Tag: Mano Menezes

Gérson

CBF pede abertura de investigação sobre caso de racismo

Na noite de ontem, o Flamengo venceu o Bahia no Maracanã em partida épica. Apesar da partida ter sido emocionante. Infelizmente, dentro de campo, se viu novamente o absurdo chamado racismo. Segundo relatos, o meia Índio Ramirez do Bahia, teria pedido para Gérson calar a boca, além de o chamar de negro após isso. Gérson, claramente transtornado em campo, fez atuação de gala. Mas ao fim da partida, desabafou. “Tenho muitos jogos como profissional e nunca vim falar nada porque nunca sofri esse preconceito. Quando tomamos um gol, o Bruno Henrique ia chutar uma bola, o Ramirez reclamou e fui falar com ele, que disse: “Cala a boca, negro”. E o Mano precisa aprender a respeitar as pessoas”, comentou o jogador ao canal Premiere. Assim, Gérson denunciou mais um caso de racismo no futebol brasileiro. Uma situação que precisa ser tratada com responsabilidade e o devido cuidado sempre. Afinal, ainda somos “brindados” com comentários como os de Vampeta, que acha normal algo assim em campo. Na súmula do jogo, o árbitro Flávio Rodrigues relatou a briga entre os dois jogadores. “Aos 7 minutos do segundo tempo houve um conflito entre os jogadores sr. Gerson Santos da Silva, de número 8 da equipe do Flamengo e do atleta da equipe do Bahia de numero 15 sr. Juan Pablo Ramírez Velasquez, onde o jogador do Flamengo alega ter sido chamado de “negro” por seu adversário mencionado. Informo que este suposto ato não foi percebido por nenhum membro da equipe de arbitragem no campo de jogo”

CBF exige apuração

Horas depois da partida a CBF soltou uma nota oficial comentando sobre o ocorrido. Assim, passou ao STJD a análise dos fatos, por imagens, para tentar encontrar o momento exato da fala do meia do Bahia. Assim, nos próximos dias novidades sobre o caso deverão ser informadas. Ramírez foi afastado do elenco tricolor enquanto as investigações acontecem. Além da demissão de Mano Menezes. Confira a nota da CBF: A CBF está solicitando à Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva a abertura imediata de uma investigação sobre a denúncia de racismo feita pelo jogador Gerson Santos, do Clube de Regatas do Flamengo, na partida deste domingo (20/12) diante do Esporte Clube Bahia, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. A entidade encaminhará ao STJD a súmula da partida, na qual consta o relato da denúncia feita pelo atleta. A CBF reitera seu profundo repúdio ao racismo. A diretoria rubro negra afirma que levará Gérson a uma delegacia para registrar BO sobre o acontecido. Essa também parece ser a vontade do jogador. Dessa forma, em caso de polícia, termina um dos melhores jogos do brasileirão em 2020, manchado pelo preconceito. Leia também: Paulão rasga elogios a Gerson e xinga racista Veja também: Em jogo movimentado, Flamengo vence o Bahia por 4 a 3 no Maracanã

Mano Menezes é criticado por jornalista após declaração sobre o Flamengo

O Flamengo de Jorge Jesus deixou lições que podem, sim, revolucionar o futebol brasileiro e mudar completamente seu rumo. O Mister, como é carinhosamente chamado, provou com todo seu perfeccionismo e fome de vitórias que é possível realizar coisas no Brasil consideradas, até então, inviáveis e até impossíveis. Claro que para alguns esse preceito parece não ter causado muito efeito. Em seu último jogo, contra o Fluminense, o técnico Mano Menezes escalou um time reserva visando poupar seus jogadores para o confronto contra a equipe carioca – já campeã e sem nenhum tipo de pressão, considerando que seu principal foco é, agora, o Mundial de Clubes. Não satisfeito apenas com a derrota em campo, o comandante alviverde ainda disse que o Rubro-Negro, que também atuou com time misto diante do Ceará, foi escalado sem força máxima pelo mesmo motivo, declaração criticada por Raphael Rezende.

– O futebol brasileiro tem novas verdades, pois o Flamengo mudou o patamar. É um Palmeiras que não pode brigar nem pelo vice com esse futebol apresentado. O Mano Menezes ainda falou que o Palmeiras e o Flamengo se importam com este jogo e por isso pouparam. O Flamengo acabou de jogar uma final de Libertadores, cara. É rachar com a realidade, é tratar o torcedor como bobo -, disse durante o programa ‘Troca de Passes’, dos canais SporTV.

FOTO: DIVULGAÇÃO

O jornalista desaprovou, ainda, a decisão da CBF por torcida única neste clássico entre paulistas e cariocas. Lembrando que o Ministério Público e a Polícia Militar de São Paulo aconselharam que a partida fosse realizada apenas com torcedores paulistas devido ao ”risco” de problemas entre os envolvidos no clássico. A entidade máxima do futebol, juntamente com o STJD, acataram a recomendação.

– Parece que não houve proibição, mas apenas uma recomendação. É um precedente muito perigoso. Você vai começar a ter um Campeonato voltado para as torcidas locais. O Palmeiras não se posicionou. É óbvio que são rivais, mas enquanto não entenderem que o produto é um só, vamos continuar remando para trás -, julgou.

O reencontro entre as equipes está marcado para hoje, primeiro dia de dezembro, às 16h, em São Paulo. Sem respeitar a lei da reciprocidade, o clássico, infelizmente, contará com torcida única.

Por: Coluna do Fla

J. Jesus comenta abraço de Mano Menezes antes do jogo deste domingo

O Flamengo entrou em campo na tarde deste domingo (01) e venceu o Palmeiras por 3 a 1. A partida aconteceu no estádio do time paulista. Antes do embate entre os clubes, Mano Menezes, agora ex-técnico do Alviverde, foi ao vestiário do Rubro-Negro cumprimentar Jorge Jesus.

A atitude surpreendeu muitas pessoas, sobretudo nas redes sociais, devido às declarações polêmicas de Mano Menezes nas últimas semanas. Jorge Jesus elogiou a atitude do colega de profissão e voltou a falar sobre o respeito que tem com os técnicos brasileiros.

FOTO: ISABELLE COSTA / COLUNA DO FLA

— Foi um gesto bonito, já tínhamos nos encontrado outras vezes. Mas isso já passou, foi mais por alguém, por alguns treinadores com poucos nomes e capacidades. Isso já passou, e eu sou colega deles. Serei sempre colega de profissão. E portanto essa onda já passou, o que importa agora é acabar o campeonato sempre com respeito, sendo humildes e respeitando os adversários -, disse o treinador.

O Flamengo folga nesta segunda-feira (02) e se reapresenta na tarde desta terça (03). O Rubro-Negro volta a campo na próxima quinta-feira (05), diante do Avaí. O confronto acontece no Maracanã e terá início às 20h (horário de Brasília). O duelo é válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já campeão, o Fla tem 87 pontos, enquanto a equipe catarinense, que está rebaixada para a segunda divisão e é a última colocada na tabela, soma apenas 19.

Por: Coluna do Fla

Mister sai em defesa de Mano após demissão do técnico no Palmeiras

O Flamengo enfrentou o Palmeiras na tarde deste domingo (02) e venceu por 3 a 1. Gabigol, duas vezes, e De Arrascaeta marcaram para o Rubro-Negro. O resultado gerou a demissão do treinador Mano Menezes e também do diretor de futebol Alexandre Mattos no time paulista. Jorge Jesus demonstrou-se insatisfeito com o ocorrido.

— Claro que os treinadores são reflexo dos resultados. Agora quando você está em um clube que tem uma estrutura e que sabe o que quer, torna-se mais difícil mudar de treinador. Ele é um homem com qualidade, não vai ganhar hoje, mas vai ganhar amanhã. Eu posso te contar um caso meu… -, disse o Mister.

FOTO: PAULA REIS / FLAMENGO

— Em Portugal, eu tive um ano próximo de ganhar todas as competições, perdi todas, uma pressão muito grande dos adeptos, mas o presidente disse: “Tu vais ficar e vais assinar por 4 anos, se quiser”. Depois disso, o Benfica ganhou tudo. Aqui, no Brasil, muda-se por tudo e por nada -, encerrou o técnico do Flamengo.

O Flamengo deu folga aos jogadores nesta segunda-feira (02) e se reapresenta na tarde desta terça (03). O Rubro-Negro volta a campo na próxima quinta-feira (05), diante do Avaí. O confronto acontece no Maracanã e terá início às 20h (horário de Brasília). O duelo é válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já campeão, o Fla tem 87 pontos, enquanto a equipe catarinense, que está rebaixada para a segunda divisão e é a última colocada na tabela, soma apenas 19.

Por: Coluna do Fla

Mano Menezes é demitido do Palmeiras após derrota para o Flamengo

O Flamengo repetiu a dose no segundo turno e voltou a vencer o Palmeiras no Brasileirão, neste domingo (01), desta vez em São Paulo. Entretanto, a espécie de “déjà vu” não para por aí. Além do novo triunfo, assim como Felipão, Mano Menezes foi outro treinador que não resistiu à derrota para o Rubro-Negro e acabou sendo demitido pelo Alviverde.

O cenário também era parecido entre Felipão e Mano: antes do duelo com o Fla, a diretoria do clube paulista havia bancado a permanência dos treinadores, apesar dos resultados ruins nas últimas rodadas, porém voltou atrás com a derrota sofrida para o seu principal rival no futebol brasileiro. Com Scolari no comando, o revés foi por 3 a 0.

FOTO: CELSO PUPO / ESTADÃO CONTEÚDO

Com mais uma vitória sobre o Palmeiras, o Flamengo chegou ao seu 28º jogo de invencibilidade, mostrando mais uma vez o por quê conquistou de forma incontestável os títulos do Brasileirão e da Libertadores da América. O próximo embate será com o Avaí, nesta quinta-feira (05), no Maracanã, com validade pela penúltima rodada do campeonato.

Por: Coluna do Fla

Mano Menezes diz que Flamengo poupou equipe para enfrentar o Palmeiras

O Campeonato Brasileiro, no que interessa ao Flamengo, já está decidido. Isso porque, com quatro rodadas de antecedência, o Rubro-Negro já havia garantido o título da competição. No entanto, para o técnico Mano Menezes, do Palmeiras, o Fla ainda tem foco no duelo ante sua equipe, que estava marcado para o próximo domingo (01).

Na última quinta-feira, o Palmeiras encarou o Fluminense, no Maracanã, e foi derrotado por 1 a 0. Na entrevista coletiva pós-jogo, o técnico garantiu que havia poupado por causa do Flamengo, assim como o clube carioca teria feito, visando o jogo contra o Alviverde Paulista.

FOTO: DIVULGAÇÃO

– É importante ressaltar que as duas equipes pouparam, os dois têm preocupação pelo jogo de domingo. O Flamengo também tem, senão não pouparia. É um jogo emblemático. Vamos jogar contra o campeão brasileiro e da Libertadores na nossa casa. Temos condições de mostrar mais em um jogo como esse, ele traz coisas do primeiro turno, a rivalidade que se estabelece, a corneta na hora da conquista do título. Tudo isso vai para os 90 minutos. Vamos trabalhar muito para tentar vencer esse grande adversário do momento que é o Flamengo –, disse ele.

Independente das declarações de Mano, fato é que, além de campeão, o Flamengo também é recordista de pontos em uma edição do Brasileirão. Até então, o Corinthians, que fez 81 pontos em 2015, ocupava o posto. Agora, o Flamengo já soma 84, tendo ainda três partidas para poder ampliar a marca.

Por: Coluna do Fla

Mano diz que Flamengo ‘aumentou exigência’ do futebol brasileiro: “Temos que nos preparar”

O Flamengo conquistou o seu hepcampeonato brasileiro de forma antecipada e, como já dizia o destaque Bruno Henrique, está atualmente em outro patamar no cenário do futebol brasileiro. Foi este mesmo ponto, inclusive, que destacou Mano Menezes, técnico do Palmeiras, ao afirmar que a equipe comandada por Jorge Jesus fez aumentar a exigência para os demais clubes.

– Eu sempre falo que o futebol é como é. A exigência que se tinha no futebol brasileiro era uma, e para essa exigência estava muito bem preparado. Isso proporcionou ao Palmeiras dois títulos brasileiros e ficasse na segundo colocação em um deles. O parâmetro mudou, o Flamengo estabeleceu para nós todos um novo parâmetro. Subiu a exigência. Temos de fazer a leitura correta e nos prepararmos para enfrentar esse novo adversário mais preparado -, disse Mano após derrota do Palmeiras para o Fluminense, na última quinta-feira (27).

FOTO: CELSO PUPO / ESTADÃO CONTEÚDO

– É importante ressaltar que as duas equipes pouparam, os dois têm preocupação pelo jogo de domingo. O Flamengo também tem, senão não pouparia. É um jogo emblemático. Vamos jogar contra o campeão brasileiro e da Libertadores na nossa casa. Temos condições de mostrar mais em um jogo como esse, ele traz coisas do primeiro turno, a rivalidade que se estabelece, a corneta na hora da conquista do título. Tudo isso vai para os 90 minutos. Vamos trabalhar muito para tentar vencer esse grande adversário do momento que é o Flamengo.

O Flamengo enfrenta o Palmeiras no próximo domingo (01), no Allianz Parque, apenas para cumprir tabela no Brasileirão. Entretanto, pode não contar com o apoio dos rubro-negros em São Paulo. Isso porque, o Alviverde não deverá disponibilizar ingressos para a torcida visitante por recomendação das autoridades de segurança do estado. O duelo terá bola rolando a partir das 16h (de Brasília).

Por: Coluna do Fla

Mano Menezes minimiza provocações do Flamengo: “É um elogio ao Palmeiras”

O futebol que o Flamengo está apresentando é algo fora da curva no território nacional. Após a derrota do Palmeiras diante do Grêmio, o Mais Querido conquistou automaticamente o heptacampeonato brasileiro. Na coletiva após o jogo, Mano Menezes, treinador do time paulista, deu sua opinião sobre as provocações do Rubro-Negro depois do resultado deste domingo (24).

— Eu penso que cada um comemora do jeito que quer. Alguns têm a grandeza de comemorar de outra forma, outros nem tanto. Mas quem conquista merece aplauso, tem direito de fazer do jeito que deve fazer. Por outro lado, acho que é um elogio ao Palmeiras. Na medida que você vence tantos adversários e você dirige a sua provocação especificamente a um clube, é porque você está vendo nesse clube um grande adversário.

FOTO: MARCELLO ZAMBRANA / AGIF

A diferença de Flamengo e Palmeiras no Campeonato Brasileiro é gigante, isso explica o título brasileiro do Mais Querido em quatro rodadas de antecedência. O Rubro-Negro possui uma vantagem de 20 gols no quesito ‘melhor ataque da competição’.

No confronto direto, Flamengo venceu o Palmeiras no primeiro turno, por 3×0, no Maracanã. Naquela ocasião, os gols foram marcados duas vezes por Gabriel e um de Arrascaeta. Esse embate foi considerado um dos mais importantes nessa campanha do título, pois as duas equipes estavam na disputa da liderança.

Por: Coluna do Fla

Mano Menezes lamenta empate, mas destaca: “Temos o mesmo número de derrotas que o Flamengo”

A vitória do líder sobre o Grêmio e o empate do vice com o Bahia deixaram o título Brasileiro, praticamente, encaminhado para a próxima rodada – já disputada pelo Flamengo. Neste momento, com 68 pontos somados, o Palmeiras está mais próximo de ser ultrapassado pelo Santos do que alcançar a primeira colocação. As 19 vitórias, os 11 empates e as três derrotas deram ao Alviverde o reconhecimento pela melhor campanha de um segundo colocado no Brasileiro com 20 clubes. O técnico Mano Menezes falou sobre o aproveitamento do clube paulista em 2019.

– Às vezes o futebol cobra pelos pequenos erros que você comete, e se olhar para trás são os nossos erros no campeonato. Nos empates vão ficando pontos importantes. Temos o mesmo número de derrotas do que o Flamengo. Ficam dois pontos contra o Bahia, dois pontos contra o Corinthians. Faltam algumas coisas importantes: ser decisivo, aproveitar o volume, acertar o gol quando está tudo pronto e é só acertar o gol. Quando você ganha, você faz melhor do que os adversários, quando perder você deixa de fazer bem, e os pontos ficam pelo caminho – analisou.

Bahia e Palmeiras fizeram um duelo equilibrado na Arena Fonte Nova. A equipe mandante, precisando desesperadamente da vitória, pressionou e manteve o controle da partida até encontrar o caminho do gol com Arthur Caíke, ainda no primeiro tempo. Já na segunda etapa, os visitantes mostraram sua força e fizeram valer a diferença técnica entre as equipes. Borja, em um dia inspirado, empatou aos 25 minutos. O resultado, porém, não foi bom para nenhum lado.

Com o empate, o Bahia manteve a 9ª posição da tabela, com 44 pontos e segue na briga por uma vaga na Sulamericana 2020. O Palmeiras, porém, encara uma dor de cabeça maior: se não vencer o Grêmio no próximo domingo (24), acompanhará o heptacampeonato rubro-negro sem chances nem de secar o adversário. E depende, ainda, de um ponto para se confirmar na Libertadores do ano que vem.

O duelo entre paulistas e gaúchos acontecerá no próximo domingo (24), às 18h, em São Paulo. Mais de 15 mil ingressos já foram vendidos para o reencontro.

Por: Coluna do Fla

“Secadores do Flamengo não têm tido muita felicidade”, diz Mano

O técnico Mano Menezes disse na entrevista coletiva que o Palmeiras merecia vencer o clássico contra o Corinthians, neste sábado, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. Após o empate por 1 a 1 no Dérbi, o treinador afirmou que quer aguardar o fim da rodada para falar sobre a caça ao líder Flamengo e minimizou a polêmica que se envolveu com o centroavante Borja, utilizado no segundo tempo.

Questionado se a briga pelo título ficou mais difícil após o empate no clássico, Mano disse que prefere esperar o resultado da partida do Flamengo contra o Bahia, no Maracanã. Mas ressaltou que o Palmeiras, segundo ele, mereceu vencer o arquirrival.

– Não sabemos. O Flamengo pode perder amanhã, aí diminui um ponto. Vamos esperar. Os secadores do Flamengo não têm tido muita felicidade. É importante, lógico, fazermos a nossa parte. Levamos o sentimento de que merecemos construir a vitória, escapou por esses detalhes. Jogamos com mérito para construir a vitória. Isso é importante – afirmou Mano.

Para o treinador, o Palmeiras não venceu por detalhes:

– A gente não sai contente completamente, não conseguiu vencer, mas entende que a equipe se entregou, criou oportunidades, mas faltou aquele detalhezinho que às vezes falta no futebol. Talvez porque fosse sábado à noite, que não é dia de clássico. Se fosse domingo, provavelmente, teria vencido.

Mano Menezes respondeu também as polêmicas que se envolveu com o atacante Borja. Na semana passada, em entrevista à ESPN Brasil, Mano Menezes disse que o colombiano “não tinha uma trajetória tão grande antes de chegar ao Palmeiras, em um clube de ponta da América Latina”, e que ele “talvez não seja tão estrela”.

As declarações renderam um comunicado do empresário do jogador, criticando o técnico. Borja também se manifestou a uma rádio colombiana, dizendo que “doeu na alma” ao ver o que o treinador disse sobre ele.

– A única que me interessa nessa conversa é a alma do Borja, que é muito boa e eu não quero de maneira nenhuma atingir. Fiz um comentário absolutamente normal, mas vocês sabem que fazem o que querem com o que a gente fala. Então, já levaram para lá e para cá. A resposta completa que está ali não pertence toda ao Borja. Eu estava falando de coisas gerais sobre aquilo que penso sobre às vezes as expectativas que se criam. Conversamos, óbvio que conversamos. E vou utilizá-lo porque faz parte do jogo e (ele) tem condição de entrar bem, como entrou. Poderia ter feito o gol da vitória, teve uma grande oportunidade. Enquanto estiver no grupo, vai ser utilizado como profissional do clube.

Mano disse que o time precisa trabalhar a ansiedade para chegar às vitórias.

– A ansiedade pode vir com determinados jogos. Eu estava olhando Bayern x Borussia, e os primeiros minutos foram parecidos com os nossos, com muitos erros. Às vezes, tem a ver com o momento que passa, o resultado anterior que cria pressão maior ou às vezes o próprio jogo traz esse componente. Temos de saber conviver com ele. Vai estar presente sempre em jogos grandes, e temos de saber dosar essa vontade, disposição com o gesto técnico e decisões técnicas porque são extremamente importantes para construir melhor as jogadas.

Por: GLOBO ESPORTE

Mano Menezes tenta explicar por que é difícil parar o Flamengo de Jorge Jesus

O Flamengo é o líder isolado do Campeonato Brasileiro, com 71 pontos, oito à frente do segundo colocado, Palmeiras, que tem 63. Restando apenas oito rodadas para o término da competição, o clima de decisão em cada partida disputada fica mais evidente. Mano Menezes, treinador do time paulista, falou sobre o rival carioca.

No programa Bem, Amigos, do SporTV, o Flamengo, inevitavelmente, foi assunto, e o técnico do Alviverde tentou explicar um pouco do motivo de ser tão difícil derrotar a equipe comandada pelo português Jorge Jesus. Na visão de Mano Menezes, o Fla tem bastante variação de esquema durante o jogo, o que torna complicada a missão de tentar encaixar a marcação.

FOTO: CESAR GRECO / AG. PALMEIRAS

— É claro que existem particularidades, mas o futebol não esconde as coisas muito tempo. Todo mundo já tem uma noção muito clara do que o Flamengo faz. A diferença é a maneira com que o Flamengo faz. A grande execução -, contou Mano.

— Porque hoje você não vai para o jogo com o Flamengo e diz ‘o Flamengo joga assim’; ele joga em vários sistemas dentro do jogo, vária mais, tem mais versatilidade, isso gera muita dificuldade em encaixar a marcação -, explicou.

O Flamengo de Jorge Jesus é o recordista de pontos após 30 rodadas disputadas do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro atua sempre procurando o ataque, o que tem agradado aos torcedores flamenguistas. O Fla encara o Botafogo na quinta-feira (07), pela 31ª rodada da competição. O duelo vai ser disputado no Engenhão, às 20h (horário de Brasília).

Por: Coluna do Fla

Casagrande discorda de Mano Menezes: “Ciúmes do trabalho do Jorge Jesus”

O Flamengo tem chamado a atenção de todos nos últimos meses, pois vem desempenhando um futebol de altíssimo nível. O time de Jorge Jesus é apontado, por muitos, como o time que tem a melhor performance no Campeonato Brasileiro de pontos corridos. Porém, nem todos enxergam dessa forma. Muitos treinadores brasileiros alfinetam o comandando português, como Mano Menezes, técnico do Palmeiras, fez recentemente.

Mano Menezes concedeu entrevista à ESPN e afirmou: “Eu penso que, se tivesse esses jogadores aí, Abel Braga também teria sucesso no Flamengo (…). Walter Casagrande, comentarista da TV Globo e também do SporTV, discordou de forma enfática da declaração polêmica do treinador do Palmeiras. Além disso, Casão, como é conhecido, ainda ponderou sobre um possível ciúme dos comandantes brasileiros em relação ao português.

FOTO: DOUGLAS MAGNO / BP FILMES

— Uma coisa… Eu falei no Troca de Passes, essa situação que o Mano falou, não dá para falar isso. Isso é ciúmes do trabalho do Jorge Jesus. Porque, você não tem a prova de que o Abel, ou qualquer outro treinador, que estivesse dirigindo o Flamengo neste momento, que o rendimento seria o mesmo. Não dá para ter essa ideia. Não existe o ‘se’ no futebol. O ‘se’ não existe na vida -, disse o comentarista.

Além de resultados significativos dentro de campo, Jorge Jesus é o grande responsável por fazer o time atuar taticamente acima das outras equipes do país. Sempre ofensivo, visando marcar gols, o técnico tem cerca de 75% de aproveitamento no comando do time rubro-negro. Ao todo, são 29 partidas, com 20 vitórias, sete empates e apenas duas derrotas.

Por: Coluna do Fla

Mano Menezes exalta poder de decisão do Flamengo, mas sai em defesa do Palmeiras: “Não existe grande diferença”

Faltando nove rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, os contornos de quais serão as pretensões finais dos times já estão decididas. Flamengo e Palmeiras lutarão pelo título até o fim da competição. Em entrevista ao Bola da Vez, programa da ESPN, Mano Menezes comentou sobre o Mais Querido deter mais jogadores com poder de decisão comparado aos atletas do Palmeiras.

 Não existe uma grande diferença de elenco entre Flamengo e Palmeiras, mas eles têm jogadores mais decisivos do que nós em um espaço de jogo. Isso não significa que a diferença de qualidade seja muito maior, superior, mas isso faz com que a vantagem na tabela atualmente seja justa.

FOTO: CÉSAR GRECO

Na 26º rodada, Flamengo e Palmeiras entrarão em campo na disputa de mais três pontos. Caso o time paulista cometa um deslize durante esse período e o Fla vença todas as partidas, podemos decretar o time carioca como campeão brasileiro deste ano.

No confronto do primeiro turno, o Mais Querido derrotou o Palmeiras por 3×0, no Maracanã. A partida ficou marcada pela diferente relevante entre as duas equipes. O próximo compromisso do Flamengo será contra o Corinthians, neste domingo (3), às 16 horas (horário de Brasília), no Maracanã, embate válido pela 30º rodada da competição; Palmeiras jogará contra o Ceará, em casa.

Por: Coluna do Fla

Jornalista ironiza declaração polêmica de Mano Menezes sobre Jorge Jesus: “Ri alto!”

O Flamengo tem sido apontado por muitos como o melhor futebol do Brasil no século XXI. Porém, nem sempre foi assim. No início deste ano, muitas críticas foram feitas ao desempenho do Rubro-Negro, que era comandado por Abel Braga. Desde a chegada de Jorge Jesus ao time carioca, no entanto, a performance evoluiu consideravelmente. Mas, há quem tente tirar o mérito do treinador português.

Mano Menezes concedeu entrevista à ESPN e disse: “Eu penso que, com esses jogadores aí, Abel Braga também teria sucesso no Flamengo (…). Não teve os laterais, não teve o Gérson, não teve o zagueiro, e estava com quantos meses de trabalho? Não estava nem com quatro cinco meses, mais um mês de preparação, três meses de competição”. O que resultou em uma resposta de Mauro Cezar Pereira.

Através de seu Blog no Uol Esporte, o jornalista ironizou a declaração do treinador do Palmeiras: “Confesso, eu ri. Ri alto! O corporativismo de certos treinadores do futebol brasileiro ultrapassa todos os limites. Quando um estrangeiro desembarca por aqui e muda a ordem das coisas fazendo um time que estava oito pontos atrás do líder disparar com dez de frente sobre o segundo colocado, além de alcançar a semifinal da Libertadores massacrando o campeão de dois anos atrás, parece impossível a esses profissionais reconhecer que urge parar e repensar o próprio trabalho. Repensar treinos, estratégias, tudo“.

Após tratar com certa ironia a declaração polêmica de Mano Menezes, Mauro Cezar Pereira foi além e opinou sobre o assunto. O jornalista detalhou, em tópicos, questões relacionadas ao tema. Com vários argumentos, Mauro busca desconstruir o que fora dito pelo comandante alviverde, que está a dez pontos de diferença do Flamengo na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro – o Rubro-Negro lidera com 67, enquanto o time paulista é o segundo colocado com 57.

“Passado o agradável efeito da gargalhada proporcionada pela fala do treinador, impossível não parar e tratar o tema com a seriedade que merece. Os argumentos do atual técnico do Palmeiras são tão risíveis e desconectados da realidade que o torcedor alviverde, ao ouvir tal pérola, deve ter ficado e preocupado, sem motivo algum para rir. Afinal, se o comandante do caro elenco campeão brasileiro pensa assim, quais serão as perspectivas da equipe sob esse comando? Não há como ser indiferente. Aos fatos:

FOTO: DIVULGAÇÃO

1) Abel começou seu trabalho em 2 de janeiro. Ele pediu demissão, se despedindo do elenco em 29 de maio. Portanto trabalhou por 147 dias. 2) Jesus deu seu primeiro treino em 20 de junho, estava a oito pontos da liderança do Campeonato. 3) O português assumiu a primeira colocação em 66 dias. Abel teve pré-temporada, Jorge Jesus contou com duas semanas de treino até a estreia. 4) Abriu 10 pontos de vantagem sobre Mano no 122º dia de trabalho. 5) Quando goleou o Grêmio por 5 a 0 tinha 125 dias no cargo. 6) Ao chegar a 156, nove dias a mais do que Abel permaneceu no clube, Jesus estará decidindo a Libertadores. 7) Ele pediu um zagueiro com as características de Pablo Marí, com seu antecessor, dificilmente o espanhol seria “descoberto”. 8) “Vamos precisar de mais jogadores de lado. Só aí saíram dois (Geuvânio e Marlos Moreno). Hoje temos o Vitinho (…). Temos necessidades óbvias. Tem um menino que me chamou muita atenção no treinamento. Gosto muito disso, de ter um cara que me chama a atenção no primeiro treino. O garoto machucou muito, foi emprestado… Eu ainda confundo o nome de dois ou três, aí perguntei quem era. É o Thiaguinho (Thiago Santos). Interessante esse cara, e é de lado. Vamos ver. Mas realmente precisamos de mais. Temos o Berrío, que tem uma grande velocidade e disposição”, disse Abel em seu quarto dia de trabalho durante entrevista. Note que jogadores com as características (e das posições) dos por Mano citado (Rafinha, Marí, Filipe Luís e Gérson) não estavam nos planos iniciais do ex-técnico. 9) “Arrascaeta, Vitinho ou Bruno Henrique gostam do lado esquerdo, mas eu não tenho três lados esquerdos. Tenho três jogadores que jogam do lado esquerdo. Então, um vai sempre para o lado direito”, disse Abel, em entrevista no dia 9 de março. O ex-treinador do Flamengo simplesmente não sabia como encaixar Bruno Henrique e Arrascaeta no time. Juntos eles e Gabigol (que era escalado na ponta-direita) fazem sucesso e somam 75 gols em 2019. Um deles, contra o Palmeiras, em cruzamento do camisa 27 para cabeçada do uruguaio, ajudou a demitir Luiz Felipe Scolari, abrindo espaço para Mano Menezes em seu atual emprego. 10) Mano chegou ao Palmeiras a três pontos da liderança. Está a 10. Como explicar isso? Abel teria tal vantagem sobre ele?

Além dos fatos acima elencados, impossível não causar espécie declarações que desafiam a inteligência alheia e levam para o raso um importante debate sobre o futebol praticado no Brasil. Mano ignora o choque provocado pela chegada de dois estrangeiros, os Jorges Sampaoli e Jesus. Opta por defender um treinador brasileiro, embora, inteligente que é, provavelmente saiba que as coisas, na prática, são totalmente diferente do que diz.

Perdeu enorme chance de acrescentar algo a respeito, preferiu a retranca, o conservadorismo, a mesmice. Parecia escalar seu time, mas estava dando uma entrevista. Contudo, foi engraçado. Se quiser gargalhar, o Bola da Vez com Mano irá ao ar no sábado à meia-noite e terça-feira às 21h30 na ESPN Brasil. Li que “no rosto o riso envolve 12 músculos, a gargalhada 24, além de outros músculos como o diafragma e abdominais”. Então, aproveite“.

Por: Coluna do Fla

Mano Menezes ‘cutuca’ Jorge Jesus em coletiva

O técnico do Flamengo, Jorge Jesus é conhecido por seu temperamento forte e explosivo dentro de campo. Desde que chegou ao comando da comissão técnica do time Rubro-Negro, o treinador português chama atenção da imprensa brasileira por suas cobranças no gramado e sua personalidade. Entretanto, este jeito parece não agradar outros técnicos que atuam no Brasil, como Mano Menezes. O líder da equipe do Palmeiras criticou uma atitude de Jorge Jesus com o jogador Jorge, do Santos, durante o confronto entre as duas equipes.

Durante uma coletiva de imprensa, o treinador do time paulista reclamou sobre o cartão amarelo que recebeu, e também comentou sobre o desentendimento entre Jorge Jesus e o jogador do Santos, Jorge. Nesta situação, Mano Menezes acredita que o treinador do Flamengo deveria ter sido punido pelo “tapa” que deu no atleta do Santos.

— Demorou, né? Pelo meu histórico. Tem outros bem a minha frente, já estiveram suspensos duas vezes. E já fizeram cinco vezes mais do que eu fiz, já brigaram na beira do campo, já teve treinador que deu tapa no rosto do outro jogador e não levou amarelo. Eu falei uma vez com o árbitro, só depois do gol anulado.

O próximo desafio de Jorge Jesus pelo Flamengo será contra o Grêmio, nesta nesta quarta-feira (02), às 21h30, horário de Brasília, pela primeira partida da semifinal da Copa Libertadores. As duas equipes voltam a se enfrentar no dia 23 de outubro, quarta-feira, às 21h30, horário de Brasília, no Maracanã. Mais de 50 mil ingressos já foram vendidos para a segunda partida da semifinal da Copa Libertadores, que acontecerá no Estádio Jornalista Mário Filho.

Por: Coluna do Fla

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod