quarta-feira, setembro 30, 2020
Início Vídeos "No Rio, todo mundo é torcedor do Flamengo", diz Guerrero.

“No Rio, todo mundo é torcedor do Flamengo”, diz Guerrero.

SporTV
– Ao fazer a ponte Rio-São Paulo, Paolo Guerrero saiu de um clube de grande
torcida para outro. No entanto, ao assinar com o Flamengo, no dia 29 de maio, e
começar a conviver com os torcedores no Rio de Janeiro, o atacante conheceu
outra legião tão fervorosa quanto a corintiana e constatou a maior proporção de
rubro-negros por onde passa na Cidade Maravilhosa.
– No
Corinthians, também é uma torcida fervorosa. Aqui percebo que é assim também.
Mas todo mundo no Rio de Janeiro é torcedor do Flamengo. Então cada pessoa que
encontro na rua, no shopping e nos lugares que frequento, é torcedora do
Flamengo. Todo mundo vem tirar foto quando estou na praia. São torcidas
diferentes. Em São Paulo, encontrava torcedores do Palmeiras e do São Paulo que
vinham tirar foto comigo. Aqui só encontro torcedor do Flamengo. Às vezes é um
pouco incômodo, porque estou jantando ou almoçando em algum lugar e todo mundo
vem para tirar foto. Mas é parte do futebol e da fama – constatou.
Sobre
o rendimento da equipe, o peruano demonstrou pés no chão. Disse que a sua
entrada no time e a própria montagem feita pelo técnico Cristóvão Borges estão
em fase de adaptação, e que o objetivo é permanecer por muito tempo no clube.
Em entrevista exclusiva ao “SporTV News”, o atacante também afirmou
que não se sente ídolo do Flamengo, embora já tenha sido homenageado com um
funk. Paolo Guerrero revelou ter sido pego de surpresa com a entusiasmada
reação imediata.
– Na
verdade, não imaginava tudo isso (chegar e já ganhar uma música). Estou muito
agradecido com o carinho da torcida, com essa música. Amigos colocam, me dá uma
motivação muito grande para seguir lutando e dar meu melhor a esse time –
afirmou.
A
mudança do Parque São Jorge para a Gávea não aconteceu de forma solitária.
Paolo Guerrero ganhou a companhia de Emerson nessa mudança, reeditando a dupla
de ataque que fez sucesso no Corinthians. O camisa 9 afirmou que o entrosamento
que já possui com Sheik o ajudou na chegada ao Rubro-Negro.
– Com
certeza. Tenho uma boa amizade com o Sheik, isso ajuda muito – resumiu.
O
Flamengo perderá Guerrero em três jogos consecutivos do Campeonato Brasileiro
em setembro. Os adversários são Avaí, Fluminense e Cruzeiro, em duelos marcados
para os dias 2, 6 e 9, respectivamente. O Peru terá dois amistosos contra
Estados Unidos e Colômbia, nos dias 4 e 8, e a diretoria do clube carioca havia
enviado um ofício à Federação Peruana de Futebol (FPF) pedindo a liberação do
camisa 9. No entanto, a solicitação foi negada.

MAIS LIDOS

Vitinho e Marcos Braz testam negativo para Covid-19

Nesta terça-feira (29), o atacante Vitinho testou negativo para o Covid-19. O resultado já foi enviado à Conmebol e o jogador pode ficar à...

Flamengo é a aposta do SBT para bater recorde de audiência

Após a rescisão de contrato da Rede Globo com a Conmebol, o SBT é a opção para transmissão de jogos em tv aberta. Nesta...

De volta? Diego Alves treina com bola no Ninho do Urubu

Diego Alves sofreu lesão no ombro na partida contra o Santos pelo Campeonato Brasileiro - onde a equipe acabou com um empate em 1...

Zico faz duras críticas a CBF por realização de Palmeiras x Flamengo

Em seu canal do YouTube, Zico, considerado o maior jogador da história do Flamengo, deu seu ponto de vista sobre tudo que envolveu os...