Tyrone irrita jogador do Flamengo: “Foi desleal.”

Por: Fla hoje

GLOBO
ESPORTE
: Além da vitória tranquila do Flamengo por 83 a 57, o duelo do
Rubro-Negro com o Mogi das Cruzes, na noite da última terça-feira, pelo NBB,
ficou marcado também por uma confusão no início do terceiro quarto após um
lance envolvendo Marcelinho e Tyrone. Na jogada, o ala-pivô do Mogi acaba
pisando sobre o tornozelo esquerdo do jogador do Fla, que tentava um arremesso
de dois pontos. Logo após a partida, Marcelinho acusou o americano de ter sido
desleal (veja como foi o lance no vídeo acima).
– Ele
[Tyrone] é sujo. Ele bota o pé embaixo, dá voadora, bate joelho com joelho.
Isso todo mundo já sabe. Mas eu não posso garantir a minha segurança. Alguém
tem de garantir. Eu estou aqui para jogar basquete. Eu jogo basquete há mais de
30 anos, na bola. Agora, se o cara entra para fazer isso e passa em branco e
ainda passam a mão na cabeça dele… Ainda falam que eu abri a perna no
arremesso… Aí, realmente, eu não sei o que fazer para jogar.  O Tyrone foi desleal naquele lance, foi
desleal no playoff do ano passado. Então se tem um histórico, todo mundo tem de
saber quem é. E não é assim que funciona – disse Marcelinho (veja no vídeo
abaixo).


A
jogada causou grande confusão e interrompeu a partida por alguns minutos. O
fisioterapeuta do Flamengo e irmão de Marcelinho, Ricardo Machado, reclamou com
mais intensidade, precisando até ser contido pelos companheiros de comissão
técnica, e foi desqualificado. Na sequência, a arbitragem optou por não dar a
falta de Tyrone e assinalou duas faltas técnicas contra o Fla: uma do banco de
reservas e outra do próprio Marcelinho.
– O
Tyrone vem por baixo e coloca o pé. É o que a gente chama no basquete de
“banda”. Ele deu uma “banda” para desequilibrar. É uma falta ou antidesportiva
ou desqualificante, fica para a interpretação da arbitragem. Se o Tyrone está
errado e tem de ser punido, o irmão do Marcelinho invadiu a quadra e também
precisava ser desqualificado – analisou o ex-árbitro e comentarista do SporTV,
Renatinho Santos.
Após o
jogo, Tyrone foi procurado para dar sua versão sobre o lance e as declarações
de Marcelinho, mas o ala-pivô do Mogi preferiu não falar com a imprensa. Quem
comentou sobre a jogada polêmica foi o técnico da equipe mogiana, Guerrinha,
que disse ter conversado com o ala do Fla no decorrer da partida.
– Ele
[Marcelinho] veio falar comigo durante o jogo para falar do Tyrone. E eu falei
que não jogo mais. Eu não falo com jogador deles, então ele que tem de falar
com o Tyrone. E ele falou para eu falar com o Tyrone, e respondi que falo a
hora que eu quiser. E disse que ele tem de falar com o irmão dele, que fez o
que fez na quadra – falou Guerrinha.

MAIS LIDOS

Após vexame, Renato Gaúcho volta a falar do Flamengo e revolta torcedores

O Grêmio jogou na noite deste domingo diante do Palmeiras, em jogo válido pela final da Copa do Brasil. O time gaúcho não conseguiu...

Rei do Vexame: Renato Gaúcho vira alvo da torcida do Fla após vexame

O Palmeiras jogou na noite deste domingo diante do Grêmio, em jogo válido pela final da Copa do Brasil. O time paulista já tinha...

Abel Braga ainda reclama da arbitragem no jogo contra o Fla

Após vários trabalhos ruins seguidos, o técnico Abel Braga chegou sem muita expectativa no Internacional. Entretanto, ele conseguiu fazer um bom trabalho a seu...

Torcida se encanta com Ramon e mandam recado para Renê

O Flamengo jogou na noite deste sábado, diante do Macaé, em jogo válido pela 2ª rodada do Campeonato Carioca. O Rubro-negro conseguiu vencer com...