é o quarto participante.

Esta será a segunda vez que Flamengo e Ajax se enfrentam na história. Em 1988, o Rubro-Negro venceu por 1 a 0, com gol de Renato Carioca, em jogo pelo pelo Torneio amistoso de Amsterdã, na Holanda. Para esta quinta, a primeira escalação de Abel é uma incógnita. A tendência é de que ele aproveite a base deixada por Dorival Júnior e faça muitas alterações durante a partida.

A equipe conta com 29 jogadores à disposição nos EUA. Juan, que está em processo de recondicionamento físico, está em Orlando, mas não será escalado. Confira o grupo completo abaixo:

Time do Flamengo para enfrentar o Ajax — Foto: GloboEsporte.com

Time do Flamengo para enfrentar o Ajax — Foto: GloboEsporte.com

Por: Globo Esporte

Juan projeta confrontos da Florida Cup: “Adversários estão na nossa frente”

O Flamengo deu início à pré-temporada na última quinta-feira (03), no Centro de Treinamento do Ninho do Urubu. No entanto, a equipe já está em Orlando, nos Estados Unidos, onde participará do torneio da Florida Cup. Juan, zagueiro mais experiente do elenco, com 39 anos, falou sobre o assunto.

O Flamengo enfrentará dois adversários no torneio. O Ajax, da Holanda, e o Eintracht Frankfurt, da Alemanha, nos próximos dias 10 e 12, respectivamente. Em entrevista ao canal SporTV, Juan projetou os confrontos e deixou claro que o Rubro-Negro encontrará dificuldades físicas para enfrentar ambas equipes europeias.

– Os adversários estão na nossa frente na questão física e tática, vamos ter que nos superar. Vamos enfrentar um time holandês, um futebol mais técnico, e outro alemão, que tem técnica e força. Serão jogos válidos -, disse o zagueiro.

Após os confrontos, o Flamengo retorna ao Rio de Janeiro no dia 15, para continuar a preparação para o Campeonato Carioca. O time comandado por Abel Braga estreará no dia 20 deste mês na Taça Guanabara – primeiro turno do Regional -, contra o Bangu. Horário e local ainda não estão definidos.

Por Coluna do Flamengo

Com o Flamengo na Flórida, diretoria corre no Brasil para fechar negociações

O Flamengo está nos Estados Unidos, mas o foco principal segue no Brasil. A diretoria rubro-negra se dividiu entre Rio de Janeiro e Orlando – cidade considerada a “terra das compras” devido aos parques temáticos como a Disney, “outlets” com grandes descontos e ainda com baixa taxa do governo do estado sobre os produtos. Mas os presentes para os rubro-negros devem vir de dentro do próprio país.

Enquanto o gerente de futebol, Paulo Pelaipe, e o diretor de futebol, Carlos Noval, acompanham o time para a disputa do Torneio da Flórida e na pré-temporada em solo norte-americano, uma força-tarefa continua no Rio atrás de reforços. Marcos Braz, vice-presidente de futebol; Luiz Eduardo Baptista, o Bap, vice de relações externas, e Bruno Spindel, atual CEO enquanto Reinaldo Belotti não assume o cargo, ficaram para tocar junto ao comitê do futebol as negociações em andamento.

E a semana começa com alta expectativa por contratações no Rubro-Negro, que por enquanto só anunciou o zagueiro Rodrigo Caio, ex-São Paulo. Porém, outros nomes estão em negociações avançadas, e os mais próximos são o atacante Bruno Henrique e o meia Arrascaeta. A diretoria fez uma proposta de R$ 27 milhões que agradou ao Santos, enquanto já tem o “sim” do uruguaio, que está em litígio com o Cruzeiro e sequer se reapresentou em 2019.

Gerente de futebol, Pelaipe viajou com o time para a Flórida Cup — Foto: Thiago Lima
Gerente de futebol, Pelaipe viajou com o time para a Flórida Cup — Foto: Thiago Lima
Gerente de futebol, Pelaipe viajou com o time para a Flórida Cup — Foto: Thiago Lima

Outros alvos que o Flamengo insiste, mas têm negociações consideradas mais complicadas, são de Gabigol e Dedé. A diretoria fez uma proposta de empréstimo por um ano que agradou ao atacante ex-Santos, mas a Internazionale, da Itália, ainda não respondeu e aguarda propostas da Europa, como do West Ham, da Inglaterra. Pelo zagueiro, por sua vez, o clube ofereceu R$ 35 milhões e o perdão da dívida de Mancuello, mas o Cruzeiro faz jogo duro.

A prioridade da comissão técnica é reforçar o setor ofensivo, e no último mês o clube abriu diálogo pelos meias Rodriguinho, do Pyramids FC, do Egito; Matías Vargas, do Vélez Sarsfield, da Argentina; e Gerson, da Roma, da Itália, e emprestado para a também italiana Fiorentina. Mas as negociações não avançaram. Mais recentemente, o atacante Alan, ex-Fluminense e atualmente no Guangzhou Evergrande, da China, também foi procurado, mas a negociação não andou e o atacante deve ir para o Galatasaray, da Turquia.

Com cerca de R$ 100 milhões para investir em contratações, o Flamengo corre para reforçar o elenco e dar mais opções ao técnico Abel Braga antes da estreia no Campeonato Carioca, no dia 20, contra o Bangu. Mas ao mesmo tempo a diretoria adota cautela devido às altas cifras que têm inflacionado o mercado e diante da dificuldade das negociações. A “terra das compras” fica nos EUA, mas a “temporada de compras” pode esquentar a qualquer momento no Rio.

Por Globo Esporte

Flamengo chega aos EUA para Flórida Cup

Hello, Flamengo! A delegação rubro-negra já está nos Estados Unidos para Flórida Cup. O elenco desembarcou em Orlando por volta das 19h30 (22h30 de Brasília) para os primeiros compromissos de 2019 – contra Ajax e Eintracht Frankfurt – e foi recepcionado por grupo de brasileiros no aeroporto.

Abel Braga relacionou 29 jogadores para o torneio, que conta ainda com a participação do São Paulo. Fora dos planos, Alex Muralha ficou no Rio de Janeiro à espera de propostas.

– É uma chance da gente começar bem a temoda, fazer bons treino durante a semana, ter teste de nveil europeu. Espero que a gente se saia bem e tenha um bom pontapé inicial – disse o zagueiro Juan, que assim como Diego e companhia, parou para atender os torcedores.

Grupo de brasileiros recepciona o Flamengo nos EUA — Foto: Cahê Mota/GloboEsporte.com

Grupo de brasileiros recepciona o Flamengo nos EUA — Foto: Cahê Mota/GloboEsporte.com

Cerca de 20 brasileiros que moram nos EUA aproveitaram a oportunidade para dar boas-vindas ao elenco e matar a saudade do clube. Era esse o sentimento de Everaldo da Silva.

O curitibano mora em Boca Raton, no Sul da Flórida, há 20 anos como carpinteiro, casou com a doceira mineira Sara Campos e passou o amor pelo Flamengo aos filhos. Emanuel, 7, Rafael, 5, d Evelyn, 3, são americanos de coração rubro-negro:

– A saudade é grande. Quero mostrar de perto essa paixão para meus filhos. O último jogo que eu vi no estádio foi contra o Paraná, pela última rodada do Brasileiro de 1998 – relembrou.

Everaldo com a esposa e os filhos na chegada do Flamengo — Foto: Cahê Mota/GloboEsporte.com

Everaldo com a esposa e os filhos na chegada do Flamengo — Foto: Cahê Mota/GloboEsporte.com

Graciano dos Santos foi quem comandou a festa com cantoria no aeroporto. Com direito a tatuagem do escudo do clube, o capixaba, que trabalha no local, vive no país há 15 anos, mas esteve no Maracanã em um Fla-Flu no ano passado.

O Flamengo volta a solo americano depois de quase 13 anos. A última passagem pelo país aconteceu em agosto de 2006, quando perdeu por 2 a 1 para o América do México, em Los Angeles, gol de Obina.

No total, foram 12 partidas no país: sete vitórias, dois empates e três derrotas. Quinta-feira, às 22h (de Brasília), o Rubro-Negro dá o pontapé inicial da temporada contra o Ajax, no estádio do Orlando City, mesmo palco do confronto com o Eintracht, sábado, 19h.

A programação do Flamengo na Flórida prevê ainda um jogo-treino na manhã do dia 15, quando retorna ao Brasil, ainda com adversário indefinido. Abel Braga comandará atividades em período integral todos os dias já a partir desta segunda, inclusive com treinos nos dias dos jogos.

Rodrigo Caio é a única cara nova em relação ao elenco de 2018, que teve como principais baixas Lucas Paquetá, negociado com o Milan, e o capitão Réver, de volta ao Atlético-MG. Diego, que negocia a renovação de contrato, está nos Estados Unidos.

O camisa 10 tem proposta justamente dos donos da casa, o Orlando City, e tem as conversas travadas com o Rubro-Negro. O meia pede aumento e luvas, o clube quer manter o salários e ampliar o vínculo por 18 meses, até o fim de 2020.

O vice-presidente de futebol, Marcos Braz, e Bruno Spindel, ex-CEO e figura efetiva em negociações, ficaram no Brasil focados na busca por reforços. Arrascaeta, Bruno Henrique e Dedé são os alvos.

O uruguaio é quem tem a situação mais bem encaminhará. Já deu o “sim” ao Flamengo e entrou em litígio com o Cruzeiro, que faz exigências para venda.

Um Flamengo ansioso por contratações chega à terra das compras com foco dividido para dar o “start” em 2019.

Por Globo Esporte

Flamengo não relaciona Muralha para Flórida Cup

Os trabalhos no Ninho do Urubu voltaram a todo vapor na última quinta-feira (03). Os atletas do Flamengo se reapresentaram para início da pré-temporada. Dentre eles, esteve o goleiro Alex Muralha, que ainda tem seu futuro indefinido. Apesar de treinar junto à equipe, o defensor não seguirá no Rubro-Negro e sequer irá à Florida Cup, torneio amistoso que o Fla disputará nas próximas semanas.

Com relação desgastada no Flamengo, uma vez que já não conta com confiança da torcida, Muralha passou a última temporada no Albirex Niigata, do Japão, mas o clube não demonstrou interesse em contratá-lo de forma definitiva. De volta ao Brasil, ele foi procurado pelo Coritiba. No entanto, a proposta da equipe paranaense – que era de assumir 30% dos salários do defensor – não agradou o Flamengo. Sem novo clube até então, o goleiro treina no Rubro-Negro, enquanto Alexandre Akio, seu empresário, tenta resolver o futuro do atleta. Alex Muralha foi contratado pelo Flamengo em 2016 e, após um início promissor, chegou a ser convocado pela seleção brasileira do técnico Tite. Entretanto, o arqueiro oscilou bastante em 2017, o que gerou críticas demasiadas dos torcedores e também da imprensa. O contrato de Alex Muralha, de 29 anos, termina em dezembro de 2020. Ao todo, o goleiro tem 75 partidas realizadas com a camisa do Flamengo. Fonte: Coluna do Flamengo

Florida Cup 2019 reunirá lendas em competição festiva

Competição nos Estados Unidos de início de ano já tradicional por ser parte da pré-temporada, a Florida Cup de 2019 apresentará ao público um interessante evento onde importantes nomes do futebol latino e mundial se enfrentam em uma “mini-competição” que promete um show de qualidade e habilidade.

Batizado de “Florida Cup Legends 5v5“, o evento terá frente a frente na primeira rodada a equipe do São Paulo Legends diante do Ajax Legends e, no outro jogo, o Flamengo Legends duela com o Frankfurt/Bundesliga Legends. Como nomes confirmados e que dispensam maiores apresentações, estarão presentes no dia 8 de janeiro Denilson, Zico e o gigante goleiro holandês Edwin Van der Sar. O vencedor desses confrontos em uma espécie de semifinal disputarão a decisão no mesmo dia, já que no dia 9 youtubers e influenciadores digitais farão uma partida amistosa no mesmo local. As partidas vão acontecer com cinco atletas de cada lado em dois tempos de 15 minutos cada em uma mini arena que será montada no Universal Studios, na Florida.

Fonte: Blog Futebol Latino

Flamengo volta ao país em janeiro para abertura da temporada

O Flamengo finalmente fará sua estreia na Florida Cup, em 2019. Na quinta edição da competição que abre a temporada e vem atraindo cada vez mais a atenção dos times brasileiros, o Mais Querido estará ao lado do São Paulo como representante nacional e voltará aos Estados Unidos, onde não joga desde 2006. Como o próprio nome já diz, as partidas serão todas na Florida, mais especificamente em Orlando, no Orlando City Stadium, a partir do dia 10 de janeiro.

Na atual edição, o Mengão medirá forças com a potência holandesa Ajax, no dia 10, e o Eintracht Frankfurt, da Alemanha, no dia 12. São duas escolas que estarão no meio de duas temporadas e o teste será extremamente válido para o Mais Querido dar o início para a sua própria, que promete ser intensa em 2019. Após a Florida Cup, o time retorna para a disputa do Estadual e o primeiro – e principal – objetivo da temporada, a Copa Conmebol Libertadores. O Flamengo nos Estados Unidos Jogar nos EUA é positivo para o Flamengo. Ao longo dos anos, foram 12 oportunidades, com sete vitórias, dois empates e três derrotas, sempre em amistosos. Seleções, combinados, times, tem de tudo na relação de adversários que o Mais Querido encarou naquelas bandas. Levantamos algumas curiosidades para vocês, enquanto já esperam a fila do agendamento do visto americano andar.

No vídeo acima, o único gol da vitória do Flamengo sobre a seleção dos EUA, marcado por Fernando, o autor do gol do título de nossa primeira Copa do Brasil, em 1990. 1. Rota 66 O Flamengo já jogou tanto na costa leste quanto na costa oeste, em suas passagens pelos Estados Unidos. A popularidade do clube ajuda nessa logística, pois são muitos os brasileiros que residem naquele país e a torcida é maioria rubro-negra. Mas foi na oeste onde o time jogou mais. Foram oito partidas na beira do Pacífico, sendo três vezes em San José, em amistosos contra mexicanos, e três em Los Angeles, incluindo o mítico palco da final da Copa de 94, o Rose Bowl. Confira todos os jogos nos EUA: 18/10/2006 – Flamengo 1 X 2 América (MEX) – Coliseu/Los Angeles – Troféu Coliseu 12/08/1990 – Flamengo 1 X 0 Alianza Lima (PER) – Giants Stadium/New Jersey – Marlboro Cup 10/08/1990 – Flamengo 1 X 0 Seleção dos Estados Unidos (USA) – Giants Stadium/New Jersey – Marlboro Cup 28/08/1987 – Flamengo 2 X 1 Monterrey (MEX) – Harder/Santa Bárbara – Amistoso Internacional 25/08/1987 – Flamengo 1 X 0 Monterrey (MEX) – Spartan/San José – Amistoso Internacional 22/08/1987 – Flamengo 5 X 0 Mexico All Star (MEX) – Spartan/San José – Amistoso Internacional 19/08/1987 – Flamengo 2 X 3 Seleção do México (MEX) – Spartan/San José – Amistoso Internacional 15/10/1985 – Flamengo 2 X 0 Guadalajara (MEX) – Rose Bowl/California – Amistoso Internacional 12/10/1985 – Flamengo 3 X 0 San José (USA) – Rose Bowl/California – Amistoso Internacional 28/09/1982 – Flamengo 3 X 3 Cosmos (USA) – Giants Stadium/New Jersey – Amistoso Internacional 26/03/1967 – Flamengo 1 X 1 Roma (ITA) – Dowing Stadium/Nova York – Amistoso Internacional 23/03/1967 – Flamengo 1 X 2 Roma (ITA) – Kezer Stadium/California – Amistoso Internacional 2. A primeira vez O primeiro jogo rubro-negro nos EUA foi em 1967 contra a Roma, da Itália. Com um timo misto, por conta de compromissos no Brasil, o Flamengo acabou derrotado por 2 a 1 pelos italianos, jogando no Kezer Stadium, na Califórnia. Três dias depois, os times haviam atravessado o país para se enfrentar de novo em Nova York, no Dowing Stadium. Desta vez, empate em 1 a 1 e fim de excursão. Nota curiosa deste jogo é que o Flamengo atuou com o uniforme 2 da Roma. Eram outros tempos, não tínhamos tantos jogos de camisa para os jogadores. E também vale mencionar que um certo atacante estava surgindo na equipe, um tal de Fio Maravilha, que depois faria alguns gols antológicos. 3. Contra aquele time famoso do Pelé

4. Mexicanos em todos os lugares Dos 12 jogos disputados nos EUA, seis foram contra mexicanos, inclusive a seleção. Quatro vitórias e duas derrotas nesse histórico. Pela proximidade com o país, os jogos foram todos na Califórnia, para facilitar à torcida mexicana. Não são encontrados muitos registros destes jogos, mas pelas escalações, podemos ver que alguns nomes que estavam surgindo já deram suas caras nos EUA e depois teriam os auges de suas carreiras naquele mesmo lugar. Contra o Guadalajara, em 1985, o Flamengo venceu por 2 a 0 e o lateral-direito era Jorginho, que 11 anos depois estaria na seleção que conquistou o tetra mundial no mesmo estádio. Jorginho voltou aos EUA com o Mengo em 1987, ao lado de Aldair, Bebeto e Zinho, para mais quatro jogos contra times mexicanos, (2×3, México; 5×0 Mexico All Stars; 1×0 Monterrey; e 2×1 Monterrey). Mal eles sabiam… 5. A Florida Cup O Flamengo adiou sua estreia na competição em dois anos. Era para ter sido em 2017, mas o trágico acidente com a delegação da Chapecoense mudou o calendário e o Mais Querido teve que abdicar do convite. Chegou a hora e desta vez o Flamengo já confirmou presença. Os jogos serão no palco abaixo, o novíssimo Orlando City Stadium, com capacidade para 25.500 torcedores. Inaugurado em 2017, já se tornou uma pérola e mais um ponto turístico na badalada Orlando. O torcedor do Flamengo que estiver nos EUA, ou for para a competição, não terá do que reclamar na cidade. Orlando não é só parque de diversões. Restaurantes, shows, NBA, eventos, tem de tudo por lá. E as embaixadas rubro-negras nos EUA já estão mobilizadas para invadir a cidade. Os ingressos já estão à venda: http://www.floridacup.com/pt/matches Cronograma da competição? Olha aí embaixo.

Fonte: Site Oficial


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod