Tag: Thuler

Flamengo

Saiu! Flamengo escalado com novidades na zaga; confira

O Flamengo entra em campo daqui a pouco para enfrentar o São Paulo pela segunda partida da Copa do Brasil. No primeiro confronto entre as duas equipes o Flamengo saiu derrotado por 2 a 1, e agora precisa reverter em São Paulo para chegar na fase final da competição. Para alcançar tal objetivo, Rogério Ceni mudou seu sistema defensivo, Thuler entra no lugar de Gustavo Henrique. Gustavo já vinha sendo muito criticado pela torcida, e as críticas não eram à toa, o jogador ainda não conseguiu desenvolver bom futebol e possui inúmeras falhas em seu currículo com a camisa do Flamengo. Assim Rogério dará hoje uma chance para Thuler mostrar, dentro de campo, o porque merecer a titularidade. Renê segue sendo o lateral esquerdo na falta de Filipe Luís, ao lado de Léo Pereira formando a defesa pelo lado esquerdo. Pela direita, Thuler e Matheusinho jogam, com Diego Alves no gol. No meio de campo Arão e Gérson fazem a dupla de volantes, e na frente tem mais novidade. Com Everton Ribeiro ainda desgastado após partida pela seleção e a dupla Gabigol e Pedro lesionados, Michael ganhou oportunidade pelo lado direito. Pela esquerda, Arrascaeta volta ao time titular, e no ataque, Vitinho e Bruno Henrique completam a equipe de Rogério Ceni. É bastante possível que Everton Ribeiro entre no segundo tempo, dependendo de sua condição e de como o jogo se desenhar. Confira abaixo a escalação completa:  
Flamengo

Dupla de zaga inédita e possível retorno, confira as novidades do Fla

O Flamengo se prepara para enfrentar o Atlético-MG pelo Campeonato Brasileiro. A equipe comandada por Dome vem de uma derrota pesada dentro de casa diante do São Paulo. O resultado e principalmente a atuação de alguns jogadores, deve ter feito Dome pensar sobre o que fazer no seu sistema defensivo. E aparentemente ele tomou uma decisão. Segundo matéria do GE, Domenec treinou nesta sexta com Thuler e Natan formando a dupla de zaga do Flamengo. Essa dupla seria por sinal, inédita. Diante de atuações tão ruins de Gustavo Henrique e Léo Pereira, o catalão parece querer dar uma chance a dupla de zaga da base. Thuler fez jogo seguro diante do Athletico pela Copa do Brasil, apesar dos dois gols sofridos. Já Natan, é o que mais se destaca dos zagueiros. Outra possível novidade no domingo será o retorno de Gabigol. O camisa 9 do Flamengo treina com bola a dias e inclusive até gol marcou. O atacante vive a expectativa de voltar aos gramados, se não como titular, pelo menos ganhando minutos em campo. Minutos esses que serão importantes para ele, já que Pedro foi convocado a seleção e Gabigol voltará justamente em um momento decisivo, pela Copa do Brasil. O Flamengo enfrenta o Atlético-MG no domingo, às 18 horas com transmissão do Premiere. A partida será disputada em Minas e será a chance do Flamengo dar o troco da derrota no primeiro turno. Leia também: Fla pede a CBF liberação de jogadores para enfrentar o São Paulo Veja também: Obrigado por tudo, Lanfranco Aldo!  

Thuler e Lincoln se pronunciam após polêmica em rede social

Mateus Thuler e Lincoln protagonizaram um episódio de ‘racismo’ neste domingo. Durante uma live, o zagueiro chamou o atacante de “macaco” e a atitude foi recriminada. Nas redes sociais, os jogadores se pronunciaram sobre o assunto.

Veja:

Te amo, irmão! ❤️ Você é da minha família e estamos juntos sempre para o que der e vier! Peço sinceras desculpas a quem possa ter se ofendido com a brincadeira com meu irmão @Lincoln9”

Pessoal, o Thuler é meu irmão. Convivemos juntos diariamente há muitos anos e ele faz parte da minha família. Intimidade nós temos há mais de 7 anos. Te amo Thuleia”

Vinicius Souza e Gabriel Batista estão passando as férias com o zagueiro no Rio Grande do Norte, e Vinicius, que estava gravando o vídeo ao vivo, também se pronunciou sobre. O meio-campista excluiu a live das redes sociais.

Amigo, eu bati sem o celular kk, imagina com o celular na mão, voltou o passeio, tive que parar a gravação.”

No Brasil, o racismo é crime e qualquer manifestação de preconceito, ódio e discriminação por superioridade de raça, é passível de punição como violações dos Direitos Humanos.

Por: Coluna do Fla

Assessoria revela que Thuler ‘chorou de raiva’ por não poder seguir em campo contra o Grêmio

O confronto diante do Grêmio serviu de ‘teste’ para alguns atletas. Thuler, zagueiro rubro-negro, precisou ser substituído na segunda etapa para entrada de Rodrigo Caio. Na saída do gramado, o jovem atleta deixou o campo chorando, mas segundo a assessoria, o choro do zagueiro 20 anos foi apenas por causa das cãibras que resultaram na substituição.

“Thuler saiu da partida contra o Grêmio em função de fortes câimbras, que poderiam comprometer seu desempenho na partida. O choro, segundo o atleta, foi de raiva, por não poder seguir em campo ajudando seus companheiros”.

FOTO: REPRODUÇÃO

No momento do ocorrido, Jorge Jesus estava preparando a terceira substituição do Flamengo na partida. Por conta da pouca infiltração e presença de um atleta no embate, o Mister chamou o Lincoln para segurar a bola na frente na expectativa do tempo passar, mas precisou chamar Rodrigo Caio em imediato.

Com pouca idade, mas um grande talento, Thuler completou 30 jogos com a camisa do Flamengo neste domingo (17). Nesta temporada, o zagueiro do Mais Querido disputou 15 jogos pelo Rubro-Negro. Em tese e na prática, o jovem é reserva no time comandado por Jorge Jesus, mas sempre demonstra raça e entrega quando é escalado.

Por: Coluna do Fla

“A gente melhora escutando o que ele tem a dizer”, afirma Thuler sobre Jorge Jesus

O técnico Jorge Jesus está prestes a completar dois meses de trabalho à frente do Flamengo e, até aqui, o treinador tem mostrado considerável evolução. Desde que chegou, o português tem sido elogiado também pelo elenco, que destaca a determinação e as cobranças do mister. O zagueiro Matheus Thuler foi mais um a falar do “dedo do treinador”, apontando a evolução dos jogadores com Jesus.

Em vídeo divulgado pela FlaTV na última quinta-feira (22), o jogador conversou sobre as oportunidades que teve no mês de agosto, após a saída de Léo Duarte e a lesão de Rodrigo Caio. Neste período, ele participou de cinco jogos, tendo boa atuação na maioria deles. Em meio a isso, ele dividiu os méritos com o treinador.

– Muito feliz com as oportunidades, com o apoio do grupo e da torcida. Isso é muito importante. A gente sempre procura aproveitar as oportunidades da melhor maneira, escutando o que o mister tem a dizer, porque é certeza que a gente melhora escutando o que ele tem a dizer. Graças a Deus, as coisas estão dando certo. Agora é dar sequência -, afirmou o zagueiro.

Com o retorno de Rodrigo Caio, Thuler acabou voltando para o banco de reservas. No entanto, é certo que, após as boas atuações, o Garoto do Ninho cresceu em prestígio com a nova comissão técnica. Aos 20 anos, Thuler é tratado como uma das grandes joias que o Fla criou em suas categorias de base, sendo lapidada para assumir condição importante na equipe.

Por: Coluna do Fla

Gerson publica foto com Thuler, e torcedores rasgam elogios aos jogadores

O Flamengo venceu por 2 a 0 o Internacional, na última quarta-feira (21), pelas quartas de final da Copa Conmebol Libertadores. Por estratégia de Jorge Jesus, Gerson iniciou o duelo entre os reservas, mas entrou em campo no intervalo do jogo. O meia deu uma assistência e tivera boa atuação, comandando o meio-campo do time. Recém-contratado, ele tem caído nas graças da torcida.

Prova disso é que Gerson utilizou o seu perfil na rede social do Twitter para publicar uma foto com o zagueiro Matheus Thuler, que é cria da categoria de base rubro-negra. Na legenda da imagem o camisa 15 escreveu: “Um esporte que nos leva sempre ao limite físico, técnico e psicológico. Mas que também nos reserva ótimos momentos. Sou grato aos amigos que Deus me deu e aqueles que ele colocou no meu caminho recentemente. Tmj (sic), Thulão!!”.

A publicação de Gerson, que até então jogou oito jogos com a camisa do Flamengo, foi o suficiente para que torcedores invadissem os comentários. Os elogios foram diversos: “Craques“, “Monstros“, “Me representam em campo“, “Lindos, “Brabos“, entre outros. Thuler, que vinha sendo titular, foi reserva contra o Internacional, pois Rodrigo Caio, dono da posição, retornou de lesão.

Veja a publicação e os comentários:

Gerson foi contratado pelo Flamengo em julho deste ano. Assim que chegou ao Brasil, o jogador treinou apenas um semana e já iniciou o confronto com o Corinthians, válido pelo Campeonato Brasileiro, entre os titulares. O meia, de 22 anos, custou 11,8 milhões de euros (cerca de R$ 49,7 milhões na cotação da época). Ele participou de oito partidas pelo Fla, cinco do Campeonato Brasileiro e três da Libertadores da América, marcou um gol e deu uma assistência.

Por: Coluna do Fla

Thuler comenta sobre classificação e exalta torcida do Flamengo: “Quando a nação nos empurra, é difícil parar”

O Flamengo venceu o Emelec por 4 a 2 nas penalidades máximas e conquistou a classificação para as quartas de final da Copa Libertadores, nessa quarta-feira (31), no Maracanã. O time Rubro-Negro começou a partida com uma postura ofensiva diante do adversário, o que resultou nos dois gols de Gabriel Barbosa ainda na primeira etapa. Após os 90 minutos de jogo, o Mais Querido foi superior a equipe equatoriana nos pênaltis, convertendo todas as cobranças. Além do ótimo desempenho nos gramados, a torcida também teve grande atuação na vitória.

O zagueiro Thuler, que substituiu Rodrigo Caio por conta de uma lesão, comentou sobre a emoção de estar em campo na partida decisiva contra o Emelec. O jogador também falou sobre o apoio que a delegação Rubro-Negra recebeu da torcida, durante uma coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira (02), no Ninho do Urubu.

— Foi maravilhoso. Uma coisa que impactou muito. Saímos do CT pilhados, sabendo que iríamos para cima e que todos estavam com a gente. Seria difícil, mas sabíamos da capacidade e quando a nação nos empurra, é difícil parar. Foi maravilhoso da saída do CT até o apito final do árbitro.

O Flamengo se prepara para a partida contra o Bahia, que acontecerá neste domingo (04), às 16h, horário de Brasília. O time Rubro-Negro ocupa a terceira posição na tabela com 24 pontos, e está atrás do segundo colocado Palmeiras, que acumula 27 pontos, e do líder Santos, que possui 29 ao total. O próximo adversário do Mais Querido na Copa Libertadores será o Internacional.

Por: Coluna do Fla

“É no gesto e no grito”, diz Thuler sobre comunicação com Marí

O Flamengo é um dos principais clubes que revelam grandes jogadores das categorias de base do clube para o futebol profissional, como Vinicius Junior que joga pelo Real Madrid, Lucas Paquetá e Léo Duarte que atuam no Milan, e Thuler, um dos principais nomes da zaga do time Rubro-Negro. Após Rodrigo Caio ter se lesionado na partida contra o Botafogo, o camisa 26 do Mais Querido foi acionado por Jorge Jesus para o confronto decisivo contra o Emelec.

Durante uma coletiva de imprensa realizada na tarde desta sexta-feira (02), no CT Ninho do Urubu, Thuler comentou sobre o trabalho feito nas categorias de base do Flamengo. Além disto, o zagueiro também explicou como se comunica com o companheiro Pablo Marí, que tem nacionalidade espanhola.

— A gente que é da base procura fazer um trabalho que é de muito tempo. Buscamos evoluir com quem está aqui e o Flamengo tem estrutura para ter grandes jogadores aqui. To feliz pelo Léo, vai dar muita alegria para a nação brasileira. Em relação ao Pablo, é no gesto e no grito. Não entendo muito e ele também não, mas a gente se vira e um ajuda ao outro.

O Flamengo volta aos treinamentos nesta sexta-feira (02), em preparação para a partida contra o Bahia, que acontecerá neste domingo (04), às 16h, horário de Brasília. O time Rubro-Negro ocupa a terceira posição na tabela com 24 pontos, e está atrás do segundo colocado Palmeiras, que acumula 27 pontos, e do líder Santos, que possui 29 ao total. O próximo adversário do Mais Querido na Copa Libertadores será o Internacional.

Por: Coluna do Fla

Thuler rasga elogios a Filipe Luís: “Todo mundo sabe que é um grande jogador”

Durante uma coletiva de imprensa realizada na tarde desta sexta-feira (02), no CT Ninho do Urubu, o zagueiro Thuller, que substituiu Rodrigo Caio na última partida, comentou sobre a possibilidade de Filipe Luís entrar em campo na partida contra o Bahia.

— Não sei te responder se vai jogar ou não. Filipe Luís todo mundo sabe que é um grande jogador. Se entrar o campo vai nos ajudar e temos certeza que nos dará muita alegria esse ano, e também no tempo que estiver aqui no Flamengo.

O Flamengo volta aos treinamentos nesta sexta-feira (02), em preparação para a partida contra o Bahia, que acontecerá neste domingo (04), às 16h, horário de Brasília. O time Rubro-Negro ocupa a terceira posição na tabela com 24 pontos, e está atrás do segundo colocado Palmeiras, que acumula 27 pontos, e do líder Santos, que possui 29 ao total. O próximo adversário do Mais Querido na Copa Libertadores será o Internacional.

Por: Coluna do Fla

Thuler avalia trabalho de Jesus e projeta melhora na defesa do Flamengo

O Flamengo venceu o Emelec por 4 a 2 nas penalidades máximas e conquistou a classificação para as quartas de final da Copa Libertadores. Após uma partida disputada e com grande atuação da equipe Rubro-Negra, o Mais Querido se prepara para o próximo confronto pelo Campeonato Brasileiro contra o Bahia, neste domingo (04), às 16h, horário de Brasília, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Durante uma coletiva de imprensa realizada na tarde desta sexta-feira (02), no CT Ninho do Urubu, o zagueiro Thuller, que substituiu Rodrigo Caio na última partida, comentou sobre o trabalho do treinador do Flamengo. Além disto, o jogador também falou sobre a quantidade de gols que o setor defensivo já sofreu nesta temporada.

— Jesus é um grande treinador e tem uma mentalidade boa. Estamos melhorando, tendo tempo. Vamos minimizar esses gols que temos tomado. Eu, Pablo, Rodrigo, Léo que estava aqui e o Rhodolfo treinamos para evoluir e diminuir isso.

Após a vitória e classificação para a próxima fase da Copa Libertadores, o Flamengo volta aos treinamentos nesta sexta-feira (02), em preparação para a partida contra o Bahia, que acontecerá neste domingo (04), às 16h, horário de Brasília. O time Rubro-Negro ocupa a terceira posição na tabela com 24 pontos, e está atrás do segundo colocado Palmeiras, que acumula 27 pontos, e do líder Santos, que possui 29 ao total. O próximo adversário do Mais Querido na Copa Libertadores será o Internacional.

Por: Coluna do Fla

Thuler comenta sobre entrosamento com Marí: “Estou aprendendo muito com ele”

O Flamengo retornou aos trabalhos após superar o Emelec e avançar de fase na Libertadores da América. O duelo histórico marcou, também, a primeira atuação da dupla de zaga: Pablo Marí e Thuler. O Garoto do Ninho assumiu a titularidade após a lesão de Rodrigo Caio, no clássico contra o Botafogo, e foi elogiado por seus companheiros. Nesta sexta-feira (02), o defensor comentou sobre a noite especial.

– Foi uma mistura de emoções. Alegria, ansiedade, mas os companheiros e a comissão técnica ajudaram. Fiquei tranquilo, fiz um grande jogo e no final deu tudo certo. Graças a Deus conseguimos a vitória e a classificação. Agora é continuar trabalhando -, disse.

FOTO: JOÃO PEDRO GRANETTE/COLUNA DO FLA

O zagueiro comentou, ainda, sobre seu entrosamento com o espanhol Pablo Marí, recém-chegado ao Rubro-Negro.

– Fiz um jogo com o Pablo. Jogou muito na Europa e é um grande jogador, estou aprendendo muito com ele. Temos esse jogo contra o Bahia, vamos trabalhar, ver o que o mister tem para nós e vamos buscar fazer um grande jogo -, afirmou.

Apesar de contar com os retornos de Arrascaeta e Everton Ribeiro, o Flamengo segue com o departamento médico cheio. Rodrigo Caio, um dos lesionados, não deve ser liberado para o desafio contra o Bahia, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, e seguirá sendo substituído por Thuler. Com a saída de Léo Duarte, Rhodolfo é o reserva imediato.

Por: Coluna do Fla

Diego Alves “cobra” Thuler por gol perdido, e zagueiro brinca: “Sabia que você ia garantir”

O Flamengo passou pelo Emelec na Libertadores, e agora tudo é alegria no Rubro-Negro. No entanto, antes do alívio, foram diversos momentos de tensão no Maracanã. Um deles foi aos 16 minutos do segundo tempo, quando Thuler teve a chance de fazer o gol que daria ao Fla o 3 a 0 necessário para se classificar no tempo normal, mas acabou perdendo. Porém, com a classificação, a finalização para fora se tornou motivo de brincadeira entre o Garoto do Ninho e Diego Alves.

resenha aconteceu durante do programa Expediente Fox, na edição da última quinta-feira (01). Os dois atletas foram entrevistados simultaneamente. Em meio a isso, pediram para que o goleiro mandasse uma pergunta para Thuler. Foi aí que Diego Alves brincou: “Thuler, por que você não fez aquele gol? (risos)”. Com bom senso de humor, o jovem respondeu: “Eu sabia que você ia garantir a classificação, comigo fazendo ou não o gol. Deixei pra você”, arrancando gargalhadas de todos que participavam do programa.

Reserva imediato na posição de zagueiro, Thuler assumiu a titularidade na partida contra o Emelec por conta da lesão sofrida por Rodrigo Caio. Ao lado de Pablo Marí, o jovem fez uma atuação segura e foi fundamental para a classificação rubro-negra, afinal, o Fla conseguiu cumprir a missão de não tomar gols, o que complicaria ainda mais a busca pela vaga nas quartas, uma vez que o gol fora é critério de desempate na Libertadores.

Por: Coluna do Fla

Thuler minimiza ida ao futebol europeu e declara: “Meu sonho sempre foi jogar no Flamengo e fazer história aqui”

Desde a venda de Vinicius Júnior, concretizada ainda em 2017, o Flamengo voltou a ser um celeiro de grandes promessas para o futebol europeu. Foi assim com Paquetá, Vizeu, Jean Lucas e, o mais recente deles, Léo Duarte. No entanto, há também os Garotos do Ninho que não vislumbram a ida para o futebol do Velho Continente. Esse é o caso do zagueiro Thuler.

Na última quinta-feira (01), um dia após ser importante para o Flamengo na classificação heroica à fase de quartas de final da Libertadores, o atleta concedeu entrevista à Fox Sports. Em meio aos temas, ele foi questionado justamente sobre as saídas de jogadores do futebol nacional para clubes da Europa. Ele, porém, mostrou seguir uma linha de pensamento diferente: “Meu sonho sempre foi jogar no Flamengo e fazer história aqui. Ainda tenho esse sonho de fazer história”, disse ele.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

Com apenas 20 anos de idade, Thuler já foi acionado em momentos de necessidade por diversas ocasiões e correspondeu à altura em todas elas. Na atual temporada, o jovem participou de nove partidas com a camisa do Fla. A décima será neste domingo (04), quando o Flamengo enfrenta o Bahia, na Fonte Nova, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Por: Coluna do Fla

Thuler revela conversa com Jesus antes de decisão contra o Emelec: “Eu estava louco para começar logo o jogo”

O Flamengo voltou a se classificar para as quartas de final da Libertadores depois de nove anos. A vaga novamente não veio tranquila, e a equipe carioca precisou superar o Emelec, do Equador, nas penalidades. Titular de última hora, após a contusão de Rodrigo Caio e a saída de Léo Duarte, Thuler contou detalhes da conversa tida com o treinador Jorge Jesus antes de ser escolhido para iniciar o jogo decisivo.

– No treino do dia anterior, eu já tinha ideia que ia jogar, mas não tinha certeza. No dia, ele (Jesus) me chamou para conversar, junto com o Pablo, e ali eu vi que ia jogar. Já fui para o meu quarto, já pensei no que poderia fazer, em como seria o jogo. E passam milhões de coisas na cabeça. E, com a festa maravilhosa que a torcida fez, na saída do CT, no Maracanã, eu estava louco para começar logo o jogo, sair jogando e fazer o que eu mais amo -, disse o jogador de 20 anos ao canal “Fox Sports“, declarando também ter comemorado com pai quando esteve ciente da oportunidade.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL E MARCELO CORTES / FLAMENGO

– Ele (Jesus) costuma soltar a relação no dia do jogo. Mas ele já tinha me chamado para conversar antes e eu já tinha na minha cabeça que ia jogar. Primeira coisa que eu fiz foi ligar para o meu pai e comemorar junto com ele. Eu ia ter a oportunidade de ser titular, estava nervoso, ansioso. Ele me passou tranquilidade e tudo correu bem. Foi um momento de muita alegria, mas também com ansiedade. Foi uma mistura de emoções, realização de um sonho. Jogar a Libertadores, com o Maracanã daquele jeito -, contou.

O jovem zagueiro ainda revelou o sentimento ao ter assumido a vaga de titular na defesa em um jogo decisivo de Libertadores e também relembrou a chance que teve de marcar o terceiro gol e levar o Rubro-Negro às quartas sem a disputa por pênaltis.

– Eu, há dois anos, estava no mesmo Maracanã, na arquibancada, torcendo pela Libertadores, apoiando, gritando. Acho que foi um momento maravilhoso na minha vida. Até o juiz apitar pela primeira vez, foi um momento de muita ansiedade. Parecia que estava passando um filme na minha cabeça. Não poderia ter sido de uma melhor maneira. Não sei nem o que eu ia fazer (se marcasse o gol da classificação). (Iria) Escalar a torcida, nem sei o que ia fazer. Seria maravilhoso. Mas vai acontecer ainda, eu tenho fé. Vai ser mais para a frente -, projetou.

Por: Coluna do Fla

Thuler aponta trabalho de Jesus no Flamengo: “Bem diferente do que eu já tinha visto”

Na primeira partida em que o time não sofreu gols sob o comando de Jorge Jesus, a dupla de zaga, improvável até poucos dias, foi formada pelo jovem Thuler e pelo espanhol Pablo Marí. Prata da casa, o camisa 26 foi bem na vitória de 2 a 0 sobre o Emelec, no Maracanã, na última quarta-feira (31). Convidado do programa ‘Expediente Futebol’, dos canas FOX Sports, desta quinta-feira (01), o zagueiro falou sobre a rotina de trabalho com o ‘Mister’:

– Experiência muito boa, ele cobra muito da gente, quer o tempo todo que a gente dê o nosso melhor, independente de cansaço. Ele sabe extrair tudo aquilo que a gente tem de melhor, está sendo uma experiência maravilhosa. Estamos aprendendo muito com ele. O perfil dele é diferente, os trabalhos são mais táticos, com mais informações e bem diferente do que eu já tinha visto -, afirmou o atleta que, como profissional, trabalhou com Reinaldo Rueda, Carpegiani, Barbieri, Dorival Júnior e Abel Braga, todos no Flamengo.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL E MARCELO CORTES / FLAMENGO

Thuler chegou ao Mais Querido com apenas oito anos e hoje, aos 20, tem mais tempo de clube do que os jogadores consagrados que vêm sendo contratados. Um privilégio, segundo ele, para evoluir dentro de campo, ganhar experiência e desenvolver suas qualidades:

– Eu sei que é difícil (ter espaço), são grandes jogadores, mas ao mesmo tempo é um privilégio trabalhar com tantos jogadores de alto nível. Aprendemos com eles e evoluímos para dar sequência ao trabalho -, destacou.

Com a saída de Léo Duarte para o Milan (ITA) e a lesão de Rodrigo Caio, Thuler permanecerá na equipe que enfrenta, no próximo domingo (04), o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela décima terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Por: Coluna do Fla

Torcida do Flamengo “faz a festa” após publicação de Thuler

A tarde do último domingo (28) veio com um misto de emoções para a torcida do Flamengo. Encarando o Botafogo, o Rubro-Negro viu Rodrigo Caio, seu principal zagueiro, se lesionar com menos de 15 minutos de partida e sofreu um gol logo em seguida. No entanto, o Fla conseguiu vencer o clássico por 3 a 2 e, no lugar de Rodrigo, o jovem Matheus Thuler assumiu a responsabilidade e deu conta do recado.

Se dentro de campo ele foi bem, fora das quatro linhas o jovem acabou abraçado pela torcida. Prova disso é que, nas redes sociais, o zagueiro comemorou: “Mais três pontos, vamos em frente!”. Nos comentários, rubro-negros passaram confiança ao Garoto do Ninho e destacaram a personalidade do atleta no clássico.

Atuando por cerca de 76 minutos, o camisa 26 reassumiu o posto de reserva imediato da zaga. Isso porque, após a chegada de Pablo Marí, ele tinha perdido uma posição na fila. Porém, Léo Duarte acertou sua ida para o Milan e voltou a dar mais espaço para o jovem.

Aos 20 anos, Thuler se prepara agora para o jogo que pode ser o mais importante de sua carreira até aqui: a partida de volta das oitavas de final da Libertadores, contra o Emelec. Rodrigo Caio será reavaliado nesta segunda-feira (29) e a possibilidade de que não tenha condição de entrar em campo na quarta é real. Sendo assim, caso a hipótese se confirme, Thuler terá que assumir a vaga na ‘decisão’ ante a equipe equatoriana.

Por: Coluna do Fla

Treinos indicam zaga composta por Thuler e Rodrigo Caio para próximo jogo

O Flamengo busca na Europa um nome de peso para reforçar sua zaga. Se a chegada de Rodrigo Caio trouxe segurança ao setor, é bem verdade que a aposentadoria de Juan, as constantes lesões de Rhodolfo e a baixa rodagem dos zagueiros pratas da casa justificam a procura. Léo Duarte, atual titular e fora da partida em razão de uma virose, deve ser substituído pelo jovem Thuler, de apenas 20 anos.

Aparentemente, é o camisa 26 o mais cotado para sair jogando, mesmo com Rhodolfo à disposição do técnico Abel. Com boas atuações quando solicitado, o jogador já atuou pela Seleção Brasileira Sub-20 e foi campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2018, quando foi promovido aos profissionais. Vale ressaltar que apesar da pouca idade, sua estreia na equipe principal ocorreu em 2017, contra o Paraná, em jogo válido pela extinta Primeira Liga.

Com nomes mais experientes no radar Rubro-Negro – como Jemerson, do Monaco e Bruno Viana, do Braga – Thuler aposta na velocidade, no bom tempo de bola e no vigor para ganhar espaço no elenco. O jovem deve formar a dupla de zaga com Rodrigo Caio para a partida de domingo (26), válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Athletico-PR, às 16h, no Maracanã.

Léo Duarte é dúvida para Flamengo x Athletico-PR; Thuler deve assumir a vaga

Neste domingo (26), o Flamengo tem boa oportunidade para se recuperar no Campeonato Brasileiro. Ainda sem conseguir emplacar uma boa sequência de resultados, o Mais Querido enfrenta o Athletico-PR no Maracanã – e, segundo relatos, o adversário virá com time misto. O Rubro-Negro, porém, pode ter um desfalque importante.

Titular na maior parte da temporada, o zagueiro Léo Duarte passa por forte gripe e é dúvida para o jogo do fim de semana. Durante a semana, o jovem não conseguiu participar de alguns treinos. Assim, sua presença não é garantida.

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Sem o camisa 43, o técnico Abel Braga tem duas fortes opções para a partida: Rhodolfo e Matheus Thuler – e o cria da base está na frente pela titularidade. Com boas atuações em momentos críticos, Thuler tem aceitação da torcida e da comissão técnica e é o mais cotado para iniciar a partida ao lado de Rodrigo Caio. Em 2019, Abel já escalou também Hugo Moura como zagueiro – mas, por ser volante de origem, o Garoto do Ninho corre por fora e tem poucas chances de assumir a titularidade neste momento.

Por: Coluna do Fla

Thuler fala sobre gol sofrido no fim do jogo e projeta duelo com o Corinthians

O Flamengo recebeu a Chapecoense na manhã deste domingo (12), e a comissão técnica decidiu utilizar equipe alternativa no embate. Ainda assim, o Rubro-Negro entrou em campo como franco favorito e na obrigação de conquistar os três pontos. E a tarefa foi concluída com sucesso, uma vez que o Fla conquistou um triunfo por 2 a 1, com gols marcados por Vitinho e Lincoln, em partida que contou com 61.023 presentes no Maracanã. Na zona mista do Maracanã, o zagueiro Thuler explicou o gol tomado no fim do jogo:

— Acho que falta um pouco de comunicação (para resolver) isso. Não teve comunicação ali. Foi um erro geral e acabamos sofrendo o gol. Temos que trabalhar para isso não acontecer mais. A equipe relaxou no final. A gente tomou um gol de bobeira. Temos que corrigir com treinamento para que isso não aconteça mais.

FOTO: CARLA ARAÚJO/COLUNA DO FLA

Mesmo no banco de reservas, o jovem defensor se destaca sempre que entra em campo. Thuler projetou duelo contra o Corinthians, válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil, que terá seu jogo de ida sendo disputado na próxima quarta-feira (15):

—  Com certeza, será um grande jogo, contra uma grande equipe, que é o Corinthians. Temos que ver a estratégia que o Abel e a comissão técnica vão montar e seguir isso para fazermos um grande jogo.

Por: Coluna do Fla

Milton Neves critica árbitro e chama Thuler de “carniceiro”: “Agrediu o Pato e o Hernanes”

São Paulo e Flamengo ficaram no empate em 1 a 1, em partida disputada no último domingo (05), pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo, no entanto, ficou marcado pela quantidade de cartões amarelos aplicados. Em sua conta no Twitter, o jornalista Milton Santos fez duras críticas ao árbitro Ricardo Marques, que conduziu o jogo, e soltou o verbo contra o zagueiro Matheus Thuler.

– Árbitro Ricardo Marques premiou a violência do Flamengo contra o São Paulo, especialmente do carniceiro e “cavalo” Thuler, que agrediu Pato e Hernanes, além de Trauco. Deveria tomar um gancho e não apitar jogos tão importantes assim mais. Todo jogo dele tem polêmica -, criticou Milton Neves.

Dentro de campo, o Flamengo teve grande chance de sair com os três pontos no Morumbi. A equipe carioca chegou ao primeiro gol com o colombiano Berrío, mas recuou durante a etapa complementar e permitiu o empate do Tricolor Paulista aos 38 minutos, com Tchê Tchê.

Com o placar, o Rubro-Negro chegou aos quatro pontos no Brasileiro e se encontra na nona posição. Entretanto, a chave foi virada e agora os comandados de Abel Braga pensam somente na Libertadores da América. Pela última rodada da fase de grupos da competição, o Flamengo enfrentará o Peñarol (URU), tendo que pontuar para garantir classificação às oitavas sem depender de outros resultados. O duelo será disputado às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Centenario, em Montevidéu.

Por: Coluna do Fla
  • 1
  • 2

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod