Tag: River Plate

Flamengo poderá repetir roteiro da Libertadores 2019; entenda

O sorteio para as oitavas de final da Libertadores aconteceu no início da tarde desta sexta. Com transmissão realizada pela CONMEBOL, os confrontos foram definidos, bem como o chaveamento deles. Para o Flamengo, sobrou logo de cara um confronto Brasil X Argentina, diante do Racing. Mas um fato que chamou a atenção, é que o Flamengo, caso avance, poderá repetir o mesmo roteiro da Libertadores de 2019, na qual, se saiu campeão. Isso claro, se os adversários também passarem de fase, mas veja só como ficaram as chaves: Flamengo Libertadores De acordo com o que foi definido nos chaveamentos, o Flamengo enfrentará o Racing nas oitavas de final. Logo depois, caso passe, enfrenta o vencedor de Internacional e Boca Juniors. Nas semi-finais, enfrentaria o classificado entre Santos, LDU, Grêmio e Guaraní. Por fim, a final seria disputada contra um dos clubes da chave direita, dentre eles, o River Plate. Esse cenário te lembra algo? Sim, o Flamengo poderá ter em seus confrontos de quartas de final, semi-final e final, os mesmos adversários que enfrentou nas mesmas fases da Libertadores do ano passado. Internacional, Grêmio e River Plate, nessa mesma sequência. É possível dizer que desta vez, o Flamengo tem um adversário mais complicado que o Emelec nas oitavas. Por outro lado, não precisará lidar com um treinador recém chegado, como era o caso de Jesus naquela ocasião. Dome já conhece o elenco e o time apresenta melhora significativa a cada partida. Agora é trabalhar para vencer mais uma vez a competição mais desejada das américas. Leia também: Torcedores do Racing se desesperam ao saber que enfrentarão o Fla; veja Veja também: Flamengo enfrentará o Racing Club nas oitavas de final da Libertadores    

Zagueiro do River nega assistir a reprise da final diante do Flamengo: “Não estou preparado”

No segundo semestre de 2019, Flamengo conquistou dois títulos épicos. A Libertadores, especialmente, obteve mais importância pelo tempo de espera da torcida rubro-negra. Autor de dois gols nos últimos três minutos do jogo, Gabigol causou ‘dor de cabeça’ no sistema defensivo do adversário. Javier Pinola, zagueiro do River Plate, revelou que não reviu a final de Lima e lamentou a perda da decisão.

— Porque não preciso. Porque não estou preparado para voltar a vê-la. Porque é uma dor. Porque em três minutos se mancha tudo de bom que tínhamos feito com o grupo. Sei no que errei e o que não errei. E tenho que continuar aprendendo com esses erros.

FOTO: REPRODUÇÃO / TWITTER

O River Plate, no entanto, chegava a terceira final nos últimos cinco anos. O time de Marcelo Gallardo se caracterizava pela envolvência tática em campo – semelhante com a do Flamengo. No segundo gol, Pinola cabeceou a bola para dentro da área, onde foi letal para Gabigol marcar o segundo êxito e garantir o título rubro-negro. O zagueiro do time argentino assumiu o erro técnico na jogada primordial da final.

— Antes do positivo, eu vejo sempre o negativo, e fiquei com isso. Sabia em que o momento que não poderia falhar, falhei. E assumo a responsabilidade, dou a cara pra bater, tento virar a página.

Por: Coluna do Fla

“Equipe muito dura”, diz atacante do River sobre final da Libertadores

No dia 23 de novembro de 2019, Flamengo conquistou o bicampeonato da Libertadores da América. Em Lima, o confronto foi histórico, pois consagrou a primeira final única do torneio e reuniu dois times com futebol envolvente. Rafael Borré, atacante do River Plate, exaltou a qualidade do Mais Querido.

 Flamengo foi uma equipe muito dura, difícil, que analisamos por um longo tempo. Na sua maneira de jogar, vimos com os jogadores se moviam, por onde atacavam. Fizemos um jogo espetacular, com a equipe muito sólida, mas infelizmente o título escapou no final.

FOTO: REPRODUÇÃO

Com três gols marcados, Borré foi o artilheiro do River Plate na maior competição do continente sul-americano. Gabigol, no entanto, marcou nove – seis a mais que o atacante argentino. O goleador rubro-negro marcou dois gols na decisão e consolidou o título para o Flamengo.

Nesta edição, a final única será disputada no Maracanã, estádio em que Flamengo terminou a fase mata-mata de forma invicta no último torneio. Visto isso, a diretoria do clube carioca pretende reforçar o elenco com força máxima. Pedro Rocha, Gustavo Henrique e Thiago já foram anunciados oficialmente.

Por: Coluna do Fla

Flamengo e River são os clubes mais valiosos da América

Você tem alguma ideia da posição que os principais times brasileiros —e sul-americanos— ocupariam em uma lista dos elencos mais valiosos do mundo? Será que algum deles estaria, ao menos, dentro do top 100? A resposta é positiva.

São cinco os times sul-americanos – sendo três brasileiros – que integram a lista dos 100 mais valiosos do planeta. E o primeiro não é verde e amarelo: o River Plate, atual vice-campeão da Copa Libertadores. Os argentinos aparecem na 65ª posição, com um valor de mercado de 163,9 milhões de euros.

Na sequência, nessa ordem, estão Flamengo (70º), Boca Juniors (87º), Grêmio (88º) e Palmeiras (91º). Confira abaixo os valores dos sul-americanos (*) e uma comparação com os 20 clubes mais valiosos do planeta. Será que um dia chegaremos perto do topo?

Foto: Divulgação

1 – Manchester City – 1,3 bilhão

2 – Liverpool – 1,18 bilhão

3 – Barcelona – 1,09 bilhão

4 – Real Madrid – 1,07 bilhão

5 – PSG – 1,01 bilhão

6 – Tottenham – 959,5 milhões

7 – Bayern de Munique – 892,65 milhões

8 – Chelsea – 842,75 milhões

9 – Atlético de Madri – 835,5 milhões

10 – Juventus – 820 milhões

11 – Manchester United – 748,25 milhões

12 – Arsenal – 677,75 milhões

13 – Inter de Milão – 632,9 milhões

14 – Napoli – 630,7 milhões

15 – Borussia Dortmund – 618,4 milhões

16 – RB Leipzig – 590,4 milhões

17 – Valencia – 509,5 milhões

18 – Leicester – 505,5 milhões

19 – Everton – 495,7 milhões

20 – Milan – 460,8 milhões

65 – River Plate – 163,9 milhões

70 – Flamengo – 145,3 milhões

87 – Boca Juniors – 118,43 milhões

88 – Grêmio – 117,4 milhões

91 – Palmeiras – 114,8 milhões

* valores em euros

Por: UOL

Flamengo

“Aprendemos que não podemos desistir”, diz Ribeiro sobre viradas contra River e Al-Hilal

O Flamengo de Jorge Jesus mostrou que além de ser muito bom com a bola nos pés, também é forte mentalmente nas partidas decisivas. Assim como na final da Libertadores diante do River Plate, o Mais Querido venceu o Al-Hilal de virada na semifinal do Mundial de Clubes e o capitão Everton Ribeiro falou sobre a maneira com que os atletas encaram essa situação.

– Aprendemos que não podemos desistir. Que somos capazes. E que temos que jogar da nossa maneira os 90 minutos. Tem um outro time que vai tentar anular nossas jogadas, temos que tentar sair da marcação para fazer um bom jogo.

Foto: Alexandre Vidal/Marcelo Cortes/Flamengo

Projetando a decisão diante do Liverpool, o camisa 7 afirmou que a estratégia para encarar os ingleses já foi montada, mas só será divulgada quando a bola rolar.

– São poucos pontos fracos que eles têm, mas vamos fazer a estratégia em cima deles. Não posso falar aqui. O que tinha que ser feito, está feito. Agora, é colocar em prática no jogo.

Por: Coluna do Fla

Perfil da Libertadores relembra os gols da final entre Flamengo x River

Dia 23 de novembro foi especial para a torcida do Flamengo. A conquista da Copa Libertadores, 38 anos depois, apenas confirmou o ótimo desempenho do time na competição. Nesta quinta-feira (12), dia clássico para #tbt, o perfil da Conmebol fez uma publicação com os gols da final.

Veja!

A parte possuiu requintes de tensão, pois com o gol do River no começo do embate, Flamengo ficou desestabilizado em todo primeiro tempo. Na segunda etapa, o time comandado pelo Mister entrou com mentalidade e conseguiu ter êxito na final da maior competição do continente sul-americano.

Gabigol, por sua vez, foi o nome da partida. O atacante do Mais Querido marcou os dois gols mais decisivos dos últimos 38 anos, consolidando o título do Flamengo após a vitória de 2×1 sobre o time argentino. Aos 23 anos, o jogador rubro-negro também foi eleito o artilheiro da Libertadores, com êxitos gols marcados.

Por: Coluna do Fla
Rafinha comemorando

Rafinha e Everton revelam diálogo entre os jogadores antes de virada histórica sobre o River

Nesta segunda-feira, em participação no programa Bem, Amigos!, do canal SporTV, Rafinha e Everton Ribeiro relembraram a decisão contra o River Plate, pela final da Copa Libertadores da América. Os jogadores revelaram as conversas que tiveram com os companheiros no intervalo e durante a partida, antes da virada histórica que garantiu ao Flamengo o bicampeonato.

– Durante o intervalo, eu falei: agora está na hora de a gente entrar no jogo. Está 1×0 para os caras, já passou o nervosismo dos primeiros minutos, já acabou o primeiro tempo, vamos voltar para o jogo (…) temos que ser realistas. Eu achei que a gente poderia empatar, virar, não -, ressaltou o camisa 13.

FOTO: DIVULGAÇÃO / CBF

O Flamengo saiu atrás do placar e viu o River em vantagem até os 89 minutos do segundo tempo, pouco antes do gol de empate. Everton Ribeiro, capitão do Rubro-Negro no duelo contra os argentinos, completou a fala do lateral-direito e garantiu que acreditava na virada.

– Logo depois que a gente fez o gol eu falei pro Diego Alves: agora calma, os caras estão mortos, a gente vai virar, na prorrogação a gente vai virar. Ai saiu a bola, tocou no Rafa, o Rafa no Diego, Diego no Gabi que fez o gol -, relembrou o meio campista.

Os gols do Rubro-Negro saíram aos 43 e 46 minutos do segundo tempo, tornando a decisão ainda mais emocionante. O Flamengo conquistou o bicampeonato da América depois de 38 anos da primeira conquista, e o elenco de 2019 escreveu, literalmente, seu nome na história do Maior do Mundo.

Por: Coluna do Fla

River Plate sofre gol e adversário imita comemoração de Gabigol

Parece que a derrota do River Plate na grande final da Libertadores para o Flamengo ainda está sendo muito falado na Argentina. Pelo campeonato nacional, o time comandado por Marcelo Gallardo está perdendo para o Newell’s Old Boys por 2 a 1. No gol marcado por Leal (Newell’s), o atacante, na hora de comemorar, imitou o gesto de Gabigol.

A partida válida pela 15ª rodada do Campeonato Argentino, está acontecendo neste momento no estádio Marcelo Bielsa. O segundo gol dos donos da casa foi marcado por Luís Leal. Na comemoração, o jogador fez um gesto que ficou muito conhecido no Brasil, e também na América do Sul, quando Gabigol marcou os dois gols da vitória do Flamengo sobre o River.

Confira o momento do gol do atacante.

Por: Urubu Interativo

Rodrigo Caio-Flamengo

“Eles não vão para chegar na bola, vão direto no seu corpo para te derrubar”, diz Rodrigo Caio sobre River

O Flamengo foi campeão brasileiro no último domingo (24) sem precisar entrar em campo. Isso porque, um dia antes, no sábado (23), o Rubro-Negro estava em Lima, no Peru, enfrentando o River Plate, da Argentina, pela final da Copa Conmebol Libertadores. A equipe carioca venceu por 2 a 1, de virada, e conquistou o bicampeonato da competição continental. Rodrigo Caio comentou o estilo de jogo dos argentinos.

— É um outro estilo de jogo (do River Plate). Não é como a gente joga na nossa liga aqui. Eles entram dentro do jogador, forte. Você toca na bola, e muitas vezes eles não vão chegar na bola, vão direto no seu corpo para te derrubar. Não para te machucar, mas é muito vigor físico, muita força -, disse Rodrigo Caio, em entrevista ao canal De Sola.

Embora a competição seja internacional, o Flamengo enfrentou dois times brasileiros nas quartas de finais e também nas semifinais – Internacional e Grêmio, respectivamente. Estes confronto, na visão de Rodrigo Caio, prejudicaram o Flamengo na finalíssima da Libertadores da América. Isso porque, o Rubro-Negro não teria se preparado adequadamente para encarar os argentinos, que têm uma forma diferente de jogar futebol do que é praticado no Brasil.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

— Não é que a gente não estava preparado (para enfrentar o River), mas jogamos as quartas e a semifinal contra times brasileiros. Então isso não fez tão bem para nós, na minha opinião. A gente teria ido melhor se tivéssemos enfrentado um time sul-americano, porque já teríamos uma noção de como seria. Jogamos na fase de grupos, mas é diferente, assim como nas oitavas de final. Quando fomos para a decisão, vimos uma equipe muito dura na marcação, todas as bolas vinham para nos derrubar para parar o jogo -, encerrou o jogador.

Ao longo dessa semana, o Flamengo comemorou bastante os títulos conquistados. Na última quarta-feira (27), o Rubro-Negro goleou o Ceará por 4 a 1, em um Maracanã com quase 70 mil pessoas. A equipe carioca agora se prepara para enfrentar o Palmeiras, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo vai ser disputado no estádio do time paulista, em São Paulo, e terá início às 16h (horário de Brasília) do próximo domingo (01).

Por: Coluna do Fla

Vídeo: Gabigol foi expulso por provocar a torcida do River Plate

Muita gente não entendeu por que Gabigol foi expulso na final da Copa Libertadores, depois de marcar os dois gols da vitória do Flamengo sobre o River Plate, por 2 a 1. As imagens da transmissão não flagraram, mas o atacante fez gestos obscenos para o banco e torcida dos argentinos.

A informação é de Pedro Ivo Almeida, comentarista dos canais ESPN, no portal “UOL”.

Foi já aos 50 minutos do segundo tempo quando o árbitro chileno Roberto Tobar mostrou o cartão vermelho para o atacante, pouco antes de um amarelo por ele ter tirado a camisa para comemorar o segundo gol. Do outro lado do campo, Ezequiel Palacios, do River, havia sido expulso.

No campo de defesa do Flamengo, enquanto bebia água, Gabigol sacudiu os órgãos genitais em direção a torcedores do River na arquibancada e, depois, repetiu o gesto para rivais do banco de reservas. Tobar foi avisado por seus auxiliares do que ocorreu e não teve dúvidas.

Apesar da expulsão na final da Libertadores, Gabigol não carregará a suspensão para o Mundial de Clubes. O regulamento da competição da Fifa é claro: “Cartões amarelos e suspensões pendentes que não puderam ser servidas na competição da confederação, não são levadas para o Mundial 2019”.

Assim, Gabigol terá que cumprir essa suspensão na próxima competição da Conmebol, em 2020.

O Mundial de Clubes começa no dia 11 de dezembro, com o Flamengo fazendo sua estreia na semifinal no dia 17 contra o vencedor de Esperance-TUN e o Al Hilal-SAU, campeão da Champions Asiática neste domingo.

Por: ESPN

Riquelme elogia jogo entre Flamengo e River Plate: “Grande final”

É impossível falar em Juan Román Riquelme sem pensar diretamente no Boca Juniors, clube que o fez ídolo máximo. O craque argentino conquistou 15 títulos – sendo três Libertadores da América. Apesar de ser um nome de extrema importância no rival, Riquelme nunca teve problema em elogiar os feitos do River Plate de Gallardo. Após acompanhar a grande final entre os Milionários e Rubro-Negros, o meia destacou os pontos fortes das duas equipes.

– Foi uma grande final. River fez um ótimo jogo, jogou a primeira metade de forma incrível e claramente superou o Flamengo, que é um ótimo time e tem jogadores de alta qualidade -, disse Riquelme.

FOTO: DIVULGAÇÃO

O meia argentino ainda completou a análise exaltando a qualidade diferenciada dos dois principais goleadores brasileiros.

– Finais são vencidas pelos diferentes jogadores. Gabigol e Bruno Henrique são de outra categoria e foi o suficiente para vencer a Copa -, afirmou.

Riquelme passou por clubes de grandes expressões: Boca Juniors, Barcelona, Villarreal e Seleção Argentina. Foi no clube argentino que o meia passou mais tempo em sua carreira. A primeira passagem ocorreu entre 1996/97 até 2001/02 e a segunda durou de 2007 até 2013/14 – conquistou seis Campeonatos Nacionais, três Libertadores, um Mundial, uma Recopa e duas Copas Argentinas.

Por: Coluna do Fla

River Plate faz publicação direcionada ao Flamengo após ser vice na Libertadores

O Flamengo construiu um verdadeiro roteiro de filme neste sábado (23): com dois gols nos últimos minutos de jogo, o Rubro-Negro bateu o River Plate por 2 a 1 no estádio Monumental U e conquistou o título da Copa Libertadores da América. Após o triunfo do Mais Querido, o clube argentino mandou mensagem direcionada ao Fla.

Na publicação, o River Plate demonstrou extremo espírito esportivo e parabenizou o Flamengo pela conquista: “Felicitamos a Flamengo por la obtención de la Copa Libertadores 2019”. Nos comentários, rubro-negros agradeceram pela felicitação, e argentinos parabenizaram a própria equipe pelo desempenho ao longo da competição.

CONFIRA A PUBLICAÇÃO: Por: Coluna do Fla

Técnico do River exalta o Flamengo após virada emocionante e conquista da Libertadores

Foi sofrido e com muita luta por parte dos jogadores, mas deu Flamengo. A equipe carioca escreveu mais um lindo capítulo de sua história neste sábado (23) ao bater de virada o River Plate, por 2 a 1, e conquistar o título da Libertadores. Após o apito final, o treinador da equipe de Buenos Aires, Marcelo Gallardo, elogiou o poderio do Rubro-Negro, mas lamentou a derrota no fim.

– Enfrentamos um rival poderoso, e mesmo assim todos viemos. A torcida acreditou. A raiva vai durar, mas o orgulho dos nossos torcedores, o nosso, o meu, continua. Quando baixa a angústia e frustração, vou sentir mais orgulho -, disse o treinador do River, completando logo em seguida:

FOTO: ANTONIO LACERDA / EFE

– Antes de começar o jogo parecíamos que perderíamos por mais de três gols e sinto que fizemos uma partida muito boa. Faltou só o final -, afirmou.

Com o título da Libertadores, o Flamengo garantiu vaga no Mundial de Clubes, que será disputado em dezembro. Antes disso, a equipe carioca foca as suas atenções no Brasileirão, competição na qual poderá voltar erguer a taça neste domingo (24). Para que tal façanha aconteça, o Palmeiras não poderá vencer o Grêmio.

Por: Coluna do Fla

Goleiro foi atleta do River com mais posse de bola durante final da Libertadores

A final da Copa Libertadores da América, disputada no último sábado (23), contou com um verdadeiro roteiro de cinema. Isso porque, o River Plate abriu o placar sobre o Flamengo ainda no início da partida, com o relógio marcando ainda 14 minutos de jogo. A vantagem foi mantida até a reta final da decisão, quando o Fla conseguiu empatar e virar com gols aos 43 e aos 47 do segundo tempo. Porém, até que o Rubro-Negro conseguisse balançar as redes, foi necessário concentração e ‘gelo no sangue’ para lidar com a cera da equipe argentina.

Além das constantes faltas para parar o jogo – foram 27 ao total – o goleiro Franco Armani também tentou ‘ganhar’ o máximo de tempo possível. Prova disso é que ele foi o jogador do River Plate que mais teve a posse de bola ao longo da partida. Segundo dados do portal Footstats, o camisa 1 da equipe argentina ficou com a bola sob seu controle durante 7,07% do tempo.

A ‘catimba’ de Armani foi tanta, que superou com folga seus companheiros de equipe. Prova disso é que o mais próximo dele foi o meia Exequiel Palacios, que ficou com a bola durante 5,53% do tempo. Completando o ‘pódio’ do River no quesito, aparece De La Cruz, com apenas 3,79%.

A título de comparação, os três jogadores do Flamengo que possuíram a bola durante a maior parte dos 90 minutos foram Rafinha, Filipe Luís e Everton Ribeiro. Eles tiveram, respectivamente, 8,74%, 7,33% e 5,14%. Vale destacar também Diego Ribas. O camisa 10 foi acionado aos 20 minutos do segundo tempo, após Gerson apresentar problema físico, e mudou a partida. Ele foi o quarto jogador do Flamengo que mais ficou com a bola, com 5,01%.

Agora bicampeão da Libertadores, o Flamengo está prestes também a garantir outro troféu na galeria: o do Campeonato Brasileiro de 2019. Com 81 pontos conquistados em 34 rodadas, o Rubro-Negro pode se sagrar campeão mesmo sem entrar em campo neste domingo (24). Isso porque o Palmeiras, vice-líder, tem 13 pontos a menos e, caso não vença o Grêmio no confronto desta tarde, não terá mais chance matemática de alcançar o Fla.

Por: Coluna do Fla

Confira a escalação do Flamengo para a grande final da Libertadores

O momento mais esperado da temporada de 2019 está prestes a chegar. A bola rola para a final da Copa Libertadores da América às 17h deste sábado (23), para o duelo entre Flamengo e River Plate, no Estádio Monumental “U”, em Lima, no Peru. O técnico Jorge Jesus não fez mistério sobre a escalação e, como manda o protocolo, o Rubro-Negro confirmou a equipe que entra em campo.

CONFIRA OS ESCOLHIDOS POR JORGE JESUS:

Titulares: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Arão, Gerson, Everton Ribeiro e De Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol.

Por: Coluna do Fla

Zico indica caminho para Flamengo bater o River Plate na final da Libertadores

Arthur Antunes Coimbra foi o grande responsável pela, até então, maior conquista da farta cultura rubro-negra – camisa 10, artilheiro e capitão na Taça Libertadores da América de 1981. Somente em 2019, 38 anos depois, Zico pode ter o prazer de ver um elenco chegar tão longe neste torneio. Desta vez, guiado por Everton Ribeiro com a braçadeira herdada da Entidade. Sabendo os caminhos para a glória eterna, Galinho deu conselhos para os novos jogadores.

O que pode ser decisivo é o Flamengo jogar como tem jogado. É um jogo só e é necessário ter atenção o tempo todo. Decisão é como se cada bola fosse o último prato de comida. Então, atenção em todos os pontos, porque às vezes uma distração faz perder campeonato. É o Flamengo jogar como tem jogado, firme, com muita técnica, muita garra, muita luta e coletivamente. Jogando o “nós”, não o “eu”. O Flamengo passa por um momento melhor do que o River e, por isso, acho que a Libertadores pode voltar para a Gávea –, alertou o eterno camisa 10.
FOTO: DIVULGAÇÃO

Zico, ao lado de jogadores que dispensam apresentação, pintaram a América e depois o mundo de vermelho e preto em 1981. O camisa 10 foi, além de capitão, o artilheiro da conquista com 11 gols – responsável pelos dois tentos da final contra o Cobreloa, no Centenário de Montevidéu.

Em 2019, o adversário é um rival histórico – River Plate, da Argentina. O solo será, assim como em 1981, neutro e a final será a primeira decidida apenas em 90 minutos. Flamengo e River chegaram em Lima na última quarta-feira (20) e trabalharam normalmente nesta quinta (21). A decisão está marcada para sábado (23), às 15h (horário local – 17h em Brasília).

Por: Coluna do Fla

Flamengo x River Plate – Acerte o placar

Flamengo e River Plate, da Argentina, decidem neste sábado (23) a primeira edição da Copa Conmebol Libertadores nos moldes europeus: final em jogo único e em campo neutro.

Muito elogiado no Brasil e pelo mundo, o Flamengo terá força máxima para enfrentar os argentinos. Com a dupla de ataque com mais gols na América do Sul em 2019, o time de Jorge Jesus não deverá ter surpresas na escalação para a grande final em Lima.

Do outro lado, o River Plate espera garantir o terceiro título da Libertadores da América em cinco anos. Comandados por Marcelo Gallardo, os atuais campeões da competição não terão mudança no sistema defensivo, diferentemente de como o treinador argentino supôs que faria.

FICHA TÉCNICA FLAMENGO X RIVER PLATE

Local: Monumental U, Lima, Peru Data: 23 de novembro de 2019, sábado Horário: 17h (horário de Brasília) Árbitro: ​Roberto Tobar (FIFA/Chile) Assistentes: Christian Schiemann (FIFA/Chile) e Claudio Rios (FIFA/Chile) VAR: Esteban Ostojich (FIFA/Uruguai)

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES: 

Flamengo: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Arão, Gerson, Everton Ribeiro e De Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabriel Barbosa. Treinador: Jorge Jesus.

River Plate: Armani; Montiel, Lucas Martínez, Pinola e Casco; Enzo Pérez; Palacios, Ignacio Fernández e De La Cruz; Borré e Matías Suárez. Treinador: Marcelo Gallador.

Por: Coluna do Fla

Goleiro do River exalta o Flamengo, mas ressalta experiência do clube argentino: “O grupo é copeiro”

Poucos horas separam o Flamengo da decisão da Libertadores da América de 2019. A equipe carioca terá pela frente o River Plate, campeão da última edição do torneio. Em entrevista concedida nesta sexta-feira (22), o goleiro Franco Armani elogiou o Rubro-Negro e o técnico Jorge Jesus.

– São dois times que tratam de jogar, tratam bem a bola. Têm estilo de jogo próprio, identidade própria. Vai ser um jogo muito disputado, aguerrido, com garra, fechado, como todas as finais. Aquele que levar a vantagem primeiro pode fazer com que a partida se abra -, ressaltou o arqueiro argentino, indo além ao falar do “Mister”.

É um técnico com muita experiência, que esteve na Europa por muitos anos e chegou ao Flamengo para dar uma identidade ao time. Um estilo de jogo muito claro. Está brigando no Brasileiro e próximo de sair campeão. Potencializou muito o time com toda as condições necessárias e suficientes -, disse ele.
FOTO: EFE

Apesar dos elogios, Armani não deixou de dar moral à equipe argentina, que chega em sua segunda final consecutiva de Libertadores.

– Friso a importância do grupo, dos companheiros, que nos faz sentir à vontade, privilegiados, e hoje podermos estar defendendo as cores do River. Acredito que, no aspecto pessoal, eu dê muita importância ao grupo. O grupo é copeiro. Tento colocar à frente de tudo os companheiros -, afirmou.

O goleiro Franco Armani é um dos 11 titulares do River Plate confirmados para enfrentar o Flamengo. As duas equipes se encaram para decidir quem será o campeão sul-americano a partir das 17h (horário de Brasília) deste sábado (23), no estádio Monumental de Lima, no Peru.

Por: Coluna do Fla

Gabigol pede concentração ao Flamengo na final e elogia River : “Muito qualificado”

O Flamengo viajou à Lima, no Peru, na última quarta-feira (20), e a torcida fez uma linda festa para os jogadores. Os flamenguistas levaram o ônibus do time do CT do Ninho do Urubu ao aeroporto do Galeão. Gabriel Barbosa, em entrevista à Conmebol, comentou sobre o que os torcedores fizeram para os atletas e comissão técnica.

Pudemos ver ali no ônibus a emoção deles, a felicidade de estarem vivendo este momento com a gente. Então, como falei, temos que treinar, concentrar, estudar a equipe deles para chegar muito bem neste confronto -, disse o jogador.

O Flamengo vai encarar o River Plate, da Argentina, na grande final da Copa Conmebol Libertadores. Gabriel Barbosa, ao ser questionado sobre a qualidade do time argentino, elogiou o rival e respondeu em qual atleta o Fla tem que manter o foco durante os 90 minutos.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

— Todos (os jogadores). Um time que chega na final não é à toa. E não é a primeira vez que eles chegam. Então, a equipe deles é muito qualificada e temos que trabalhar e chegar forte no jogo -, encerrou o camisa 9 do Flamengo.

O Flamengo treinou na tarde desta quinta-feira (21) no Centro de Treinamento da Seleção Peruana, La Videna. Nesta sexta (22), o Rubro-Negro encerra a preparação para a grande final da Copa Conmebol Libertadores. A partida entre Fla e River Plate acontece no sábado (23), às 17h (horário de Brasília). O duelo vai ser disputado no estádio Monumental U, em Lima, no Peru.

Por: Coluna do Fla

Torcedor do River imita macaco e gera revolta entre rubro-negros

A festa que a torcida do Flamengo está fazendo em Lima, no Peru, teve que ser interrompida na tarde desta sexta-feira. Torcedores do River Plate protagonizaram cenas de racismo e preconceito ao imitar macacos em referência aos rubro-negros. A atitude gerou revolta e torcedores do Mais Querido foram tirar satisfações; veja

Uma confusão foi criada e mediadores precisaram acalmar os ânimos. Segundo o portal UOL, a situação aconteceu no Shopping Larcomar, em Miraflores; Ainda de acordo com o site, os policiais peruanos demoraram a repreender as atitudes de racismo explícito e liberaram o grupo responsável pelos atos preconceituosos.

Flamengo e River entram em campo neste sábado (23), para decidir o título da Copa Libertadores. O Mais Querido vai em busca do bicampeonato da competição para realizar o sonho da Maior Torcida do Mundo: levantar, novamente, a taça de campeão da América.

Por: Coluna do Fla


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod