Tag: Vasco

Flamengo

Situação financeira de rivais justifica cautela do Flamengo no mercado

Muito se questiona sobre a postura da diretoria do Flamengo na janela de transferências em 2021. Os ânimos dos torcedores estão até certo ponto calmos, e isso se dá aos títulos recentes, em outro cenário o torcedor provavelmente estaria furioso pelo corte de gastos em 2021.

Porém o futebol mudou, e mudou há mais de 20 anos, mesmo que alguns clubes tenham demorado para perceber, como foi nosso caso. Mas espante-se, existem clubes que até os dias de hoje não perceberam como o futebol mudou, e pagam a conta disso.

Recentemente, o jornalista Rodrigo Capelo fez uma análise clube a clube e os dados são impressionantes. Grandes clubes como Vasco, Botafogo, Cruzeiro, Santos e Corinthians possuem dívidas que são dadas como impagáveis pelo jornalista, ao menos com as condições atuais. E isso reforça o ponto de vista da diretoria do Flamengo em 2021, mais acanhada.

O torcedor já deve ter percebido que para o Flamengo chegar ao patamar que chegou nos últimos anos, precisou “cortar da carne” em momentos de crise, precisou lutar para não ser rebaixado, precisou passar por brincadeiras por não ter carrinho para levar jogadores no CT, precisou acompanhar a total falta de estrutura do time, que mudou.

O futebol é igual as contas de casa, não tem mistério, e quando se gasta mais do que tem, a conta chega, e você não tem como pagar ela, precisando pagar taxas, multas, tendo dinheiro penhorado, e assim vai, um buraco sem fundo. Dentro do futebol, isso implica em anos de ou até décadas de sofrimento em campo. Sofrimento esse que o Flamengo passou por apenas 5 anos, até organizar sua casa. E valeu muito a pena.

A temporada em meio a pandemia e a falta de bilheteria justifica a saída de Gerson e a busca mais acanhada por reforços. São com essas atitudes pouco populistas e corretas dentro da realidade, que fazem o Flamengo ser o que é hoje. E precisamos acima de qualquer coisa, ter paciência.

Veja também: Flamengo enfrenta o ABC nas oitavas de final da Copa do Brasil

jornalista

Para jornalista, Flamengo “sobra” no Rio por conta do desnível técnico

O Flamengo venceu o terceiro Campeonato Carioca seguido no último sábado diante do Fluminense. A equipe de Rogério Ceni conseguiu assim mais um título e se prepara para uma temporada corrida e cheia de competições. Mas para o comentarista Benjamim Back, o título rubro negro era “óbvio”, principalmente pelo desnível entre as equipes e o Flamengo.

Deu a lógica, né, Flamengo tricampeão carioca. Gente, é normal, “ah, o Benja tá babando ovo”. Não é babar ovo, é a constatação de um fato, de uma realidade que acontece no futebol carioca. O Flamengo tá aqui [levando a mão esquerda ao alto], os outros tão aqui [levando a mão direita a baixo], não tem jeito. É um campeonato com um desnível técnico muito grande, então o Flamengo ser campeão carioca é mais do que normal, não tem surpresa alguma“, disse o jornalista sobre o Flamengo.

Além disso, Benja aproveitou para destacar que esse é o quarto título de Rogério Ceni no comando da equipe, e que ele deveria ter mais confiança da torcida para o restante da temporada. O jornalista, também criticou o modelo do Campeonato Carioca.

Flamengo

É o quarto título do Rogério Ceni, e daqui a pouco vai ter “fora, Rogério!” E é um campeonato tão maluco que eu, na minha vida, nunca tinha visto isso. O Flamengo foi campeão e a Taça Rio foi disputada entre Botafogo e Vasco para disputar o quinto lugar! Não é o terceiro e o quarto! Terceiro e o quarto acho que era Volta Redonda e Portuguesa! Então acabou esse campeonato carioca com essa fórmula esdrúxula e de Flamengo, normal. O Flamengo já sobra no Rio de Janeiro faz alguns anos. O Rubro-negro deve continuar sendo campeão estadual sem se esforçar nos anos que estão por vir.

Leia também: Campeonato Carioca Vira Dor De Cabeça Para Os Clubes

Veja também: Flamengo empata com o Grêmio em 1 a 1 pelo Brasileirão Feminino

carioca

Campeonato Carioca em 2021 terá turno único; Confira

O Campeonato Carioca terá mudanças significativas em seu formato no ano de 2021. Isso porque ficou acordado entre os clubes cariocas em uma reunião na tarde de hoje a alteração. Anteriormente a competição era disputada em duas fases, já era a tradição. Porém no ano que vem, a competição terá apenas um turno. Dessa forma ficou determinado que Cabofriense, Americano, Friburguense, América, Nova Iguaçu e Sampaio Correa irão participar de fase preliminar entre 16 de janeiro e 25 de fevereiro. Assim, será nela que ficará determinado os dois times classificados ao turno único e os quatro que lutarão contra o rebaixamento. Após isso, o turno único irá ser em pontos corridos. Sendo o primeiro colocado, campeão da Taça Guanabara. Assim, mais do que nunca, o troféu será simbólico. Os quatro primeiros colocados se classificam para as semifinais, disputadas em jogo de ida e volta. Surpreendentemente, a Taça Rio será disputada entre o quinto e oitavo colocados da fase única. Ou seja, as “taças” perdem peso nesse novo formato.

Transmissão ainda indefinida para 2021

Recentemente, SBT e Band demonstraram interesse em transmitir o Campeonato Carioca de 2021. Porém, até o momento, nenhuma das emissoras conseguiram fechar acordo pela transmissão. Assim, o Campeonato Carioca ainda segue os mesmos passos de 2020, sem transmissão após quebra de contrato da Rede Globo. A Ferj já estudou entrar com processo contra a emissora pelo corte de contrato, ainda sem maiores desdobramentos. O SBT tem investido forte no esporte após conseguir direitos de transmissão de partidas do Flamengo. Com a saída da Globo da Libertadores, a emissora de Sílvio Santos voltou a ser a responsável pelas transmissões. Assim, é de interesse dela expandir ainda mais seu crescimento no esporte. Atualmente, o SBT começou um programa esportivo com Benjamim Back, nas segundas a noite. A Band que sempre foi uma TV voltada aos esportes, quer voltar a ter essa marca. O Campeonato Carioca poderia ser uma chance para os paulistas, e por isso ela chama a atenção. Além da TV aberta com a própria Band, o Band Sports também ganharia mais representatividade na TV fechada. Outra emissoras correm por fora, mas na TV aberta essas parecem ser o caminho mais provável para as transmissões. Leia também: Exame confirma lesão em Diego Alves, que poderá ser desfalque Veja também: Flamengo vence o Fluminense por 3 a 1 e larga na frente nas quartas de final do Brasileiro Sub-20
Vasco

Vasco perde de quatro para o Ceará e torcida do Flamengo não perdoa

Como de costume, a vida do Vasco no Campeonato Brasileiro não está fácil. Na noite desta segunda feira a equipe comandada por Sá Pinto levou de quatro do Ceará dentro de sua própria casa. Com a derrota humilhante, o rival do Flamengo entra mais uma vez na zona de rebaixamento. A torcida do Flamengo, obviamente, não perdeu a oportunidade de zoar o Vasco por mais esse fiasco. https://twitter.com/leonardodella_/status/1333545423089315840 Líder na terceira rodada do Brasileirão e cheia de conteúdos um tanto quanto “exagerados” de vascaínos comemorando tal feito que parece impossível pelas bandas de São Januário, é inegável que mais uma vez os torcedores rivais arrumaram mais uma ótima forma de passar vergonha. E é claro que os flamenguistas conseguiram mais uma grande fonte de risada. Agora dentro de sua realidade, o Vasco luta contra o rebaixamento. O português de lá não é Jorge Jesus e terá muito trabalho para fazer “Ribamares” da vida renderem e salvar a equipe. A página oficial do Ceará aproveitou também para tirar uma “casquinha” da situação, afinal, o Ceará respira no campeonato e afunda um rival direto. Enquanto o Vasco pena no Brasileirão, o Flamengo irá disputar a Libertadores nesta terça, diante do Racing em partida decisiva que será transmitida no Fox Sports e no SBT à partir das 21h30 (de Brasília). Leia também: Em sexto jogo com Ceni, Fla poderá ter sexta escalação diferente Veja também: Pequenos rubro-negros contam agora com linha dos Flamiguinhos para cuidados pessoais  
Dome-Flamengo

Dome revela pedido no intervalo contra o Vasco: “Precisamos jogar mais rápido”

Em entrevista após a partida contra o Vasco – onde o Flamengo acabou vencendo de virada pelo placar de 2 a 1, em São Januário – o treinador do time carioca, Domènec Torrent reconheceu erros no clássico e ainda revelou conversa com os jogadores no intervalo. Cabe ressaltar que o rubro-negro marcou os dois gols da vitória na segunda etapa.
Bruno Henrique-Flamengo
Bruno Henrique-Flamengo
“Nós técnicos estamos para isso, quando você tem problemas ou não joga muito bem, trocar algumas coisas. Estávamos jogando com os laterais e os extremos na mesma linha, quando isso não acontece você não joga bem. Falamos sobre isso. Acho que cometemos erros quando jogamos com os laterais na mesma linha que os extremos”, além disso, completou: “Quando você joga em diferentes linhas, você pode jogar melhor. Falamos isso, falamos que precisamos jogar mais rápido. Eu não gosto de jogar conduzindo a bola, é melhor passar a bola”. Com a vitória deste sábado (10), o Flamengo chegou a incrível marca de 16 jogos de invencibilidade contra seu maior rival. Cabe lembrar que o Vasco havia demitido seu treinador, Ramon Menezes poucos dias antes do clássico.

Próximo compromisso do Flamengo

Depois deste jogo contra o Vasco, o Flamengo está com 27 pontos, e alcançou o segundo lugar da tabela do Brasileirão. O Rubro-Negro disputa a liderança com o Atlético-MG e o Internacional. O Mais Querido inicia uma maratona de partidas e volta em campo contra o Goiás. A partida ocorre na próxima terça-feira (13) e é jogo o adiado da 12ª rodada do campeonato. A bola rola às 18h (horário de Brasília), no Maracanã. LEIA MAIS SOBRE FLAMENGO Virou piada: Edmundo se revolta com o VAR e solta palavrão Reação do Vasco TV no impedimento vira piada na internet; veja      
Edmundo-Fox-Sports

Virou piada: Edmundo se revolta com o VAR e solta palavrão

O ex-jogador e ídolo do Vasco da Gama, Edmundo ficou bastante irritado com a atuação do VAR na partida diante do Flamengo na tarde deste sábado (10). Atualmente comentarista dos canais Fox Sports, o ‘Animal’ soltou um palavrão eu seu perfil nas redes sociais após o término do duelo para mostrar seu indignação com a intervenção do Árbitro de Vídeo no gol de seu ex-time no final do confronto.
Bruno Henrique-Flamengo
Bruno Henrique-Flamengo
“VAR tomar no c***!”, escreveu Edmundo em seu Twitter. No fim do segundo tempo, Cano balançou as redes em São Januário, mas o VAR apontou impedimento de Paredes no início da jogada, irritando o ex-jogador. Deste modo, o Vasco foi derrotado pelo placar de 2 a 1, no estádio de São Januário, e agora soma 16 confrontos contra seu maior rival sem conseguir uma vitória. Este foi o primeiro jogo do Vasco após a demissão de Ramon Menezes. Os gols da partida foram marcados por Talles Magno, no entanto, levou a virada na etapa final com Léo Pereira e Bruno Henrique.

Situação na Tabela

Com a derrota, o Vasco segue encostado no décimo lugar com 18 pontos, mas começa a ver a briga pelo G-6 ficar distante. Já o Flamengo encostou no líder Atlético-MG, que também venceu na rodada, e se manteve a três pontos de distância do atual campeão nacional.

Próximo compromisso do Flamengo

Após nova vitória, o time comandado pelo catalão Domènec Torrent se prepara para receber o Goiás, no Maracanã, na próxima terça-feira (13), ás 18h00 (de Brasília), pela décima quinta rodada do Campeonato Brasileiro 2020. LEIA MAIS SOBRE FLAMENGO Reação do Vasco TV no impedimento vira piada na internet; veja      
Dome-Flamengo

Dome explica Natan no banco; Confira o pós-jogo de Flamengo 2 x 1 Vasco

O Flamengo venceu o Vasco hoje pelo Campeonato Brasileiro. A vitória por 2 a 1 é importante para a sequência do Campeonato, o Flamengo segue cada vez mais encostando no líder Atlético-MG, que vem de derrota na última rodada. Um dos maiores questionamentos da torcida antes da partida rolar no clássico, foi a escolha de Léo Pereira de volta na zaga, mesmo com Natan jogando bem. Dome explicou sua escolha: “Muito simples. Temos muitas informações. Eu falo muito com o dp médico e com o Tannure. O Natan e o Pedro estavam muito cansados e recebemos a informação de que poderiam ter risco de lesão. Foi por precaução.”, comentou. Léo Pereira fez um dos gols do Flamengo na partida de hoje. Fato que não mudou a opinião de alguns torcedores de que ele deveria ter sido reserva. Outro atleta que está sendo bastante criticado pela torcida é Michael. Mais uma vez o jogador entrou mal na partida e não passou despercebido. Mesmo à beira do campo, Dome em vários momentos perdeu a paciência. “Temos que ter paciência com todos, não é fácil jogar 20 minutos e jogar bem, o ritmo é outro. Estamos jogando com um ritmo muito alto, todos querem que quem está no banco jogue melhor, mas temos que defender o Michael também”, disse Dome sobre Michael. Ainda sobre Michael, ele completou: “Talvez tenha que finalizar melhor, mas isso acontece quando você joga 15, 20 minutos. Isso é um time. Não se trata do Vitinho, do Pedro, do Leo. Quanto mais falem sobre esses jogadores, mais vamos defender esses jogadores. Somos um time” Leia também: Flamengo vence o Vasco outra vez, e torcida não perdoa nas redes sociais Veja também: Flamengo/Marinha encara o Palmeiras no Novelli Júnior
Gols Marcantes de Bruno Henrique no Flamengo

Flamengo vence o Vasco outra vez, e torcida não perdoa nas redes sociais

O Flamengo venceu o Vasco mais uma vez. Sem vencer o rubro negro desde 2016, a equipe comandada por Alexandre Grasseli não conseguiu conter os “coringas” do mengão. Mesmo em partida considerada bem abaixo do Flamengo, em relação ao que pode jogar e ao que fez em partidas anteriores. O torcedor do Flamengo, obviamente, não deixou barato mais essa vitória sobre seu rival e foi para as redes sociais tirar um sarro. O Vasco teve também um gol bem anulado na partida, mas, como já é de costume, o VAR para algumas pessoas deveria servir apenas para tomar decisões contra o Flamengo, mesmo sendo injusta. Dessa forma, não deu outra, teve reclamação de torcedores vascaínos e claro, também na imprensa.   E mais uma vez, a torcida do Flamengo aproveitou o choro de rivais vascaínos, rivais de outros times, imprensa…e por aí vai, para ironizar. Enquanto o Flamengo comemora mais uma vitória sobre seu  rival. O Vasco segue fervendo politicamente e em queda livre no Brasileirão. A torcida resolveu protestar logo após a derrota, chamando a equipe de “sem vergonha”. O Flamengo tem pouco tempo para descansar e entender o que deu de errado e o que deu de certo hoje. Já na terça o rubro negro tem partida pelo Campeonato Brasileiro diante do Goiás. Caso vença, o Flamengo poderá assumir a liderança do Brasileirão, dependendo dos resultados do Atlético-MG. Leia também: Sormani faz comparação de Rodriguinho com Arrascaeta e vira piada Veja também: De virada, Mengão vence o Vasco por 2 a 1 em São Januário
Gols Marcantes de Bruno Henrique no Flamengo

Sede do Vasco é pichada em véspera de clássico

A fase no Vasco não é das melhores. O clube acumula seis partidas sem vitória, eliminado da Copa do Brasil pelo Botafogo e em queda livre no Brasileirão, a diretoria decidiu demitir Ramon, na véspera da partida contra o Flamengo, neste sábado. Talvez temendo por uma derrota no clássico, o que culminaria em protestos, a demissão veio. O problema é que ela não conseguiu evitar protestos por parte da torcida. São Januário amanheceu hoje pichado. Mensagens foram destinadas ao presidente Alexandre Campello e aos jogadores Felipe Bastos, Ribamar. A torcida organizada Força Jovem do Vasco também foi lembrada no protesto que afirmava que eles se venderam para a diretoria. Segundo a imprensa, os jogadores não gostaram nada da demissão de Ramon na tarde de ontem. Dessa forma, o clima no Vasco é o pior possível para a partida deste sábado. O Flamengo no meio desta semana se aproximou do Atlético-MG na tabela do Brasileirão. Três pontos separam o vice líder do atual líder da competição. Conseguir engatar vitórias em sequência será primordial para quem sabe, assumir a liderança. O rubro negro terá pela frente uma sequência absurda de jogos. Enfrenta o Vasco neste sábado, o Goiás na terça, o RB Bragantino na quinta e o Corinthians no próximo domingo. Quatro jogos em oito dias, e ambos pelo brasileirão. Leia também: Neneca rasga elogios a Hugo Souza: “Tem um futuro brilhante” Veja também: Sub-20 vence o Jaciobá (AL) fora de casa e está classificado para a segunda fase da Copa do Brasil  
Flamengo

Revelado pelo Vasco, Dedé revela desejo de jogar no Flamengo

Mais um jogador revelado por um clube rival do Rio de Janeiro revelou o desejo de atuar no Flamengo. Uma das principais revelações da última década do Vasco, o zagueiro Dedé, revelou durante entrevista ao programa ‘Aqui com Benja’, da Fox Sports, que desejou atuar no Mais Querido, porém, as negociações entre o Cruzeiro e o Mengão não evoluíram. “Sobre acordo entre Cruzeiro e Flamengo, de Itair e diretor do Flamengo, eu não sei. Começou com o Abel (Braga) me ligando. Eu estava na Disney com a minha família. Me passou que queria que eu fosse para o Flamengo. Eu falei: ‘Professor, o Flamengo é um time espetacular, mas eu tenho uma coisa muito significativa na minha carreira com o Cruzeiro, que eu não quero que seja… meio que chegar lá e brigar para sair. Tem que ser algo entendido pelos dois clubes”, explicou.
Marlos Moreno disputa bola com Dedé e vê chegada de Fábio (Gilvan de Souza / Flamengo)
O defensor também revelou que a proposta do Mengão era interessante para os dois lados, tanto para o atleta como para o Cruzeiro. O jogador também ressaltou que a oportunidade de retornar ao Rio de Janeiro também era algo que o seduziu e empolgou. Porém, as tratativas não avançaram. “O Flamengo está no Rio de Janeiro, está do lado da minha casa (Volta Redonda). Seria maravilhoso para mim, só que já estava sendo maravilhoso no Cruzeiro. Eu deixei isso ficar com os diretores, para eles se entenderem. Era uma proposta muito boa para o Cruzeiro também”, concluiu. Dedé também relembrou que na época havia uma negociação entre o Rubro-negro e a Raposa pelo meio-campista De Arrascaeta, um dos principais nomes do elenco cruzeirense. Desta forma, o clube mineiro não gostaria de perder dois dos principais atletas para a mesma equipe do futebol brasileiro. “O Flamengo queria o Arrascaeta de qualquer jeito. E eles conseguiram. Acho que isso deu um conflito grande e foi onde teve a decisão do Cruzeiro de vetar (a negociação). Foi o que eu entendi, não me foi passado. Cheguei a conversar com o Itair sobre o desejo de voltar para o Rio de Janeiro, estar perto da minha família, sou bem apegado, amo minha cidade, Volta Redonda. Itair falou: “Dedé, não tem como, é difícil, quase impossível”. Eu fiquei na minha, respeitei o Cruzeiro, mantive meu foco e segui meu caminho no clube”, contou.  

”Fica, Abel”: Torcida do Flamengo tira os vascaínos do sério com provocação criativa

O Vasco vai mal no Campeonato Carioca, na Taça Guanabara não chegou nem as semis e na Taça Rio já soma dois empates. O futebol pobre apresentado se parece muito com o Flamengo de Abel no ano passado, até a chegada de Jesus. Porém na época os rivais não pareciam muito críticos ao trabalho de Abel, então porque os flamenguistas deveriam estar agora não é mesmo? A torcida do Flamengo levantou nas redes sociais a hashtag “Fica Abel”, pedindo para que esse grande trainador do futebol brasileiro permaneça nos dando alegrias.   https://twitter.com/kito_mv/status/1236959189492252672

A relação Abel-imprensa

A torcida do Flamengo tem toda razão na brincadeira com Abel, tanto pela zoeira quanto pela ironia. Até hoje amigos de Abel na imprensa insistem em dizer que ele, com as contratações do meio do ano, poderia ter sim vencido as mesmas competições que Jesus venceu. Uma grande balela, repetida várias vezes. O Flamengo de Abel era burocrático e uma zona, mesmo com jogadores de qualidade como Arrascaeta, Everton Ribeiro e Diego, se resumia a lançar bolas na área, muito pouco para uma equipe conseguir ganhar o que ganhou com Jesus. Vale destacar também que Abel saiu do Flamengo o deixando lutando pelo G4 apenas, enquanto Jesus levou a equipe a glória. Mas o que talvez chame mais a atenção dos rubro-negros é a aparente mudança de pensamento de alguns jornalistas. Se antes suas opiniões ao Abel no Flamengo eram amenas, agora no Vasco são mais ofensivas, qual o motivo? Bem…o que importa é o presente, e nele o Flamengo vai muito bem com Jesus e tem para si um aprendizado sobre o estilo de treinador que ele terá no futuro.  

Ex-atacante do Vasco diz que ‘não amarelou’ para Rafinha e planeja reencontro: “O pau vai cantar de novo”

Flamengo e Vasco costuma ser um clássico pegado, acirrado, muitas das vezes com bastante polêmica. O último confronto entre as equipes, que terminou 4 a 4, ainda é assunto pelo lado Cruzmaltino. Em entrevista ao canal Pilhado, Rossi comentou sobre as discussões que tivera com o lateral-direito do Rubro-Negro, Rafinha. O atacante, que, após o término de seu empréstimo, negocia sua permanência no Alvinegro, frisou que não teve medo de enfrentar o multi-campeão do Fla e projetou um reencontro com o rival.

— O Rafinha… ele é ‘bicho solto’. Ele é brabo também. É um grande jogar, mas ali o bicho pega. Quando a bola rola, se esquece que ganhou Champions, Libertadores… Vou querer ganhar. O jogo tava: ‘Ah, vamos passar o carro’. Os caras fizeram o gol com um minuto de jogo. A gente se bateu, foi cartão pra cá, cartão pra lá… Fiquei não (com medo do Rafinha). O bicho pegou. Falaram que iam atropelar a gente (a mídia). Depois desse jogo o Clássico dos Milhões deu uma ressurgida. Na minha cidade tem muito rubro-negro, entraram na minha mente, do nosso torcedor… E o Luxemburgo ali no vestiário é sinistro. Mas quando a bola rola, o ‘pau quebra’. Graças a Deus foi um jogo marcado -, disse, antes de prosseguir:

— Pro Rafinha eu não amarelei. E nunca vou amarelar. Se eu pegar ele de novo, o ‘pau vai cantar’ de novo. Mas depois a gente conversou, ficou de boa. Ele é chato pra caramba e eu sou chato pra caramba também… Mas ficou um jogo marcado… Se vier devagar eu vou com o pé por cima. Se vier devagar, vou atropelar. Que ano que vem sejam clássicos igual como esse que passou. Quero jogar de novo -, encerrou.

O Flamengo se reapresentou nesta terça-feira (07), no Ninho do Urubu. O elenco principal, no entanto, volta a treinar no dia 27 deste mês. Enquanto isso, o sub-20, reforçado com jovens atletas do profissional, se prepara para estrear na Taça Guanabara – primeiro turno do Campeonato Carioca. O Rubro-Negro entra em campo no dia 18, às 16h (horário de Brasília). O adversário ainda não está definido.

Por: Coluna do Fla

Vascaínos mandam recado à torcida do Flamengo após chegada do atacante German Cano

A torcida do Vasco parece muito confiante com o time para 2020. Mesmo com uma fraca campanha do time no Brasileirão 2019, chegando a “conversar” com a zona de rebaixamento, os torcedores se mantém com altas expectativas e já mandaram recado aos rubros-negros.

Nesta segunda-feira (06), no aeroporto do Galeão, durante a chegada do atacante German Cano, novo reforço para a temporada, os vascaínos criaram uma rima para provocar o rival: “Chora, Urubu, vou enfiar o Cano…”. A tentativa, porém, não obteve muito êxito nas redes sociais: “Todo ano, a mesma chacota“, dizia um torcedor do Flamengo, enquanto outro destacava: “Mais um meme pra 2020 Kkkkk”.

Flamengo e Vasco se enfrentaram seis vezes em 2019, entre jogos do Campeonato Carioca e do Brasileirão, e o retrospecto é amplamente favorável para o Rubro-Negro. Foram três vitórias do clube da Gávea, incluindo a goleada por 4 a 1 no Brasileiro, e outros três empates. As duas equipes se encaram já na segunda rodada do Estadual, no dia 22 de janeiro, data em que o restante do elenco principal se reapresenta.

Por: Coluna do Fla

Vasco tenta levar jogo para o Maracanã, e Flamengo deve liberar estádio

O Maracanã é um dos principais estádios do Brasil, tanto na história, quanto nos tempos atuais. Desde abril, o Flamengo é quem administra o centro esportivo, em gestão conjunta com o Fluminense. O Vasco, inicialmente, se mostrou contra a ideia de ver os rivais à frente do projeto. No entanto, agora, as relações podem se estreitar. Isso porque, a equipe Cruzmaltina se mostra interessada em mandar um jogo no Maraca, e o Fla não deve impor grandes barreiras. Vale destacar, aliás, que Rodolfo Landim – presidente do Rubro-Negro – sempre deixou clara a ideia de ter os clubes trabalhando unidos na gestão do Maracanã.

Com o intuito de fazer uma grande festa para se despedir da torcida, Alexandre Campello, presidente do Vasco, confirmou a ideia de levar o duelo ante a Chapecoense para o estádio. Além disso, o mandatário da equipe da Colina revelou contato com órgãos organizadores, que sinalizaram positivamente.

FOTO: PAULA REIS/FLAMENGO

– Queremos brindar a torcida com o último jogo contra a Chapecoense no Maracanã. Já foi solicitado para a CBF. Nós consultamos o Maracanã. Existia um evento, mas foi cancelado, de forma que não existe impedimento. Para mim, está definido. Já conversei com a CBF, Bepe e Ferj.

O Vasco vive momento de festa por ter se livrado do rebaixamento antes do esperado. Enquanto isso, a ‘despedida’ do Fla no Maracanã será nesta quinta-feira (05), pela 37ª rodada do Brasileirão, quando recebe o Avaí. O último jogo do Mais Querido na competição será fora de casa, contra o Santos, na Vila Belmiro.

Por: Coluna do Fla

Ex-jogador do Vasco admite que equipe cruzmaltina “não consegue rivalizar” com o Flamengo

O Flamengo vem, desde 2013, em uma mudança de patamar nos aspectos financeiros e estruturais. Em 2019, essa elevação do Rubro-Negro foi ratificada através dos títulos do Campeonato Brasileiro e da Libertadores, além do Carioca. Em meio a isso, o ex-jogador e comentarista Carlos Alberto destacou a discrepância entre o Mais Querido e as demais equipes do estado.

A análise de Carlos Alberto aconteceu durante o programa Jogo Sagrado, da emissora Fox Sports, na edição da última segunda-feira (25). Além do Vasco, ele citou também o Fluminense e o Botafogo como ‘esquecidos’ pelo Flamengo em termos de rivalidade. Vale lembrar que, ao longo da carreira, ele passou pelos três clubes do Rio, faltando apenas o Fla para completar o ‘quarteto’.

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

– O futebol carioca, realmente, está vivendo uma situação muito triste. Tanto que, hoje, os rivais do Flamengo são Palmeiras e Grêmio. Você não fala mais dos times do Rio como rivais, porque não consegue fazer uma rivalidade com o Flamengo, porque polarizou com Palmeiras e Grêmio, que são de fora do Rio -, afirmou o ex-atleta, completando em seguida:

– Isso é um alerta para se fazer. A tendência, se não mudar a maneira de fazer a gestão do clube, a coisa só piora. E, uma empresa, você tem uma meritocracia, as pessoas tem metas a atingir, se não acontece, tem mudança. Então, os clubes do Rio pararam no tempo. Começou a ser uma mudança, quando percebeu que não adianta só ter time bom. Tem que pagar salário em dia, tem que oferecer uma infraestrutura. Não precisa ser a coisa mais linda da galáxia, mas tem que ser algo que funcione. O Flamengo está dando um exemplo muito bom disso, espero que os outros copiem.

Por: Coluna do Fla

Goleiro do Flamengo volta a se pronunciar sobre caso de racismo: “Que Deus perdoe essas pessoas”

A história da civilização mundial e também a brasileira indicam um longo trajeto de exploração do povo negro e, apesar da abolição da escravidão, inserção dos negros na sociedade e afins, ainda há quem acredite em uma suposta superioridade baseada em critérios étnicos. Na última quarta-feira (20), o goleiro Hugo Moura, do Flamengo, foi mais um que sentiu isso na pele, ao sofrer injúria racial durante a final do Campeonato Carioca sub-20, contra o Vasco, em São Januário. O atleta já havia se pronunciado logo após o apito final. Depois, fez questão de reforçar a cobrança em rede social.

Hugo ‘Neneca’ ratificou sua decepção com as ofensas. No entanto, fez um clamor para que o futuro seja melhor. Além disso, demonstrou também que não deseja mal àqueles que acometeram tal fato, mas sim que esses malfeitores passem a ter consciência de suas atitudes.

“Triste, mas com muita fé, que isso tudo um dia mude, que Deus perdoe essas pessoas, é que elas possam se arrepender e compreender que todos somos de uma só raça!!!“, escreveu o camisa 1 em sua conta oficial no Twitter. 

CONFIRA A PUBLICAÇÃO:

Com apenas 20 anos, Hugo é considerado uma das principais promessas do futebol nacional. O seu destaque, aliás, não fica apenas entre as paredes do Ninho do Urubu. Prova disso é que, mesmo sem ter estreado pelo profissional, ele já foi convocado por Tite para a Seleção Brasileira principal durante período de amistosos.

Por: Coluna do Fla

Torcida do Vasco chama goleiro sub-20 do Flamengo de macaco

20 de novembro é celebrado o feriado nacional pela consciência negra e no mesmo dia em que a luta contra o racismo ganha voz, a prática nada contra a corrente. Flamengo e Vasco disputaram a final do Carioca sub-20 e o goleiro do Mais Querido foi vítima de preconceito por parte de torcedores cruzmaltinos.

– Feliz por mais um título aqui dentro, feliz por mais um desempenho da equipe, mais um desempenho individual. Um pouco triste pelo acontecido ali no final do jogo. Uma semana um pouco dura, o jogo contra o Corinthians teve aquele fato que aconteceu no final e, hoje, um fato que tem acontecido nos últimos dias. Mais triste porque saber perder faz parte do futebol e assim, jogar aqui dentro de São Januário, a torcida do Vasco que é um time que, como o Flamengo, vem de dentro da favela também. Me desculpa a expressão, mas é a verdade. E os torcedores que fazem o que fizeram, essa atitude é inadmissível. Me chamaram de macaco mais de uma vez e eu não tenho porque inventar isso -, desabafou o goleiro após a partida.

A semana não tem sido fácil para Hugo. Além de ter sido vítima de racismo por parte de torcedores do Vasco, no duelo contra o Corinthians, pelas semifinais da competição, ‘Neneca’ foi agredido por jogadores do adversário. Ao final da partida, o goleiro do Mais Querido desabafou em suas redes sociais e cobrou uma posição da Confederação Brasileira de Futebol. Veja a publicação:

Flamengo e Vasco entraram em campo na tarde desta quarta-feira, em São Januário, para disputar o segundo jogo da final do Carioca sub-20 e o duelo terminou empatado em 1 a 1. Com a vitória por 2 a 0 no primeiro embate, que aconteceu no estádio Luso-Brasileiro, o Rubro-Negro conquistou o bicampeonato da competição e o título de número 31.

Por: Coluna do Fla

Vascaína Fátima Bernardes diz que torcerá para o Flamengo na final da Libertadores e é criticada

A apresentadora Fátima Bernardes, que é torcedora assumida do Vasco, revelou que vai torcer para o Flamengo na final da Libertadores contra o River Plate, da Argentina.

Durante o programa Encontro de hoje, a repórter Karin Duarte, que estava ao vivo diretamente do CT do Flamengo, que reuniu milhares de flamenguistas para acompanhar a saída do time para o Peru, perguntou para qual time Fátima irá torcer na decisão.

“Vou torcer (sim para o Flamengo). Vai ser mais ou menos Brasil contra a Argentina”, disse a apresentadora.

A declaração da apresentadora dividiu a opinião dos internautas. Fátima Bernardes também foi criticada na web, principalmente pelos Vascaínos.

Por: Torcedores

Flamengo cala o São Januário e conquista Carioca sub-20 sobre o Vasco

O Flamengo segue avassalador nas categorias de base. Nesta quarta-feira (20), o Rubro-Negro entrou em campo contra o Vasco, pelo Campeonato Carioca sub-20 e garantiu mais um título. Na primeira partida, o Fla havia vencido por 2 a 0, com gols de Wendel e Vitor Gabriel. Na volta, o Mais Querido chegou a abrir o placar no São Januário, mas acabou cedendo o empate, o que não impediu a equipe comandada por Maurício de Souza de se sagrar campeão estadual.

O JOGO

Com a vantagem no placar, podia se esperar que o Flamengo tentasse segurar a vantagem sobre o Vasco na casa da equipe cruzmaltina. No entanto, o Mais Querido mostrou sua força logo aos oito minutos de jogo. Aproveitando cruzamento da esquerda, o camisa 9 se antecipou à defesa e guardou no fundo das redes.

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

Após o gol do Flamengo, a partida seguiu aberta. Aos 27 minutos, Rodrigo Muniz chegou perto de ampliar o placar. Ele invadiu a área, abriu espaço e finalizou, mas a bola passou por cima da meta. Apesar a insistência, o primeiro tempo não teve o placar alterado.

O Vasco conseguiu empatar o marcador apenas na etapa complementar: aos 22, Roger levantou no segundo pau e, após Vinicius escorar, Luan apareceu para cabecear e igualar o marcador. Entretanto, o Vasco seguiu longe de alcançar o Flamengo no marcador, e o Rubro-Negro se sagrou campeão.

Por: Coluna do Fla

Braz critica postura de presidente do Vasco sobre agressão a Gabigol: “Deu razão ao integrante do clube”

O clássico entre Flamengo e Vasco, disputado na última quarta-feira (13), no Maracanã, foi marcado por muita disputa dentro de campo e também por confusão. Após o apito final, o gerente de futebol do Vasco, André Souza, foi flagrado dando uma joelhada em Gabigol. Em entrevista à FOX Sports, o vice de futebol Marcos Braz criticou a postura do presidente cruzmaltino, Alexandre Campello, que minimizou a agressão do dirigente do clube.

– Pode acontecer esse problema entre os jogadores. Um entra mais duro, existe uma discussão. É normal. Depois eles se abraçam, trocam mensagens, mas o que não pode acontecer é um integrante da diretoria do Vasco agredir um atleta. Ele sequer poderia estar ali. É estarrecedor. Conversei com o Campello e ele ainda deu razão ao integrante do clube -, disse Braz, completando:

FOTO: REPRODUÇÃO

– No final, quem vai saber tratar isso é o STJD, que está com o caso. Na súmula não aparece agressão, mas consta um xingamento de um membro da comissão. De qualquer forma, o caso está com o nosso Jurídico -, finalizou.

Com o caso nas mãos do STJD, o Flamengo esquece o tropeço diante do Vasco, com o empate em 4 a 4, e se volta para o jogo contra o Grêmio, que acontece neste domingo (17), em Porto Alegre. As duas equipes se encaram a partir das 16h (horário de Brasília).

Por: Coluna do Fla

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod