Tag: Rogério Ceni

Flamengo

Para jornalista, Flamengo é melhor que seleção do Uruguai

O Flamengo vive fase incrível no futebol brasileiro. Em busca do tricampeonato brasileiro, algo que só aconteceu com o São Paulo no início do século, o clube é destaque em todos os programas esportivos. E esse bom momento foi destaque do programa “Bate-Bola Debate”. Os jornalistas compararam as atuações de Arrascaeta com a camisa do Flamengo e com a camisa do Uruguai.

O comentarista Celso Unzelte destacou que do ponto de vista coletivo, a equipe de Rogério Ceni é melhor que a de Óscar Tabárez. Para ele também, Arrascaeta manter boa sequência de jogos no clube é mais importante que ganhar titularidade na seleção.

“Time por time, o Flamengo hoje é melhor do que a seleção uruguaia. Pro Arrascaeta, é melhor jogar no Flamengo do que na seleção uruguaia. Ele não é o Pedro Rocha, o Schiaffino, o Enzo Francescoli, pro Uruguai, ele não é nem o Álvaro Recoba”, comentou, que ainda finalizou:

“Esse rapaz está na seleção desde 2014 e em 27 jogos fez três “golzinhos”. Muito pouco! Muito pouco para um país carente. O Uruguai não é mais aquele dos tempos desses jogadores todos que eu citei”

Unzelte vai em direção oposta a de Fábio Sormani, que o tempo todo, e de forma birrenta, precisa minimizar o futebol do uruguaio, que já há alguns anos, é o melhor do país em sua posição. O comentarista em questão talvez tenha ficado um pouco incomodado com as brincadeiras que sofreu após comparar Rodriguinho com Arrascaeta.

Brincadeiras essas que fazem total sentido, Rodriguinho nunca conseguiu desempenhar a longo prazo o futebol que Arrascaeta consegue. Pelo contrário, o meia quando tinha a idade que Arrascaeta tem atualmente, tinha se destacado apenas pelo América-MG, e dado errado no Corinthians. Logo depois de mais velho que seu desempenho subiu e conquistou títulos, algo que Arrasca já tem.

Veja também: Flamengo faz últimos ajustes antes da partida contra o Fortaleza, pelo Brasileirão

Flamengo e Fortaleza

Flamengo e Fortaleza: Onde assistir, escalações e arbitragem

Hoje é dia de Campeonato Brasileiro e o Flamengo volta a campo para enfrentar o Fortaleza no Maracanã. A partida de hoje marca também a despedida de Gerson com a camisa do Flamengo, o jogador ainda tenta marcar um gol antes de sua saída.

Rogério Ceni também vive clima de “reencontro” com a comissão técnica do Fortaleza, na qual foi conquistou seus primeiro títulos. Porém todas as emoções precisam ser deixadas de lado, o Flamengo perdeu na última rodada para o Bragantino, e uma nova derrota seria péssimo para o time na sequência.

Os desfalques são diversos, Arrascaeta, Everton Ribeiro, Isla e Gabigol seguem de fora. Por outro lado, Pedro está relacionado, mas com Muniz em grande nível, Rogério deverá ter dores de cabeça na montagem do time.

Flamengo e Fortaleza: Prováveis escalações

Apesar da possível dor de cabeça, Rogério foi direto em seus treinamentos, retornando com Pedro entre os titulares. Uma novidade que deverá começar do banco de reservas é o volante Thiago Maia. Ele retorna depois de sete meses parado, por conta de lesão no joelho. No sistema defensivo, o Flamengo vai com força máxima, a exceção segue sendo Matheuzinho, reserva de Isla.

Confira a provável escalação:

Diego Alves; Matheuzinho, Willian Arão, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Diego, Gerson, Michael e Vitinho; Bruno Henrique e Pedro.

O Fortaleza não terá maiores problemas com desfalques, pelo contrário. Conta na noite de hoje com o retorno de Lucas Crispim, jogador que vem sendo importante para o time na temporada. A provável escalação do Fortaleza de Juan Pablo Vojvoda tem:

Felipe Alves; Tinga, Marcelo Benevenuto e Titi; Felipe, Éderson, Matheus Vargas, Yago Pikachu e Lucas Crispim; Wellington Paulista e David.

Flamengo e Fortaleza: Onde assistir

Flamengo e Fortaleza conta com a transmissão do Premiere para todo o Brasil. A bola rola à partir das 19h (horário de Brasília), no Maracanã.

Arbitragem

Anderson Daronco será o árbitro da partida, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Michael Stanislau.

Marcos Braz

Marcos Braz admite ida ao mercado e fala sobre posições carentes

O Flamengo precisa contratar. Isso é praticamente uma unanimidade entre os torcedores do clube. Mesmo tendo um dos melhores do Brasil, faltam peças em algumas posições, como nas pontas e no meio de campo. Hoje o elenco não tem substituto para Arrascaeta e Everton Ribeiro, por exemplo.

Dessa forma, o vice-presidente de futebol do Flamengo Marcos Braz, foi questionado sobre a possível ida do clube ao mercado, para reforçar o elenco. O dirigente respondeu.

Sim, é possível (que tenha contratações), e o Flamengo está atrás delas. Só que não é fácil e a gente não vai contratar por contratar. É do meio de campo para frente.”, comentou.

Portanto, na visão do dirigente, o Flamengo precisa contratar no sistema de ataque. Provavelmente uma peça de meio de campo, como Ceni já havia sinalizado, e um atacante. É possível também que uma substituição a Gerson seja pensada no mercado.

A diretoria deixa a entender então que a expectativa do torcedor de poder contar com um reforço na zaga, não deve ser alimentada. Rumores recentes colocaram David Luiz na mira do rubro negro, mas nada foi confirmado.

Com Bruno Viana, Gustavo Henrique e Léo Pereira em baixa, hoje o Flamengo precisa improvisar Willian Arão na posição de zagueiro. O jogador faz até bons jogos, mas em determinados lances mostra dificuldades em sua função improvisada.

O Flamengo volta a campo nesta quarta, às 19h (horário de Brasília) no Maracanã diante do Fortaleza. A equipe cearense faz temporada interessante e promete complicar o jogo para o Flamengo, assim como fez o Bragantino no sábado.

Assim, o elenco se prepara para dar a Gerson a melhor despedida possível.

Veja também: Remadores do Flamengo estão prontos para a 2ª Regata do Campeonato Estadual

Thiago Maia

Flamengo confirma retorno de Thiago Maia em campo

Sete meses, um longo período de recuperação. Thiago Maia já estava ansioso para voltar em campo e deixava isso claro em suas redes sociais. E o momento finalmente chegou, e chegou logo quando o Flamengo mais irá precisar.

O volante está relacionado para a partida de amanhã, diante do Fortaleza, pelo Campeonato Brasileiro. A última vez que Thiago Maia entrou em campo foi diante do Atlético-GO, em empate por 1 a 1 no dia 14 de Novembro. O atleta foi operado dia 3 de dezembro.

A previsão do departamento médico era de que Thiago Maia voltasse entre oito e dez meses após a cirurgia, porém retorna aos gramados sete meses depois, um mês de antecedência. Ele deverá iniciar no banco de reservas a partida.

Thiago Maia poderá ser o substituto de Gerson

A diretoria e a comissão técnica do Flamengo entendem que Thiago Maia possa ser o substituto de Gerson, claro, entendendo as diferenças de características entre os jogadores. Além de Thiago, João Gomes é outro que tem esse status, apesar de parecer ter menor apreço da parte de Rogério Ceni.

Portanto, o momento de retorno de Thiago Maia no Flamengo não poderia ser melhor. O clube irá precisar nos próximos meses de uma adaptação a saída de Gerson, que tem grande ajuda no meio de campo, com a marcação, saída de bola e até armação. Será nesse último ponto que o time terá que repensar. Thiago e João Gomes não possuem as mesmas qualidade de Gerson na criação de jogadas.

Diego possivelmente seria avançado no meio de campo, com um destes dois assumindo a posição mais recuada no meio. Inicialmente, João Gomes deverá jogar, dado o tempo que Thiago está parado.

Veja também: Seguimos juntos, Lucas Martinez!

Rodrigo Muniz

Clube árabe faz proposta por Rodrigo Muniz

Rodrigo Muniz tem sido um dos maiores destaques do Flamengo nos últimos jogos. O jovem jogador agarrou com unhas e dentes a oportunidade rara no elenco com as convocações de Gabigol e Pedro, além do caso recente de covid de Pedro.

É de se esperar que o sucesso do jogador acabe trazendo os holofotes em sua direção, e assim propostas cheguem ao Flamengo. Segundo informações, o Flamengo recebeu uma proposta oficial do Al-Nasr, dos Emirados Árabes. Os representantes da equipe teriam entrado em contato diretamente com a diretoria do Flamengo para externar sua vontade em contratar o jogador.

Já não é a primeira vez que o clube mostra interesse no jovem. Porém na primeira proposta, o Flamengo sequer respondeu o valor proposto, respondendo apenas que poderia negociar. Assim, o clube foi direto aos representantes do jogador, oferecendo salário próximo de 500 mil euros por ano. O valor não chamou muito a atenção de Muniz, que com seus representantes enviaram uma contraproposta de 1,5 milhão de euros/ano, algo em torno de 9 milhões de reais por ano, apenas em salários.

Com 20 anos, Muniz tem contrato com o Flamengo até maio de 2024 e recebe salário de apenas R$20 mil ao mês, bem abaixo da média salarial dos jogadores.

Clube se vê em situação de espera

O Flamengo espera, e tenta entender o que pode fazer para o futuro do jogador, do clube e do elenco. Apesar de Rogério indicar o retorno do centroavante, o Flamengo jamais imaginou tal sucesso.

Hoje o clube não tem dinheiro para ir ao mercado e contratar em posições carentes, como a zaga, o meio e as pontas. Porém, uma possível venda de Muniz pelos valores imaginados, mudaria esse cenário. Se por um lado o Flamengo perde uma opção e tanto para o elenco e um jogador que poderia se valorizar ainda mais, por outro ganharia “bala na agulha” para ir ao mercado.

Como todos sabem, o Flamengo tem Gabigol e Pedro para a posição. Com exceção dessa sequência de seleção, Muniz praticamente não teria espaço.

Veja também: Flamengo enfrenta o ABC nas oitavas de final da Copa do Brasil

Rogério Ceni

Para jornalista, Rogério Ceni é teimoso e isso afeta o Flamengo

Bastou uma derrota depois de 16 jogos invictos para que Rogério Ceni fosse novamente questionado por suas escolhas no Flamengo. O treinador desde que chegou precisa responder com resultados o tempo todo, para aliviar as críticas que parecem ser incessantes. A derrota diante do Bragantino por 3 a 2 no Maracanã bastou para uma chuva de críticas.

O jornalista Renato Maurício Prado destacou em sua coluna no UOL que Rogério Ceni é um treinador “teimoso”, fato que expõe o time a derrotas. Na visão dele, algumas alterações que Rogério promoveu comprometem demais o desempenho do time.

William Arão não é zagueiro e não gosta de jogar assim. O faz para atender a um desejo do técnico. Diego não é volante e, por mais que se esforce, é incapaz de dar a proteção necessária à zaga. Rodrigo Caio joga muito melhor pelo lado direito da defesa, mas acaba escalado pela esquerda. Enquanto Rogério Ceni não se convencer disso, o Flamengo continuará a perder jogos como o que perdeu para o Red Bull Bragantino que, muito bem armado, soube explorar todas essas conhecidas deficiências, disse RMP, que completou:

Diante do primeiro adversário um pouco mais forte, o sistema defensivo do rubro-negro (que não sofria gols há cinco partidas) voltou a fazer água. De que adiante melhorar a saída de bola e ter mais um armador no meio-campo se os contra-ataques são sempre um Deus nos acuda?

Críticas à Rogério Ceni fariam sentido se opções da zaga rendessem

Do ponto de vista lógico, tudo que Renato Maurício Prado falou faz total sentido. Inclusive na posição de Rodrigo Caio, melhor pela direita. Porém, qual zagueiro do elenco do Flamengo é confiável? Arão tem atuado melhor ou pior que todos eles?

De fato, a escolha por Diego ao invés de João Gomes, por exemplo, pode ser um erro. Mas na zaga é óbvia a necessidade de contratação certeira, erros da diretoria.

Veja também: Flamengo perde para o RB Bragantino por 3 a 2, no Maracanã, pelo Brasileirão

Flamengo

Rogério Ceni comenta sobre planos para substituir Gerson no Flamengo

A partida de ontem diante do Bragantino marcou a penúltima de Gerson com a camisa do Flamengo. Não foi de suas melhores atuações, mas o meio, novamente, foi muito esforçado em campo. Na próxima quarta diante do Fortaleza no Maracanã, Gerson vestirá pela última vez o manto sagrado, pelo menos nessa sua passagem.

A torcida do Flamengo, os dirigentes, os jornalistas e qualquer outra pessoas que acompanhe futebol sabe da importância de Gerson ao Flamengo e da dificuldade que existirá para o substituir. Rogério Ceni falou em coletiva sobre sua expectativa de substituição. Ele deixa claro que nenhum outro jogador terá as mesmas características de Gerson. Dessa forma, será momento de adaptação a novo estilo.

“Temos algumas alternativas. Temos o João, que todos conhecem, o Hugo, o Arão para voltar, temos o Thiago Maia… Vamos ter que testar algumas alternativas”, Rogério destacou também a dificuldade de testar outras opções, dado o calendário apertado.

“No momento, com jogo de três em três dias não dá tempo de testar, a não ser o time que vai iniciar a partida. Então, com o tempo vamos tentar descobrir. Jogar da mesma maneira que ele joga é impossível, mas vamos tentar uma alternativa que nos dê condição de seguir o trabalho”, completou.

Thiago Maia é favorito para a posição, apesar de não entrar em campo pelo Flamengo há alguns meses. O jogador tem características mais defensivas, e um bom passe na saída de bola. Possivelmente Diego Ribas seria um pouco adiantado no meio, fazendo função de segundo volante.

Para hoje, João Gomes parece o melhor preparado.

Veja também: Com golaço de falta, Flamengo vence o Avaí/Kindermann por 1 a 0 pelo Brasileiro Feminino

Flamengo

Após 16 jogos invicto, Flamengo perde, o que aconteceu?

O Flamengo perdeu na noite de ontem para o RB Bragantino no Maracanã. Como era de se imaginar, a partida foi corrida, disputada e de duas equipes ofensivas, buscando vencer o jogo. O Bragantino não iniciou na defesa, muito pelo contrário, atacou nos primeiros minutos do primeiro tempo, e foi superior.

Mas a sorte também estava do lado dos paulistas. Aderlan, em uma tentativa de desviar a bola para não causar um contra-ataque rubro negro (segundo o próprio jogador), acabou acertando o gol, e encobrindo Diego Alves. Um a zero em um gol que não dá para culpar o sistema defensivo.

Com o susto do início do jogo e o Bragantino apertando, o Flamengo foi conseguindo assentar a partida e tomar conta do meio de campo. Foi assim que começou a criar suas chances, entre duas defesas incríveis de Cleiton e duas chances claras perdidas pelo Flamengo, Rodrigo Muniz, sempre com muita competência, conseguiu aproveitar um peteleco de Michael na bola para empatar.

O segundo tempo começou da mesma forma que o primeiro acabou. O Flamengo pressionava o Bragantino, era melhor e empilhava chances perdidas. Até que quando menos se esperava um gol, em um cruzamento errado de Matheuzinho, atrás do corpo de Muniz, o centroavante puxa uma bicicleta antológica e vira a partida.

Com o placar em vantagem e melhor em campo, as coisas pareciam encaminhas, mas só pareciam. Foi à partir desse momento que o principal defeito da equipe nos últimos meses voltou a preocupar, o sistema defensivo.

Falha generalizada logo após o segundo gol, a bola sobra para Ramires, de cabeça, empatar novamente o jogo. A falha não está na sobra, que novamente se dá ao azar, mas sim no jogador livre dentro da área chutando.

O Flamengo foi para cima e viu Bruno Henrique perder gol inacreditável, à frente da pequena área de cabeça. Pouco depois, em contra-ataque, o Bragantino virou novamente com Chrigor, sozinho na área. Nova falha do sistema defensivo.

O rubro negro agora pensa na partida diante do Fortaleza, na próxima rodada. A equipe tem sido sensação do Brasileirão até aqui, e deverá trazer dificuldades ao Flamengo.

Veja também: Flamengo perde para o RB Bragantino por 3 a 2, no Maracanã, pelo Brasileirão

Rogério Ceni Flamengo

Rogério Ceni de volta ao comando do time, terá que mostrar força para não perde a invencibilidade

O Flamengo, após ser classificado para às oitavas de final da Copa do Brasil, em uma disputada realizada no meio desta semana em cima do Coritiba. Por isso, quando hoje voltar para o campo, tentará manter sua boa fase para esta temporada atual. Para o jogo de hoje (19), contra o RD Bragantino, o clube ainda enfrentará uma grande lista de desfalques por causa da Data Fifa.

Contudo, com a volta de Ceni, que acabou de sair do isolamento depois de ter testado positivo para a covid-19. Teve seu retorno na quarta, mas ficou no banco; voltará a comandar a equipe mesmo, no dia de hoje. Ceni, afirmou em entrevista para FlaTV; que este momento que passou em casa, apenas no home office, o mesmo usou o momento para estudar seus adversários.

“É um time muito bom e bem dirigido pelo Barbieri, que já trabalhou aqui no Flamengo. Ele está conseguindo construir um time eficiente. É um clube que tem dinheiro para investimento, traz jovens jogadores e de alta categoria. Tem um sistema de jogo até parecido com nosso. Joga em uma rotação alta, busca o gol, busca a posse de bola também”, começa o treinador.

“Um jogo duríssimo, bem mais complicado do que foi contra Coritiba e América-MG, com todo respeito. Os últimos jogos, em tese, foram mais controlados, acho que esse será mais equilibrado e com a posse de bola mais parelha. Vamos atrás da vitória, jogando com linhas altas, pressão, como de costume, independente de jogar em casa ou fora”, finaliza Ceni.

Flamengo Rogério Ceni Técnico
Foto: Flamengo

INVENCIBILIDADE EM JOGO

Temos para hoje, um jogo que trás dois times com uma sequência de vitória, querendo aumentar mais ainda sua sequência de jogos invictos. O RD Bragantino, vem a 16 jogos sem perder, por isso, o Flamengo tem uma dura caminhada para o jogo de hoje.

“Nesses 16 jogos, acho que teve a participação de uma gama de jogadores. Teve uma parte com o time que está mais acostumado a jogar, com Arrascaeta, Everton (Ribeiro), Gabigol. Depois, a gente já fez algumas alterações e hoje nós temos uma ataque que joga Vitinho, Michael, Bruno Henrique e Muniz ou Pedro. Há também a intensidade e o desejo dos jogadores, eles têm muita fome. São jogadores que estão buscando espaço e querem muito a vitória”, conclui Ceni.

Flamengo

Saiu! Confira a escalação do Flamengo para enfrentar o Coritiba

Flamengo e Coritiba entram em campo daqui a pouco em partida válida pelo retorno da terceira fase da Copa do Brasil. E a escalação do Flamengo já foi divulgada. O rubro negro decidiu poupar Filipe Luís. Renê entra em sua vaga.

Com a exceção de Filipe, o Flamengo vem com o que tem de melhor para o jogo, que vale vaga para as oitavas de final da competição. Ao poupar, a comissão técnica indica entender que a equipe mista será mais do que o suficiente para enfrentar e eliminar o Coxa, um risco calculado.

Diego Alves é o goleiro, na linha de defesa temos Matheuzinho, Rodrigo Caio, Willian Arão e Renê. No meio de campo, Diego e Gerson formam a dupla de volantes. Mais na frente o Flamengo repete a escalação da última rodada do brasileirão diante do América-MG. Portanto, Michael, Vitinho, Bruno Henrique e Rodrigo Muniz formam o ataque.

Vitinho fica novamente mais pelo meio de campo, atrás do centroavante. Bruno Henrique entra aberto pela ponta esquerda e Michael na ponta direita.

Veja abaixo a escalação:

O Flamengo entra em campo tentando evitar as “zebras” que rondaram essa fase da competição, os exemplos são muitos e aconteceram na semana passada. O CRB eliminou o Palmeiras, enquanto a Juazeirense e o Vitória, eliminaram o Cruzeiro e o Internacional, respectivamente. A eliminação do América-MG e do Corinthians também se mostraram como uma surpresa.

Portanto, o rubro negro precisa de foco para entrar em campo e garantir, sem maiores sustos, a sua classificação.

Veja também: Flamengo realiza último treino antes do jogo da volta contra o Coritiba, pela Copa do Brasil

Rodrigo Caio

Rodrigo Caio “divide” bom momento na defesa com os atacantes

O sistema defensivo do Flamengo parece ter finalmente encontrado um norte. Coincidentemente, ou não, após o retorno de Rodrigo Caio à zaga, junto de Arão, são três jogos sem sofrer gols. Somando a uma partida com Gustavo Henrique e Arão também sem sofrer gol, são ao todo quatro partidas com solidez defensiva. E o que estava sendo um tormento no início da temporada, por enquanto, ficou bem mais tranquilo.

Rodrigo Caio atribui a todo o time a solidez defensiva nas últimas partidas. Desde a marcação na frente.

Mostra a força desse grupo e de todo trabalho que está sendo muito bem feito por toda comissão e jogadores. Feliz das partidas sem tomar gols, era algo que vínhamos nos cobrando. E é algo que sempre tento pontuar, não é mérito apenas da defesa, mas de toda equipe. Para ficar sem tomar gols precisa de um time solidário, que se compromete, disse Rodrigo Caio em entrevista a FlaTV, que também completou:

Quando conseguimos dar tempo para o ataque, que é segurar o máximo possível, vamos ter a possibilidade de ganhar o jogo pois sabemos da nossa qualidade, da qualidade dos atacantes. São a nossa referência e quando nos ajudam lá na frente facilita o nosso trabalho atrás. Esperamos crescer a cada jogo, nos fortalecer pois isso nos dará chances de alcançar nossos objetivos – finalizou Rodrigo Caio, que atuou nos dois jogos do Flamengo no Brasileirão

O feito atual do Flamengo aconteceu apenas em 2019, pouco antes de Jorge Jesus assumir a equipe. Portanto, o sinal é positivo neste momento e caso consiga manter a estabilidade defensiva, o rubro negro tem tudo para continuar faturando conquistas.

Veja também: Flamengo participa de campanha nacional da CUFA para arrecadar alimentos para as Mães da Favela

Flamengo

Copa América “força” Flamengo a apostar novamente na base

“Craque o Flamengo faz em casa”.

A frase é famosa e reflete os bons momentos que o clube teve no passado, com várias conquistas de um elenco recheado por jogadores da base. Mas essa característica tem voltado aos poucos no Flamengo.

Apesar de revelar grandes nomes como Adriano Imperador, Júlio César ou Juan, essa geração de crias do Ninho não conseguiu grandes conquistas com o Flamengo. Aliás, apenas Imperador, mas já para o final da carreira, em 2009.

O fato é que os garotos do Ninho em uma cenário recente, sempre entraram “na fogueira”, precisando escapar de zona de rebaixamento ou uma situação ruim. Mas isso mudou nos últimos anos, e coincidentemente ou não, o Fla tem voltado a revelar jogadores com maior frequência.

Jorge, Lucas Paquetá, Vinícius Júnior, Léo Duarte e Samir são alguns dos últimos atletas de base na Europa. Mas o que se espera de jogadores da base antes do retorno financeiro, é o retorno em campo. E pode-se dizer que isso o Flamengo também tem conseguido fazer.

Nos dois últimos estaduais do Rio, o elenco que iniciou as campanhas que terminaram em título, foram com jogadores da base. Além disso, no momento mais complexo da temporada 2020, em meio ao Brasileirão e um surto de covid, a base entrou e somou pontos que no fim do Campeonato, garantiram o título.

E agora, em contexto de Copa América, a base volta novamente a ter espaço. Ryan Luka, Thiaguinho, Max e Yuri são frequentemente relacionados. Ryan por exemplo, entrou diante do América-MG e sofreu um pênalti não marcado pela arbitragem.

Maurício Souza comenta sobre base do Flamengo

O treinador interino Maurício Souza precisou assumir o time na beira do gramado enquanto Rogério Ceni está se recuperando de covid. E ele comentou sobre o processo de transição de jogadores da base para o profissional no clube, e sua participação nisso:

“Nosso papel principal é fornecer jogador à equipe profissional. Quando eles sobem e correspondem, isso é um sinal de que o nosso trabalho está sendo bem feito”, disse.

Além dos nomes citados, Rodrigo Muniz e Matheuzinho estão no time titular, com Muniz jogando muito bem e marcando gols. Maurício comentou sobre a qualidade do centroavante:

“O Rodrigo já é uma realidade. É um grande jogador com capacidade de definir tanto com os pés quanto pelo alto. Falar do Muniz é muito fácil, pois é um jogador que não dá trabalho nenhum. Concentrado, ele é mortal”, disse.

O Flamengo volta aos gramados nesta quarta, pela Copa do Brasil a partida de volta diante do Coritiba.

Veja também: Brandon Robinson é do Mengão!

Muniz

Rodrigo Muniz fala sobre sua especialidade e revela grande amizade com zagueiro do elenco

Rodrigo Muniz é a “bola da vez” do elenco do Flamengo na posição de centroavante, o jogador será mais uma vez titular durante a partida de hoje. O América-MG é o adversário, e o garoto está novamente pronto para mostrar seu valor. Apesar de viver em um elenco extremamente estrelado por Pedro e Gabigol, Muniz consegue espaço para marcar seus gols.

Durante o Campeonato Carioca, enquanto titular, Muniz foi o artilheiro da equipe, e no último jogo, na quinta, foi o autor do gol diante do Coritiba, pela Copa do Brasil. O jovem mostra muita presença de área, e muita força na bola aérea, na qual o jogador fez questão de destacar, em entrevista para a FlaTV.

Eu sempre tive um bom tempo de bola. E quando o tempo foi passando, eu fui ganhando altura. Acho que isso ajudou bastante. Mas, sim, o tempo de bola é o fator principal., destacou o atacante.

Na entrevista para a FlaTV, Muniz contou sobre os bastidores da partida de quinta, e como foi marcar o gol da vitória. Porém ele também falou sobre sua relação de amizade com o zagueiro Léo Pereira.

O Léo Pereira é um cara que me ajuda, me aconselha. Ele é um cara novo também, mas me aconselha bastante. Nós temos uma amizade muito boa, eu vou na casa dele, ele vai na minha almoçar. A gente joga ‘Free Fire’ juntos também. Eu sou melhor, mas ele não vai aceitar, então, vou deixar no ar., comentou, em tom de brincadeira.

Rodrigo entra em campo hoje, às 16h (horário de Brasília) para enfrentar o América-MG, pelo Campeonato Brasileiro. A partida por ser no Maracanã e contra um adversário que lutará contra o rebaixamento, é tida como vitória obrigatória para o Flamengo, que busca o título. Por outro lado, a equipe vem muito desfalcada.

Veja também: Flamengo realiza último treino antes de encarar o América-MG

Flamengo

Pedro testa positivo para covid-19. Flamengo irá aguardar contraprova

O Flamengo ganhou mais um desfalque e problema para a temporada, e especificamente para a partida diante do América-MG, neste domingo. O atacante Pedro testou positivo para covid-19 e o Flamengo agora aguarda o resultado da contraprova. No sábado, o atacante já não treinou com o elenco, no Ninho do Urubu.

Rodrigo Muniz deverá ser mantido na equipe titular, até pela convocação pela seleção.

O rubro negro teme que novo surto de covid assole o elenco, em momento de convocações para a seleção. Arrascaeta e Rogério Ceni já haviam testado positivo para covid antes, e seguem de fora.

Portanto, a provável escalação do Flamengo para a partida de amanhã terá:

Diego Alves; Matheuzinho (Rodinei), Willian Arão, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Diego, Gerson e Gomes (Michael); Vitinho, Bruno Henrique e Rodrigo Muniz.

Mesmo com dois centroavantes, o Flamengo acaba passando por um situação inusitada. Rodrigo Muniz, a terceira opção do elenco na posição, está sendo negociado com o Genk, e a diretoria já via a saída como certa e de baixo impacto ao elenco, que já tem Gabigol e Pedro para a função. Porém a situação atual é de extrema necessidade em ter Muniz.

Flamengo já teve surto no elenco com 2020

O Flamengo já vivenciou situação bastante complexa em 2020, quando teve seu surto de atletas com covid. Mesmo com mais de 20 jogadores infectados, a equipe precisou entrar em campo com garotos, e conseguiu segurar um empate importante no Allianz.

Além disso, a equipe conseguiu bons resultados posteriores, em pontos que foram importantes para o título nacional, em 2021.

Flamengo

Jogadores do Flamengo pouco jogam na seleção

A seleção brasileira jogou ontem sua última partida dessa sequência pela Copa América. A vitória diante do Paraguai marcou a segunda por 2 a 0, já que a canarinho também tinha vencido o Equador pelo mesmo placar na semana passada.

Os confrontos marcaram uma tendência de Tite também, o fato de pouco se aproveitar os convocados que jogam no Brasil. E foi exatamente o que aconteceu com os jogadores do Flamengo. Gabigol, que começou como titular diante do Equador e atuou parte do jogo diante do Paraguai, é o que teve minutagem.

Isso porque Everton Ribeiro e Rodrigo Caio sequer entraram em campo. O primeiro por opção de Tite, já o segundo teve problema no joelho e precisará ser reavaliado.

Mas apesar da frustração dos jogadores que não entraram em campo, para o Flamengo a notícia pode ser boa. Isso porque o clube já tinha preparado uma logística especial para contar com eles na quinta, diante do Coritiba. Levando em consideração o fato de terem sido reservas, as chances de estarem aptos a jogar é enorme.

Como ficam os desfalques no Flamengo?

Com esses jogadores retornando, além de Pedro e Gerson, o Flamengo ainda teria dois desfalques em campo. Arrascaeta segue se recuperando de covid, enquanto Isla não chegará a tempo da seleção chilena.

Além dos dois jogadores, Maurício Souza será o treinador do confronto, já que Rogério Ceni também testou positivo para covid e está afastado.

O Flamengo portanto, busca a melhor formação possível para entrar em campo diante do Coritiba pela terceira fase da Copa do Brasil e garantir vantagem considerável para o confronto do Maracanã.

Matheuzinho deverá herdar a vaga na lateral direita, já que o Fla não tem Isla e Rodinei cumpre suspensão.

Leia também: Filipe Luis se diz tranquilo por renovação com o Flamengo

Veja também: No Brasileiro Sub-17, Mengão vence o Botafogo por 2 a 0 e segue com 100% de aproveitamento

Rogério Ceni

Rogério Ceni testa positivo para covid e desfalca o Flamengo

Após a reinfecção de Giorgian de Arrascaeta, foi a vez de Rogério Ceni se infectar com covid. O treinador testou positivo na manhã desta terça e poderá ficar, na pior das hipóteses, até 15 dias afastado do elenco. Enquanto ele fica de fora, Maurício Souza assume a equipe.

Parte da torcida do Flamengo questiona um churrasco que aconteceu no CT há cerca de uma semana atrás. Segundo os torcedores, aquele não era momento para se fazer churrasco e aglomerações, ainda mais em um momento que o elenco sofrerá grandes perdas para convocações.

Com o surgimento das variantes, a quase certeza de que um infectado não possa se infectar novamente se foi, como exemplo Arrascaeta, pela segunda vez com covid. Portanto, todo cuidado é pouco.

O Flamengo tem confrontos importantes pela frente, boa “fatia” do Campeonato Brasileiro será disputada em meio a Copa América, e ter um surto de covid somado as convocações para o eventos seria devastador para a temporada do Flamengo. Nesse meio tempo a Copa do Brasil também será disputada.

O torneio nacional paga muito bem pelos avanços de fase, e o Flamengo tem como objetivo nas receitas chegar na etapa final da competição.

O caminho em busca desse objetivo começa nesta quinta feira no Couto Pereira, em Curitiba. estádio marca momentos ruins do Flamengo, que por diversas vezes “penou” em campo. Porém o histórico recente é melhor e o Flamengo busca abrir vantagem para o jogo de volta, no Maracanã.

Rogério Ceni, assim como Arrascaeta, se recuperam, e o Flamengo torce para que nenhum novo caso apareça no elenco.

Leia também: Matheuzinho É Titular E Tem Chances De Ganhar Espaço

Veja também: Rebeca Andrade dá show e se classifica para as Olimpíadas

Rodrigo Caio

Rodrigo Caio sente joelho e vira dúvida na seleção e no Flamengo

A Confederação Brasileira de Futebol comunicou na tarde desta segunda-feira que o Rodrigo Caio sentiu desconforto no joelho direito, iniciando processo de tratamento. O jogador passa a ser, dessa forma, dúvida para atuar pela seleção e até pelo Flamengo, em suas próximas partidas.

Não é de hoje que as lesões tem sido um fator complicador na temporada de Rodrigo Caio, o jogador não consegue emplacar sequência de jogos com a camisa rubro negra. Em 2020, o jogador também teve lesão jogando pela seleção.

O Flamengo conta com Rodrigo Caio para partida diante do Coritiba, pela Copa do Brasil, na próxima quinta. Sua recuperação nos próximos dias será fundamental para determinar se terá ou não condições de jogo.

Levando em consideração a sequência de falhas defensivas do Flamengo, principalmente individuais das opções de zaga, seria fundamental para a comissão técnica que Rodrigo Caio conseguisse longa sequência em campo, sem lesões. Porém, essa realidade parece distante, fato que pode acelerar a busca do Flamengo por zagueiros no mercado.

O números de Rodrigo Caio são até aqui, assustadores. O jogador esteve ausente em 10 das 17 partidas que o Flamengo fez na temporada. E se existisse qualquer possibilidade de Arão voltar ao meio de campo, esse cenário passaria muito pela melhora de Rodrigo Caio em relação a essas lesões.

A temporada será longa, e ainda o fato “Copa América” complicará ainda mais o Flamengo. Durante um mês a competição desfalcará o rubro negro sendo que a temporada nacional não irá parar. Ter todos bem fisicamente seria crucial para ter o menor impacto possível em campo.

Rogério Ceni tem também o Noga no elenco, garoto da base que ainda não teve chances em 2021.

Leia também: Em Coletiva, Tite Compara Gabigol E Gabriel Jesus

Veja também: Diana Barcelos está classificada para os Jogos Paralímpicos de Tóquio

Gerson

Martelo batido! Flamengo acerta venda de Gerson

Após muitas semanas de negociação e uma saída que virou novela, o Flamengo acertou a saída do meia Gerson para o futebol europeu. O jogador está na Sérvia, onde disputa partidas preparatórias pela seleção olímpica. Apesar do negócio estar fechado, o jogador fica no Flamengo até o fim de junho.

Os valores que envolvem a negociação podem ultrapassar até os 30 milhões de euros (cerca de 190 milhões de reais). Além disso, o rubro negro manterá um percentual considerável do jogador, cerca de 20%. Por sinal, esse inicialmente havia sido um dos entraves na negociação, pois a proposta oficial era pela compra total do jogador, enquanto o Flamengo queria manter sua fatia. E assim foi aceito pelos franceses.

Gerson foi um pedido do treinador Jorge Sampaoli, que acompanhou o trabalho do meia durante toda a temporada 2019 e 2020, quando treinava Santos e Atlético-MG, respectivamente.

Vale dizer que seguindo uma cláusula de compra com a Roma, caso o Flamengo conseguisse vender Gerson por mais do que pagou, o rubro negro precisaria repassar 10% do valor para a Roma. Portanto, dos 25 milhões de euros previstos inicialmente, 2,5 irão para a Roma.

Gerson chegou ao Flamengo no meio de 2019 e desde então enfileirou boas partidas e títulos com a camisa do Flamengo. O jogador é tido como um dos principais responsáveis pelo fato do Flamengo sobrar em seu meio de campo em várias partidas. Agora, o clube precisará buscar alternativas para recomposição, seja dentro ou fora do elenco.

João Gomes vem de ótimas atuações, mas além de ser muito jovem, possui características diferentes as de Gerson, e isso poderá pesar contra. O mercado não está dos melhores, principalmente com a desvalorização da moeda brasileira, mas com a entrada de receita pela venda de Gerson, novas compras podem acontecer.

Leia também: O Flamengo, Traça Plano E Quer Aproximações Com Vidal, Para Uma Possível Contratação

Veja também: Flamengo enfrenta o Defensa y Justicia nas oitavas de final da Libertadores

Flamengo Ceni Ataque

As opções de Rogério Ceni para montar a escalação do Flamengo durante a Copa América 2021

A diretoria do Flamengo não teve sucesso em convencer a CBF para paralisar o Brasileirão até o fim da Copa América, com isso, o clube ganha muitos problemas na escalação do Flamengo durante o período. Pois, o mesma terá um desfalque de cinco jogadores do time titular, que são: o atacante Gabigol, o meia Everton Ribeiro e o zagueiro Rodrigo Caio, com a seleção brasileira; além do lateral Isla, com o Chile; e do meia Arrascaeta, cedido ao Uruguai, embora afastado com Covid-19. Por conta disso, a escalação do Flamengo terá grandes problemas nestes jogos.

Dessa forma, o Flamengo pode ficar até 11 jogos com desfalque, sendo nove pelo Brasileirão e dois pela Copa Brasil. Logo, terá uma formação bastante difícil no setor competitivo, atrapalhando de certa forma o clube rubro-negro nestas competições.

Ceni tenta solucionar os desfalques e monta a escalação do Flamengo

De todos os desfalques, o único que Rogério Ceni não deverá se preocupar é o lugar de Gabigol, pois para o camisa 9, o técnico poderá usar Pedro. O atacante, estará servindo na seleção olímpica, junto com Gerson, todavia, voltará após o amistosa desta próxima terça-feira, contra a Sérvia, no país europeu.

Para a parte frontal do time, Vitinho e Michael são alguma das opções para a vaga de Everton Ribeiro. Já para a lateral direita, Ceni tem a opção de colocar Rodinei, que volta ao clube após o empréstimo ao Internacional, e Matheuzinho, que estava sendo reserva.

escalação do Flamengo hoje

Todavia, o maior problema no clube que Ceni terá que enfrentar é no meio-campo e na defesa. O mesmo, tem uma peça chave para a montagem deste problema; Willian Arão. Dessa forma, Arão deverá ficar no meio-campo, sendo a melhor solução para o setor. Assim, Arão, Gerson – que só deve ir para o Olympique de Marselha, após a volta dos desfalques; e Diego atuarão juntos.

Por fim, o problema agora, é a dupla da zaga, que seria formado por Gustavo Henrique, Leo Pereira ou Bruno Viana. Se o volante continuar atrás, João Gomes vira favorito para ser o primeiro homem do meio-campo.

Rogério

De “folga” por conta da seleção, Rogério Ceni poderá fazer ajustes na defesa

O Flamengo tem vivido uma temporada complicada defensivamente, mas ela na verdade não é novidade, desde 2020 o sistema não encaixou, primeiro com Domenec e depois com Rogério Ceni. A bola aérea costume ser um dos principais problemas rubro negros, até por conta disso, o treinador por vezes ficou na dúvida entre escalar Gustavo Henrique, mais alto, ou outro zagueiro.

Rogério Ceni poderá fazer mudanças importantes na defesa

O fato é que Arão improvisado, tem feito partidas regulares, porém em alguns momentos, peca por justamente não ter a experiência na posição.

Os dias de treinamento enquanto a equipe aguarda o retorno de seus jogadores das seleções pode ser útil para Rogério Ceni rever posicionamentos defensivos e treinar novas possibilidades. O treinador provavelmente já deve ter iniciado essa empreitada antes da parada, aliás, o time está a duas partidas sem sofrer gols. Tanto no 0 a 0 diante do Vélez quanto no 1 a 0 diante do Palmeiras a equipe finalmente conseguiu passar em branco na sua meta.

Mas claro, isso foi possível após o retorno de Rodrigo Caio, que somado a Diego Alves conseguem entregar mais confiabilidade ao sistema defensivo.

Flamengo está atento ao mercado

Além de treinamentos de posicionamento, o mercado da bola está mais quente após a venda de Gerson e teoricamente, um rubro negro mais atento as opções de compra. O nome de David Luiz segue sendo ventilado na imprensa, o jogador publicou em suas redes sociais um vídeo, no Rio de Janeiro, com uma música de fundo que cita o Flamengo. É pouco, mas mais que o suficiente para a torcida acreditar ser um enigma.

David Luiz

O Flamengo só volta em campo dia 10, diante do Coritiba pela Copa do Brasil.

Leia também: Com Mudanças, Gabigol Deverá Ser Titular Pela Seleção

Veja também: De virada, Flamengo vence o Cruzeiro por 2 a 1 e se mantém vivo no Brasileirão Feminino


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod