Tag: Gustavinho

Campeão do NBB com o Flamengo, Gustavinho será auxiliar dos Nets na Summer League da NBA

Campeão da décima primeira edição do  Novo Basquete Brasil (NBB) com o Flamengo, o técnico Gustavo de Conti será o representante Rubro-Negro na Summer League da NBA. Convidado pelo Brooklyn Nets para ser um dos assistentes técnicos da equipe durante a competição, ele comemorou a oportunidade.
– É uma oportunidade incrível, ímpar. Poder passar 20 dias em uma franquia da NBA do tamanho dos Nets, trocar informações com os coachs e aprender com eles, poder acompanhar os jogadores… É tudo muito especial. Quero agradecer muito ao Flamengo, Delano Franco, Marcelo Vido e Diego Jeleilate por me liberarem e por me apoiarem nessa oportunidade incrível. Sem dúvida voltarei muito melhor de lá, para colocar os novos aprendizados em prática -, afirmou, entusiasmado com a viagem.
A competição ocorrerá entre os dias 5 e 15 de julho, em Las Vegas e o currículo de Gustavinho foi escolhido entre uma seleção feita mundialmente. O técnico do Flamengo viaja no dia 1 de julho. Ele falou sobre a importância do intercâmbio e da parceria entre Flamengo, NBB e NBA.
– É a demonstração de que o basquete brasileiro está sendo valorizado e respeitado. A NBA está olhando para o nosso basquete -, comemorou.
Por: Coluna do Fla

Gustavinho relembra conquista do NBB pelo Paulistano e garante: “O time jogava de uma forma diferente”

O Flamengo bateu o Franca por 3 a 2 nas finais do NBB 2019 e, consequentemente, foi campeão da competição. Nesta terça-feira (11), o troféu foi entregue em uma cerimônia formal, realizada na Gávea. O técnico Gustavo De Conti, que comandou a equipe rubro-negra em busca da taça, respondeu a perguntas da imprensa em relação ao seu trabalho no Fla. Em meio a isso, ele foi questionado sobre as diferenças desse título para o da temporada passada, que ele conquistou à frente do Paulistano.

Ao responder, Gustavinho destacou a diferença no estilo dos jogadores, lembrando que a equipe de São Paulo tinha, sobretudo, atletas mais jovens. No Flamengo, ele se deparou com nomes mais experientes, tendo que desenvolver um novo estilo de jogo. Além disso, ele destacou que, pelo Rubro-Negro, a pressão foi ainda maior, por conta de fatores como torcida e tamanho do clube.

FOTO: ISABELLE COSTA/COLUNA DO FLA

– Acho que, na temporada passada, eu tinha um time mais jovem (no Paulistano). O time jogava de uma forma diferente, com mais velocidade e, talvez, menos entrega na defesa. Esse ano foi com jogadores mais experientes, em um time maior, com mais pressão, e uma maneira diferente na forma tática. Demos muita ênfase na defesa. Buscamos fazer um ataque muito equilibrado, para não sofrer com contra-ataques. Acho que isso me fez crescer para a próxima temporada -, disse ele.

Por: Coluna do Fla

Gustavinho agradece por confiança e apoio que recebeu no Flamengo

Nos últimos anos, o Flamengo tem sido um verdadeiro “papa títulos” no Basquete. No início deste mês, o Rubro-Negro chegou à conquista do Novo Basquete Brasil, a primeira divisão da modalidade no cenário nacional. A cerimônia oficial de entrega do troféu aconteceu nesta terça-feira (11), contando com a presença do técnico Gustavo De Conti, mais conhecido como Gustavinho, na Gávea. Durante o evento, o treinador falou sobre a importância de ter sido bem recebido no clube para chegar ao êxito.

– Foi muito especial poder retribuir um pouco da confiança e do carinho que foram depositados na gente. Podermos entregar um troféu desse, retribuir isso, é fundamental para mim. Fico muito feliz com isso. Além de ter o reconhecimento das pessoas aqui dentro, no Maracanã… Fomos ao estádio no domingo, e teve uma linda festa -, disse ele.

ASSISTA AO VÍDEO:

Gustavinho celebra a vitória do Flamengo no jogo 1 da final do NBB, mas pede foco para o restante da série

Neste domingo (19), Flamengo e Franca abriram a série de cinco da final do NBB. O Rubro-Negro jogou diante da sua torcida, que lotou o Maracanãzinho, e venceu sem sustos por 82 a 68. Além de comemorar a vitória, o técnico Gustavinho pôde celebrar mais uma conquista pessoal: se tornou o o mais novo treinador a somar mais finais de NBB na carreira.

O técnico, que acumula quatro finais de NBB no currículo, falou com a imprensa após a vitória rubro-negra. Para Gustavinho, a ficha da vitória já virou e não há como prever a sequência da série.

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

– A gente pode pensar que o Franca está pressionado ou a gente pode pensar que precisa ganhar, pelo menos, um jogo fora de casa. Acho que o mais importante, mais do que imaginar o que se passa na cabeça de um, é fazer a nossa parte e focar no jogo dois. Não tem nada de pensar: “temos que ganhar lá para depois fechar aqui”, quem garante que a gente vai fechar a série aqui? A gente precisa pensar exclusivamente em tirar todas as nossas fichas do bolso e jogar na mesa do jogo dois. O que sobrar do dois, recolher para o três.

O segundo jogo da série entre Flamengo e Franca está previsto para a próxima quinta-feira (23), no Ginásio Pedrocão. Apenas os torcedores paulistas poderão comprar ingressos para a partida.

Por: Coluna do Fla

Gustavinho, técnico do Flamengo, atingirá marca histórica contra o Franca, na final do NBB

Finalista do Novo Basquete Brasil, o Flamengo segue vivo na busca pelo hexacampeonato. A equipe comandada por Gustavinho enfrentará o Franca, de Helinho Garcia. Para o jovem treinador rubro-negro, no entanto, esta final tem um significado muito especial: neste domingo (19), o técnico se tornará oficialmente o mais novo treinador a somar mais finais de NBB na carreira.

Ex-técnico e campeão do NBB pelo Paulistano na temporada passada, Gustavinho acumula quatro finais de NBB em sua carreira. Além da marca histórica, o comandante soma três Troféus Ary Vidal, sendo o maior vencedor no quesito – prêmio que nomeia o melhor técnico da temporada. Jovem e experiente, o técnico rubro-negro falou sobre suas conquistas pessoais para o site oficial da Liga Nacional de Basquete.

Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

– O que mais pesa é eu ter a oportunidade de trabalhar em clubes com excelente estrutura e condições de trabalho, e que me propiciam ter um CT e jogadores de muita qualidade, afinal são eles que jogam e ganham os jogos e os campeonatos –, declarou.

Pelo Flamengo, Gustavinho já conquistou dois títulos: Campeonato Carioca e Super 8. O foco agora, no entanto, é na finalíssima do NBB. Pela frente, o Franca – clube 11 vezes campeão Brasileiro. Com apenas 39 anos, o comandante falou sobre a expectativa para a partida.

– Apesar de ser uma série de cinco jogos, a gente precisa depositar todas nossas fichas neste jogo, pois muda muito de um jogo para outro. O próximo jogo sempre vai ser o mais importante –, ressaltou em entrevista para o canal Fox Sports.

Flamengo e Franca se enfrentam no próximo domingo (19), no Maracanãzinho. Por norma, somente torcedores rubro-negros poderão comprar ingresso para a partida. Será o primeiro jogo de uma série de cinco.

Por: Coluna do Fla

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod